IV Sarau Poetas de Sofá | Banca de Poetas e Gama Cidadão #OcupaConic

"A Banca de Poetas mantém o hábito de promover a literatura  e preservar o meio ambiente. Tragam informações, sementes e mudas para uma troca justa. Sua doação será bem-vinda e bem distribuída. Que cada um traga livros, cds, etc. Quiçá um sonho para que possamos cometer um escambo lindo”. Esse texto constou do primeiro informativo de estreia da Banca de Poetas! 

Assim, no ano de 2001, nascia em Brasília o primeiro sarau Banca de Poetas organizado com cara de arte de rua. Na época não se falava em redes colaborativas, mas o que se viu foi exatamente a consagração dessa linguagem. Sem que fizéssemos qualquer assembleia para tomar decisões, a Cia Mambembrincantes, entrava com aquilo que dispunha, além do talento e apoio moral de Chico Nogueira trazia, também, o som e outros parceiros. De modo que durante 9 semanas permanecemos ali na Galeria do BRB sempre as quartas feiras. Outros parceiros surgiram e um simples cordão estendido propondo a troca de saberes por meio do livro estabelecia o que hoje é a Banca de Poetas. Os revezes sempre presentes de modo a inibir a plena fruição dos fazeres não foram suficientes para impedir a continuidade desse trabalho que hoje expõe um  acúmulo de histórias e resultados palpáveis. O teatro literário emergia das ranhuras criadas pela morosidade das ações governamentais que esvaziava e fechava monumentos do porte do teatro nacional que ainda hoje permanece assim a olhos vistos, e o Estado gasta fortunas só em manutenção. Durante essa jornada, vários  parceiros dialogaram com essa maneira despojada de levar arte aos mais variados picadeiros. Difícil não cometer injustiça ao elencar alguns sem esquecer nomes importantes. Cada qual em suas matizes contribuindo e agregando valores com suas linguagens insubstituíveis como queria Augusto Boal. Prestes a completar duas décadas de Teatro literário, estamos na décima quarta edição do Sarau Nacional Banca de Poetas em parceria com a Rádio Nacional. São 14 edições de um programa de rádio em âmbito nacional  e na rede, em parceria com  o portal de  noticias Gama Cidadão que vem fidelizando outros parceiros. A rede social cada vez mais presente nas artes seja contribuindo, seja obstruindo comportamentos vem sendo otimizada de forma indiscutível  entre nós e nossos pares. 

Poetas de Sofá. No último  sábado, dia 19 de agosto desse  2017, tivemos a honra de atuar em rede colaborativa como convidados de  um grupo que merece destaque pela desenvoltura, jovialidade, originalidade e estatura em se tratando de abrangência em rede. O grupo Poetas de Sofá que é formado basicamente por meninas oriundas das mais diferentes regiões do DF, é  de se espantar! Tamanha a quantidade de acessos na rede social. Ali o tema escolhido foi sublimação do medo. Artistas jovens de todos os quadrantes do DF surgiam munidos  de uma fortuna crítica de causar inveja. O medo em fim foi desmascarado e colocado em via pública. Para os aliciadores foi mandado dizer: aqui onde arde a arte não “morremos mais de medo” (Drumond).

No mesmo dia, outra inciativa em rede colaborativa fazia surgir outro sarau. Dentro do tema ocupação, via surgir o Sarau do Mundo. Somando forças com o teatro de bonecos da CIA Voar de Teatro. Este já de posse do livro e das hortas comunitárias em parceria com a associação de catadores. Sempre  em redes colaborativas. Ainda falando em questões temática que vem sendo o nosso lema, não podemos deixar de indicar o programa do dia 05 de agosto que ocorreu na cidade do Paranoá quando o tema foi ocupação e resistência. Ali presenciamos o encontro de gerações de artistas e atores comunitários que deram sentido ao programa de Rádio valorizando ações de ocupação e resistência no sentido mais amplo da expressão. Sempre na trilha ambiental valorizando o uso e a ocupação dos parques ecológicos. Assim, foi, também, em São Sebastião. O próximo Sarau Nacional Banca de Poetas será em Candangolândia, cidade do construtor de Brasilia. O Candango tem memória.

As coordenadoras do Poetas de Sofá Kimberrly e Beatriz com o poeta José Garcia Caianno, conversam com a poetisa Raquel Stapait, que veio de São Paulo, falar sobre a "sublimação do medo" tema do Sarau.

 Sarau Poetas de Sofá recebe o compositor Zémiguel Rodrigues, que estava em Brasília lançando o seu CD - Flores do Brasil. 

 Millena Dias emociona platéia de todas as idades no Sarau Poetas de Sofá

Você vai ficar encantado com talento e beleza da compositora e poeta Millena Dias

Mais fotos do IV Sarau no Conic. Clique aqui! 
 

Sarau do Mundo, aconteceu neste sábado no Viveiro Cultural "Cooperfenix" no Gama
 

Mais fotos do Sarau do Mundo no Gama. Clique aqui!
 

13ª Sarau Nacional Banca de Poetas - Ocupação e Resistência no Paranoá
 

 Sarau Nacional Banca de Poetas descobre compositora prodígio no Paranoá, Millena Dias
 

13ª Sarau Nacional Banca de Poetas - Ocupação e Resistência no Paranoá, foi uma dos melhores edição segundo o radialista Valter Lima. 
 

Mais fotos do 13ª Sarau Nacional Banca de Poetas. Clique aqui!


Próximo Sarau dia (02), de setembro - edição Candangolândia!!!

CANDANGO TEM MEMÓRIA

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar