Tome Nota

As informações para esta seção são publicadas gratuitamente. O material de divulgação deve ser enviado com informações completas da Vaga/Emprego (Inclusive data, telefone, email e endereço). Enviar email para: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

O Senac está com inscrições abertas, na unidade da 903 Sul, para três cursos na área de saúde que iniciam as aulas dia 9 de outubro. A matrícula pode ser feita até a data de início das aulas, enquanto houver vaga disponível. Para efetuá-la, os interessados devem comparecer à Central de Relacionamento da unidade, das 8h às 21h, levando os seguintes documentos e as respectivas cópias: RG, CPF e comprovantes de residência e de escolaridade. Para os cursos de especialização, é necessário apresentar também comprovante de conclusão de curso técnico ou superior na área de saúde. Mais informações: 3313 8877.

 

Especialização Técnica em Oncologia- 380h

Início: 9 de outubro

Horário: 13h30 às 17h55

Investimento: cartão de crédito em até 9 x R$ 150,00 ou boleto em até 5 x R$ 270,00.

 

Especialização Técnica em Enfermagem do trabalho- 480h

Início: 9 de outubro

Horário: 13h30 às 17h55

Investimento: cartão de crédito em até 9 x R$ 158,00 ou boleto em até 6 x R$ 237,00.

 

Técnico em Massoterapia- 1.320h

Início: 9 de outubro

Horário: 19h às 22h30

Investimento: cartão de crédito em ate 11 x R$ 481,82 ou boleto em ate 20 x R$ 265,00

 

Interessados se cadastraram na Agência do Trabalhador do Setor Comercial Sul nesta sexta-feira (29). Cadeirantes, como Adriana Brito da Silva, receberam atendimento especializado

Agência Brasília - 29/09/2017

Adriana Brito da Silva, de 39 anos, conseguiu uma entrevista de emprego na empresa Call Tecnologia. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Cerca de 650 pessoas com deficiência compareceram à Agência do Trabalhador do Setor Comercial Sul em busca de emprego, nesta sexta-feira (29), o Dia D no Distrito Federal dedicado à inclusão social e profissional.

No total, foram oferecidas 385 vagas para inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Os candidatos começaram a chegar às 8 horas, e o movimento foi intenso ao longo do dia.

Cadeirantes e deficientes visuais e auditivos eram recebidos com atendimento especializado. Só para os surdos-mudos, foram disponibilizados três intérpretes de libras para ajudar nas entrevistas de emprego.

Para a colaboradora do governo Márcia Rollemberg, o Dia D cruza dois pontos essenciais: o trabalho e a possibilidade de inclusão. “É uma questão importante a valorização dessas pessoas. Elas têm uma deficiência, mas têm ampla capacidade de trabalho.”

À medida que preenchiam o cadastro, os candidatos eram encaminhados para entrevista, de acordo com o perfil da ocupação desejada. As empresas contratantes ficaram distribuídas em três andares do prédio para os processos seletivos.

Adriana Brito da Silva, de 39 anos, conseguiu uma entrevista de emprego na empresa Call Tecnologia. “Eu achei maravilhosa a iniciativa porque o mercado está difícil”, comenta.

Para ela, que já tem experiência com telemarketing e assistente administrativo, foi uma boa forma de acesso, pois as empresas se juntaram no mesmo local. “A pessoa com deficiência também é capaz de trabalhar. Às vezes a gente faz muito mais do que outros empregados”, assegura.

Os irmãos Leonardo, de 33 anos e Leandro Moreno da Silva, de 29, foram à agência em busca da oportunidade. Junto com eles chegou Luanna Honorato Diniz, de 31 anos, namorada de Leonardo. Os três são deficientes visuais.

Leandro descreve a luta diária que enfrenta contra a discriminação. Ele, que já trabalhou dois anos como massoteraupeta e auxiliar administrativo, acha a inciativa muito interessante.

Animado, ele marcou sua entrevista com uma distribuidora de alimentos. “Eu não sabia que tinha esse tanto de vaga disponível no mercado. Aqui a gente se encontra: o empregador e quem procura trabalho.”

A iniciativa nacional, do Ministério do Trabalho e Emprego, é promovida em Brasília pela Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos.

As oportunidades de emprego para esse segmento são oferecidas por um leque expressivo de empresas, como: Ambev, Lojas Americanas, Mc Donalds, Atacadista Dia a Dia, Laboratório Sabin, Gasol, Cal Tecnologia, Tellus Informática, Hospital Santa Helena, Hospital Santa Luzia, Gasol, SEB, Qualitymax, Servegal, CIEE e Walmart.

O secretário adjunto do Trabalho, Thiago Jarjour, destacou que ao longo do ano a Agência do Trabalhador da Estação da 112 Sul inscreve candidatos a empregos. “A gente estima que aproximadamente 38 mil vagas devem ser destinadas a pessoas com deficiência”, prevê.

Há vagas para:

  • Promotor de vendas

  • Técnicos em refrigeração

  • Conferente

  • Atendente de lanchonete

  • Auxiliar de limpeza

  • Frentista

  • Telemarketing

  • Auxiliar administrativo

  • Recepcionista

  • Auxiliar de farmácia

  • Técnico em enfermagem

  • Auxiliar de cozinha

  • Leiturista

  • Atendente de loja

  • Porteiro

  • Vendedor pracista

Para participar dos processos seletivos, os trabalhadores devem apresentar atestado médico, RG, CPF, comprovante de residência, Carteira de Trabalho e Previdência Social e certificado de escolaridade.

 


Agência do Trabalhador, Setor Comercial Sul, Plano Piloto, Brasília, DF.  Foto: Tony Winston/Agência Brasília. 


Agência do Trabalhador, Setor Comercial Sul, Plano Piloto, Brasília, DF.  Foto: Tony Winston/Agência Brasília. 


Ao fundo primeira-dama do Distrito Federal, Márcia Rollemberg; o secretário adjunto do Trabalho, Thiago Jarjour; e o subsecretário De Políticas De Direitos Humanos, Rodrigo Dias 


Agência do Trabalhador, Setor Comercial Sul, Plano Piloto, Brasília, DF, Brasil 29/9/2017 Foto: Tony Winston/Agência Brasília.

 

 

Serão 40 cursos gratuitos como robótica, oficina de circo e degustação de cerveja. Aulas acontecem de 18 a 23 de setembro; inscrições são gratuitas.

Por Marília Marques, G1 DF/Foto: IFB/Divulgação - 14/09/2017 - 06:56:27

O Instituto Federal de Brasília (IFB) abriu inscrições para 40 cursos gratuitos de qualificação profissional. As aulas fazem parte da programação do Conecta IF, evento que acontece de 18 a 23 de setembro no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pela internet.

Cada oficina tem duração de 2 a 8 horas e, como é aberta ao público em geral, não precisa de matrícula na instituição. No entanto, as vagas são limitadas aos primeiros 1,5 mil inscritos nos cursos. Os demais podem deixar o nome em uma lista de espera. Segundo os organizadores, o cadastro pode ser aproveitado em caso de ausência dos selecionados.

Várias áreas

Os interessados podem se candidatar para cursos em áreas como robótica, circo, degustação de cerveja, modelagem e impressão 3D. Na área de acessibilidade e inclusão, serão oferecidos cursos de formação em atendimento ao público surdo, audiodescrição e automação de cadeira de rodas.

Quem tem interesse em aliar educação e tecnologia terá à disposição cursos rápidos que ensinam a fazer fliperama, jogos pedagógicos e até a construir um foguete de propulsão à água.

Para o cotidiano profissional e pessoal, há oficinas que falam sobre economia solidária e ensinam a montar bancos comunitários, tratam sobre segurança de informações em smartphones, execução orçamentária e financeira. Além de cursos sobre primeiros socorros, cuidados com o bebê e pintura de camisetas.

Em 2016, cerca de 3 mil pessoas passaram por dia nas oficinas oferecidas pelo IFB. Esta edição do Conecta IF é uma parceria do Instituto Federal de Brasilia, vinculado ao Ministério da Educação, com o governo do Distrito Federal.

 

Conecta IF 2017

Quando: 18 a 23 de setembro

Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães

Inscrições gratuitas no site do IFB

 

A unidade do Senac no Gama está com inscrições abertas para três cursos que iniciam as aulas no dia 4 de setembro. Os interessados podem procurar a Central de Atendimento da unidade (Quadra 5 do Setor Sul – Gama) para efetivar a matrícula, com os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de escolaridade e comprovante de residência. Mais informações: 3313-8877.

 

Depilador - 160h

Data:  04/09 a 20/11/17

Horário: das 19h às 22h30

Investimento: R$ 840,00 dividido em até 6 x R$ 140,00 no cartão de crédito ou 2 x R$ 420,00 no boleto.

 

Manicure Pedicure - 160h

Data: 04/09 a 07/11/17

Horário: das 7h30 às 11h55

Investimento: R$ 930,00 que pode ser dividido em até 6 x R$ 155,00 no cartão de crédito ou 2 x R$ 465,00 no boleto.

 

Penteados Avançados - 40h

Data: 04 a 26/09/17

Horário: das 13h30 às 17h55.

Investimento: parcela única de R$ 219,00 no boleto bancário ou 3 x R$ 73,00 no cartão de crédito.



O Comando da 11ª Região Militar realiza seleção de profissionais de nível médio e curso técnico voluntários à prestação do serviço militar temporário. As inscrições podem ser feitas até 25 de agosto exclusivamente pelo endereço eletrônico www.11rm.eb.mil.br.

Podem se candidatar brasileiros natos ou naturalizados de ambos os sexos que tenham concluído o ensino médio e cursos técnico numa das áreas previstas no Aviso de Convocação.

A seleção conta com Avaliação Curricular, Teste Prático, Inspeção de Saúde e Exame de Aptidão Física. As vagas abertas são para as áreas de Administração, Informática, Logística, Artes Gráficas, Biblioteconomia, Comunicação Social, Contabilidade, Desenho, Mecânica, Nutrição, Saúde Bucal, Prótese Dentária, Radiologia, topografia e Zootecnia entre outros.

Caso demonstrem interesse em permanecerem na ativa após a conclusão do período inicial de um ano, poderão ter o tempo de serviço prorrogado anualmente, a critério do Comando da 11ª Região Militar, cuja prorrogação dependerá de análise de oportunidade e conveniência da Administração Militar.

As prorrogações do tempo de serviço dos Sargentos Temporários serão concedidas por períodos de um ano. O tempo máximo de permanência na ativa será de oito anos.

Informou o Chefe da Junta Militar do Gama, Sr. Marcos Tadeu.

Da Redação do Portal Metrópoles - 09/08/2017 5:25

As oportunidades são para os estudantes de administração, ciências econômicas, publicidade e propaganda, engenharias e marketing

Você gosta de navegar no Facebook? Já pensou em exercer uma atividade remunerada em uma das redes sociais mais usadas do Brasil? Essa pode ser a sua chance. As inscrições para o programa de estágio do Facebook para 2018 estão abertas.

Estudantes de administração, ciências econômicas, publicidade e propaganda, engenharias e marketing podem se candidatar. É necessário que o curso seja concluído em dezembro de 2018, além de possuir inglês fluente e disponibilidade para morar em São Paulo.

A carga horária é de 6 horas diárias, o valor da bolsa não foi divulgado. Os selecionados irão trabalhar com análise de dados quantitativa e qualitativamente, identificar tendências e desenvolver melhorias que agreguem valor aos clientes e aos usuários. As inscrições podem ser feitas aqui até 4 de setembro.

Inscrições abertas para o #BoraVencer concursos públicos - Distrito Federal

26072017080655

O #BoraVencer Intensivão Concursos vai ter 1.350 vagas na primeira edição. As aulas são de segunda a sexta-feira, de 21 de agosto a 1º de novembro, com 200 horas-aula de disciplinas como gramática, interpretação de texto, legislações, direito administrativo, direito constitucional, redação, raciocínio lógico e informática.
O #BoraVencer Intensivão Concursos terá turmas na Asa Norte, na Asa Sul, em Brazlândia, em Ceilândia, no Gama, no Guará, em Planaltina, em Samambaia e em Taguatinga. As inscrições são gratuitas e vão de 31 de julho a 10 de agosto, pelo site da Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude.
Podem se inscrever jovens de 15 a 29 anos, e as vagas serão preenchidas de acordo com critérios de vulnerabilidade social, com preferência para estudantes da rede pública.
O #BoraVencer ficou famoso com as turmas de estudos para o Enem, o vestibular e os cursos profissionalizantes. Desde 2016, já foram dados 13 aulões e dois cursos intensivos, que atenderam 22 mil estudantes. Desses, 728 foram aprovados em universidades públicas do DF.

Nos cursos profissionalizantes, 3,5 mil jovens foram formados como assistente administrativo, organizador de eventos, atendente de consultório médico e dentário, maquiagem e design de sobrancelha, mecânica, robótica, programador de aplicativo Android e webdesigner. Para a linha Concursos, foram 5 mil jovens em dois aulões, com 400 aprovados para professor temporário e cerca de mil para efetivos da Secretaria de Educação.

Com informações do R7 Jornal de Brasília 

Quero Bolsa concede descontos de até 70% aos estudantes que pretendem se matricular nas instituições a partir do 2° semestre

Shutterstock

Interessados em ingressar em um curso de graduação e pós-graduação no segundo semestre deste ano, com mensalidades que cabem no bolso, já têm a solução. O Quero Bolsa, principal site de oferta de bolsas de estudos do País, está disponibilizando 22.035 bolsas para o período nas modalidades presenciais e a distância (EaD), em 56 instituições parceiras do Distrito Federal, entre elas UDF, UNIP, UNIPLAN, UNIEURO e ICESP. Os descontos concedidos por meio da plataforma podem chegar a 70%.

Desde a sua criação em 2012, mais de 150 mil alunos já entraram na faculdade com o auxílio do Quero Bolsa. Somente neste ano, mais de 60 mil brasileiros se matricularam em universidades com descontos obtidos por meio da plataforma.

Para conseguir uma bolsa de estudos, basta efetuar a inscrição no site e, em seguida, pagar a pré-matrícula para garantir o desconto. “Vale ressaltar que o período de matrículas pode variar de faculdade para faculdade. Por isso, é importante estar atento às regras da instituição de interesse”, aponta Bernardo de Pádua, CEO e sócio fundador do Quero Bolsa.

O empresário explica ainda que para conquistar a bolsa de estudos não é necessário comprovar renda ou ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Após realizar a pré-matrícula na plataforma, é preciso apenas comparecer a instituição de ensino escolhida para prosseguir com a matrícula. A bolsa é válida até o final do curso.

Mais informações podem ser consultadas pelo site www.querobolsa.com.br ou por meio da central de atendimento, no telefone 0800 123 2222, de segunda a sexta-feira, entre 8h e 22h, e aos sábados, das 9 às 13 horas (horário de Brasília).

Sobre o Quero Bolsa
O Quero Bolsa (www.querobolsa.com.br) é um site de oferta de bolsas de estudo com mais de 1.100 faculdades parceiras em todo o país. Também traz informações de faculdades, cursos, instituições de ensino e comparativo de preços, além de dicas de estudo e carreiras.

Com informação do Jornal de Brasília - 26/07/2017

Entre as seleções mais cobiçadas, com lotação prevista para o DF, estão as da Câmara Legislativa e do Tribunal Superior do Trabalho
 
Por Lorena Pacheco / Camila Bairros, CorreioWeb DF Foto: Reprodução/Divulgação - 10/07/2017 - 22:14:08

Se o primeiro semestre não foi muito animador para quem almeja ingressar no serviço público, os próximos seis meses prometem. Levantamento realizado pelo Correio mostra que, pelo menos, 15.830 vagas serão abertas até dezembro, sendo que 2.907 com lotação no Distrito Federal (veja quadro abaixo). Enquanto de janeiro a junho, a maioria das oportunidades foi para as Forças Armadas ou para participar de censo no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em contratos temporários, as seleções que estão por vir fazem brilhar os olhos dos concurseiros.

Uma boa notícia para a administradora de empresas Giovanna Zucoloto, que, após 15 anos atuando na iniciativa privada, resolveu largar tudo para se tornar uma servidora pública. Desde que decidiu sair do emprego, estuda para concursos. “Eu assisto aula de manhã e gravo sempre as explicações dos professores. Então, ouço tudo depois no carro. Parei até de ouvir música. Quando cozinho, também”. A administradora contou que, no começo da vida de concurseira, era difícil lidar com a ansiedade e o medo dos editais saírem ou não, mas, agora está convicta de que seu esforço vai valer a pena.

Entre os certames que despertam maior interesse estão os da Câmara Legislativa local (CLDF), com 86 vagas para cargos de níveis médio e superior — consultor e procurador — e do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que ainda não divulgou o número de postos, mas vai oferecer chances para técnicos e analistas judiciários. Ambos os órgãos escolheram a mesma empresa para organizar os processos seletivos, a Fundação Carlos Chagas. Mas, o que realmente chama a atenção de quem quer ser servidor são os salários, que chegam a R$ 15.123,30, na CLDF, e a R$ 10.119,93, no TST.

