Israel e Diogo da banda Cenário Red

Na última sexta-feira (25), aconteceu a abertura do Circuito Cultural de Dança Afro-Brasileira na cidade do Gama. O evento que percorre várias satélites é fruto de duas emendas parlamentares ao orçamento de 2016, propostas pelo Senador Hélio José (nº 37910012) e pelo Deputado Roney Nemer (nº 37550016). Tal ação conta com o apoio da Fundação Cultural Palmares, que é vinculada ao Ministério da Cultura e o Governo do Distrito Federal.

O Zumba, ritmo que combina danças latinas e ginásticas fitness, fez os gamenses dançarem e se divertirem aos comandos dos instrutores. Essa dança foi um dos destaques do evento. Outro grupo que vem chamando a atenção dos jovens são os rappers gospel, que trazem suas composições com letras marcantes, inspiradas em passagens bíblicas. Por meio da música sempre deixam seus conselhos.

As bandas de rappers que abriram as apresentações foram: ”Canário Red e Conexão Fatal”. O rap gospel vem ganhando força na periferia e tem conquistado mais adeptos a cada dia.

O rapper Marcus Vinicius, da Banda Relato Verbal, fez a galera vibrar aos sons das músicas de sua autoria. São elas: ‘’Combate às drogas‘’ e ‘’A Palavra do Meu Pai‘’. As músicas falam sobre o cotidiano desses jovens e o descaso do sistema, urbanização e a criminalidade. As músicas sempre trazem aconselhamentos apontando para Jesus Cristo o caminho, a verdade e a vida.

Além das apresentações, a programação contou ainda com oficinas de danças, apoio jurídico da OAB do Gama, Administração Regional e associações locais.


Rapper, Marcus Vinicius, da Banda Relato Verbal

 
André e França da banda Conexão fatal

Galeria de fotos. Clique aqui! 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar