A palavra "Chakra" vem do sânscrito shakra e significa roda da vida. Os chakras são focos de energia, com formato de redemoinhos, localizados em pontos específicos do corpo, e têm como objetivo metabolizar e manter a transferência contínua de energia entre o corpo físico e os planos espiritual e material. Sutis, eles alimentam a aura.

Como funcionam?

Todas as pessoas possuem sete chakras, localizados ao longo da coluna vertebral do corpo humano. Cada um deles está associado a uma cor e a uma glândula do corpo físico, e rege uma parte específica do funcionamento do nosso corpo psicológico, como veremos a seguir.

- Chakra Base, Chakra Básico, primeiro chakra ou Muladhara (sânscrito): É responsável por transmitir as energias que estão mais ligadas ao plano físico: vigor, disposição, segurança, instinto de sobrevivência, sexualidade e adequação ao meio ambiente. Localiza-se em toda a área pélvica.

Cor: vermelho. Parte do corpo relacionada: glândulas suprarrenais

- Chakra Umbilical, Chakra Sacro, segundo chakra ou Svadhisthana (sânscrito): É responsável pelas nossas emoções e também atua sobre a sexualidade, criatividade, compartilhamento íntimo e social, prazer e curiosidade. Encontra-se na região do baixo abdome.

Cor: laranja. Parte do corpo relacionada: glândulas reprodutoras

- Chakra do Plexo Solar, terceiro chakra ou Manipura (sânscrito): Transmite calor (energia) ao corpo que se encontra no plano mental consciente (razão, ideias e planejamento) e também à saúde psíquica. Relaciona-se à ação, ao poder, à autoaceitação e aos padrões, condicionamentos e valores. Localiza-se na área da boca do estômago, baço-pâncreas.

Cor: amarelo. Parte do corpo relacionada: pâncreas

- Chakra Cardíaco, quarto chakra ou Anahata (sânscrito): É um chakra intermediário entre a parte superior e inferior do corpo, tem o papel de transmitir energia vital para o organismo (vida e oxigenação) e está integrado ao amor, à paz, à coletividade e à autosustentação. Encontra-se na região torácica, região do coração.

Cor: verde/rosa. Parte do corpo relacionada: glândula do timo

- Chakra Laríngeo, quinto chakra ou Visuddha (sânscrito): Tem o papel de concentrar a energia vital, que é distribuída para todo o complexo energético e está relacionado à expressão, à comunicação interna e externa e às nossas necessidades íntimas. Localiza-se em toda a região do pescoço.

Cor: azul claro. Parte do corpo relacionada: glândula tireóide.

- Chakra Frontal, sexto chakra ou Ajna (sânscrito): É responsável por elevar o homem ao plano espiritual. Ele é relacionado à intuição, à percepção, à sensibilidade e evolução e à compreensão mental. Localiza-se na região da testa.

Cor: azul índigo/violeta. Parte do corpo relacionada: glândula pituitária

- Chakra Coronário, sétimo chakra ou Sahasrara (sânscrito): É um chakra de característica espiritual, que só pode ser alcançado através do sexto chakra. Considerado o elo entre o ser humano e o universo espiritual, localiza-se na região acima da cabeça.

Cor: Lilás/dourado. Parte do corpo relacionada: glândulas pineal

Aplicações

Como são responsáveis por diversas funções de nosso corpo em todos os níveis, quando temos algum problema de nível emocional ou físico, por exemplo, apresentamos problemas no funcionamento dos chakras.

Assim, aprender a cuidar deles pode trazer mais qualidade de vida. Por meio dos métodos terapêuticos abaixo, é possível desbloquear, ativar ou reequilibrar a energia de cada um deles:

- Cromoterapia: como foi dito anteriormente, cada um dos chakras tem uma cor correspondente. A cromoterapia é a terapia que utiliza as cores do espectro solar (do vermelho ao violeta) para tratar os desequilíbrios dos chakras. As propriedades terapêuticas de cada cor agem nos centros energéticos, corrigindo e reativando seu padrão vibratório de energia.

- Cristaloterapia: nessa terapia, as pedras e suas respectivas energias curativas são aplicadas nos centros de energia (chakras) que precisam ser harmonizados, reequilibrando a saúde e o bem-estar físico e emocional da pessoa.

- Meditação: para ativar os chakras através da meditação, é necessário visualizar a área que esse chakra ocupa em nosso corpo, para que ele possa liberar a energia contida nele. Existe também a meditação que utiliza a visualização das cores correspondentes ao centro de energia que se deseja ativar.

- Reiki: técnica suave e natural que nos ajuda a buscar uma maneira de lidar melhor com nossas emoções. A energia Reiki cura os chakras, primeiramente fazendo uma "faxina emocional", limpando as energias negativas (o medo, a raiva, a tristeza, o ciúme etc.), depois nutrindo e restaurando o equilíbrio do corpo com energias positivas.

Aprender a cuidar dos seus centros de energia é mais uma forma de ficar de bem consigo mesmo, tratando simultaneamente do seu corpo e das suas emoções, dos seus níveis físico, emocional, mental e espiritual.

Nossos especialistas

- Simone Kobayashi é terapeuta holística e ministra cursos de Geoterapia e de todos os níveis de Reiki.

- Solange Lima é terapeuta holística e numeróloga. Em seus atendimentos, alia a Numerologia a técnicas como Florais, Aromaterapia, Cromoterapia, Shiatsu, Reflexologia e Reiki.

- Adriana Feijó é psicóloga com especialização em Psicologia Transpessoal e mestrado em Reiki Xamânico.

- Rosine Mello, formada em Educação Física, é professora de Yoga.

- Alexey Dodsworth é astrólogo há mais de 20 anos, membro da MENSA, consultor da UNESCO no Brasil e mestre em Filosofia e Ética pela USP.

Fornecido por Personare - 04/07/2015