Ainda na capital federal, a seleção da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (SEDESTMIDH) faz com que os concurseiros do Distrito Federal corram para os cursinhos preparatórios a fim de garantir uma das 314 oportunidades previstas. A comissão organizadora foi montada no mês passado. As chances também serão para níveis médio e superior, para a carreira pública de assistência social. Os salários vão de R$ 2,6 mil a R$ 4.135 e a jornada de trabalho é de 30 horas semanais. Quem tem nível superior poderá concorrer a áreas de pedagogia, assistência social, psicologia, direito, nutrição e educação social. Já as vagas de nível médio serão para agente social e técnico administrativo.

Outro concurso que chama a atenção pelo grande número de oportunidades é o da Polícia Militar, também aqui do DF. O concurso deverá preencher 2.024 vagas para soldado, e aceita inscritos com qualquer curso de nível superior. As chances serão distribuídas entre os postos de soldado combatente (500), soldado especialista corneteiro (18) e soldado especialista músico (6). As outras 1,5 mil vagas serão para formação de cadastro reserva. Em junho, o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) foi habilitado como a banca organizadora da seleção que promete movimentar Brasília. O último concurso da PM registrou mais de 27 mil inscritos para as mil vagas abertas em 2012.

Além da considerável quantidade de vagas, a remuneração para soldado no DF é uma das melhores do país, com inicial de até R$ 5.486, incluindo benefícios, para soldado de 2ª classe, e de R$ 6.825, para soldado de 1ª classe. Mas, como todo concurso para área militar que se preze, o regulamento terá suas restrições, como limite de idade (entre 18 e 30 anos) e de altura (mínima de 1,65m para homens e de 1,60m, para mulheres).

De acordo com o professor de informática do IMP Concursos e especialista na área Deodato Neto os estudantes podem, sim, esperar boas seleções até o fim do ano. “Agora, o cenário mudou, e para melhor. Temos vários e bons concursos previstos para este segundo semestre. O mercado está bem aquecido devido a rumores de nomeação, escolha de bancas e formação de comissões organizadoras”, diz.

Boas oportunidades em todo o país
Além das boas oportunidades no Distrito Federal, o cenário nacional está aquecido pelos concursos previstos para tribunais regionais. Para o professor de informática do IMP Concursos Deodato Neto, são vagas que oferecem uma ótima carreira para quem deseja ingressar no Judiciário. “A última seleção a sair foi a do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, com remuneração de mais de R$ 10 mil, e já tem comissão formada para vários outros TREs, tribunais de Justiça e do Trabalho. Apenas o panorama federal não está muito atrativo no momento, já que não deve abrir editais significativos até o fim do ano”, acredita.

Para os concurseiros que ainda não começaram os estudos, Deodato considera difícil passarem nos certames já anunciados, como os da Câmara Legislativa (CLDF), da Polícia Militar do DF e do Tribunal Superior do Trabalho. “Tenho alunos que estão estudando há dois, três anos, só para a CLDF. Para começar hoje, é preciso ter pelo menos uma base jurídica, porque a concorrência vai ser grande e o nível dos candidatos, também”, avalia.

Mas difícil não quer dizer impossível. O professor acredita que, como os órgãos mais visados optaram pela Fundação Carlos Chagas (FCC), como organizadora, e não pelo Cebraspe — velha conhecida dos concurseiros como a banca em que uma resposta errada anula uma certa e pelo alto grau de complexidade —, os “aventureiros” podem ter uma chance. “A FCC tem prática de não fazer provas difíceis, principalmente no campo do direito. Mas o que elimina mesmo os concorrentes são as matérias básicas (português, informática e raciocínio lógico). Se o candidato não tiver essa bagagem de disciplinas que caem em todo concurso, não vai dar certo”, afirma.

O recomendado é estudar sem descanso, administrando o tempo entre teoria e resolução de exercícios. Para ser mais eficiente, resolver todas as questões de todos os concursos lançados pela banca escolhida, das provas deste ano e de 2016. Outra dica poderosa, tanto para quem não tem o hábito de estudar para concursos, quanto para quem deseja um resultado mais imediato, é procurar a ajuda de profissionais e professores focados no objetivo. Estudar pela internet, pelos PDFs de concursos e frequentar aulas genéricas de cursinho, podem não preparar o candidato em um prazo de estudos tão curto.

