Meio Ambiente e a SustentabilidadeNotíciasNotícias do Gama

Gama, uma cidade abandonada e cercada de lixo por todos os lados

Para a comemoração do Dia do Consumo Consciente e conscientização das pessoas sobre a importância da data, o Gama Cidadão volta a falar sobre a situação em que se encontra o Gama.

O “GDF Presente”, no Gama está ausente. A região, construída sobre um grande platô e que tem uma rica área de cerrado, vem sofrendo com o descaso do governo de Brasília. Ao andar pela cidade e seus arredores nota-se claramente o esquecimento por parte do Governo e da Administração Regional (RA III), quando deveria ser o contrário.

Um governo pobre de recursos que deveria buscar no patrimônio natural uma alternativa de renda para o turismo ecológico, educação ambiental e lazer para a população, age no sentido contrário. Com enorme potencial turístico e ecológico nem isso parece despertar os olhares do GDF de forma positiva.

Por onde se anda no Gama e seus arredores, o que se vê é lixo, degradação do meio ambiente, buraco nas ruas, falta de sinalização, má conservação de vias e bens públicos (como paradas de ônibus, praças e monumentos). Até os parques “existentes” na região sofrem com todo esse descaso por parte das autoridades. Existentes só na lei e na teoria, pois na prática…

A administração regional e Novacap, com todo seu maquinário e pessoal, parece não dar a mínima atenção para a cidade do Gama. Às vezes a impressão que se tem é que eles tentam esconder a sua incapacidade, empurrando os problemas para debaixo do tapete..

O Gama Cidadão recebeu, novamente, de moradores da cidade denúncias sobre o abandono da região. Lixo e entulho vem sendo descartado em locais indevidos, nas encostas, nas áreas dos parques. Sem contar, claro, o que  fica pelas ruas.

Demos um giro pela cidade e o que encontramos não foi nada bom. É vergonhoso o que se constatar durante nosso giro neste sábado. 

Às margens da DF-290, rodovia que margeia o Parque da Prainha e o Parque da Ponte Alta Norte, encontramos lixo, entulhos e até queimadas. Um tremendo absurdo. A queima de resíduos que deveriam estar enriquecendo o solo é outro motivo das reclamações dos moradores.

Outra reclamação que tem sido frequente por parte dos moradores é a poeira deixada pelos caminhões que circulam permanentemente próximo das quadras 30, 31 e 32 do Setor Oeste. Segundo eles tem momentos que ela é muito densa.

Essas quadras, em questão, são vizinhas de um importante monumento natural, a cachoeira da Loca. Esta cachoeira está localizada dentro do Parque Ecológico Ponte Alta Norte. Este deveria estar aberto à população, mas a negligência do poder público não faz a coisa andar. Ao contrário disso favorece a ação de grileiros, que acabam coibindo o acesso ao parque.

Caminhão é flagrado tentando despejar entulho no Parque Ecológico Ponte Alta Norte do Gama:

Vejam os absurdos que encontramos durante o nosso giro neste sábado, 19 de outubro de 2019:

 

Por Lucas Lieggio
Da redação do Gama Cidadão – 19/10/2019

Artigos relacionados

Fechar