De acordo com dados do Caged, de 1,24 milhão de contratações em maio, 611,42 mil foram de trabalhadores com até 29 anos

 
Por Exame.com Foto: Reprodução/Divulgação/Thinkstock - 04/07/2017 - 18:01:37

O mercado de trabalho para os jovens está reaquecendo e novas oportunidades de emprego estão surgindo, segundo o Ministério do Trabalho.

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), de 1,24 milhão de contratações em maio, 611,42 mil foram de trabalhadores com até 29 anos.

Como resultado, a diferença entre admissões e desligamentos gerou um saldo positivo de 73,29 mil novas vagas somente para essa faixa etária.

Segundo o Ministério do Trabalho, esta não foi a primeira vez que a criação de empregos para trabalhadores jovens teve um desempenho positivo no Caged. De janeiro a maio, o grupo de trabalhadores de até 24 anos teve saldo positivo de 320,55 mil vagas formais de trabalho. O saldo entre admitidos e demitidos de todas as faixas etárias nesses cinco meses chegou a 25,23 mil vagas, ou seja, 12 vezes menor.

No acumulado dos últimos 12 meses, quando o saldo geral foi negativo em 887,62 mil vagas, a criação de vagas para os mesmos trabalhadores de até 24 anos apresentou saldo positivo de 545, 91 mil vagas.

“Embora as faixas etárias mais elevadas ainda não tenham apresentado saldos positivos de emprego, a forte presença dos jovens na geração de empregos formais deve ser comemorada, considerando as dificuldades que esse grupo enfrenta no mercado de trabalho”, informou o ministério, em nota, citando dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que aponta que, no 1º trimestre de 2017, a taxa de desocupação dos trabalhadores entre 18-24 anos foi 28,8%, o dobro da média nacional (13,7%).

Atividade econômica

Dos oito setores de atividade econômica, seis deles concentram os maiores saldos positivos de emprego para jovens dos 18 aos 24 anos, segundo o ministério.

Só o setor de serviços, em maio, abriu 21,8 mil vagas formais para esses trabalhadores. Na indústria da transformação, foram 12,6 mil, e no comércio, 11,8 mil postos.

Também tiveram desempenho positivo para esta faixa etária, a construção civil, com saldo de mil postos; os serviços de utilidade pública, com cerca de 400; e a extrativa mineral, com 165 vagas a mais.

O estado que mais empregou jovens em maio foi São Paulo, com a criação de 26.861 vagas formais para trabalhadores com até 29 anos.

A maioria, 20.123, tinha entre 18 e 24 anos. Em segundo lugar ficou Minas Gerais, com um saldo positivo de 14.581, sendo 10.140 para a faixa de 18 a 24. E o terceiro foi o Paraná, com saldo de 6.150.

Foram abertas 25 vagas de provimento imediato

Por CorreioWeb Foto: Reprodução/Divulgação/DPU - 13/06/2017 - 18:00:29

A Defensoria Pública da União (DPU) lançou novo edital de concurso público no Diário Oficial desta terça-feira (13/6). São 25 oportunidades de provimento imediato para defensores públicos federais, que recebem salário R$ 22.197,67. Podem concorrer candidatos com nível superior em direito, com diploma há pelo menos três anos completos e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) é a banca organizadora que será responsável pela aplicação das provas objetivas (24 de setembro), dissertativas, orais, avaliação de títulos e sindicância de vida pregressa.

De acordo com o regulamento da seleção, a primeira e a segunda fase serão aplicadas em todas as capitais brasileiras.

Do total de oportunidades, 17 são para ampla concorrência, cinco para negros, duas para pessoas com deficiência e uma para indígenas.

As inscrições custam R$ 200 e podem ser feitas entre 30 de junho e 25 de julho, pelo site www.cespe.unb.br.

Inscrições abertas
A Defensoria Pública de Santa Catarina está com as inscrições abertas até 21 de junho para o seu novo concurso, que 20 oportunidades também para o cargo de defensor, mas na categoria de substituto. Podem concorrer pessoas com nível superior em direito e com experiência mínima de três anos de atividades jurídicas. A remuneração é de R$ 7.350.

A prova objetiva será aplicada em 23 de julho. Haverá ainda duas provas discursivas, nos dias 16 e 17 de setembro, além de prova oral de 16 a 18 de dezembro e prova de títulos.