Itapuã Com uma mistura de amor, saudades, nostalgia, vazio, um pouco de indignação e muito espírito de luta – próprio de quem quer resgatar algo valioso–é que as classes artística, educacional e política, o poder público e membros da comunidade do Gama, e, até de outras cidades, estão se reunindo para realizar o “Ato Itapuã pela arte”, que acontecerá no dia 05 de maio de 2013, na Praça do Complexo Cultural Itapuã. As atividades terãoinício com um farto café da manhã seguido por uma vasta programação cultural e comunitária. Grupos religiosos, gestores públicos, o Conselho Regional de Cultura do Gama, parlamentares, arquitetos, produtores culturais, poetas, artesãos, músicos, cineastas, e grupos que fazem arte e cultura, como, por exemplo, o Bagagem e o Voar – de teatro de bonecos, irão participar. Quem quiser tomar parte ativa no “Ato Itapuã pela arte” ainda pode se inscrever pela página do ato no facebook (link abaixo) até o dia 15/04. Mesmo quem não venha a participar diretamente pode contribuir com ideias, sugestões e críticas. Basta navegar um pouco sobre o conteúdo, conhecer a proposta, ver o que as pessoas estão fazendo, quem está participando e dar sua contribuição.

Leda Carneiro – gestora na Cia. Bagagem – Teatro de Bonecos, durante a segunda reunião do grupo que organiza o “Ato Itapuã pela arte”, questionou sabiamente para provocar a ação dos presentes: “Temos a ideia, o sonho, mas... E a estrutura? E as condições técnicas que toda produção profissional deve ter? O que cada pessoa ou representante de sua organização, que aqui está, pretende fazer concretamente?”. Em meio ao caloroso burburinho diversas proposições surgiram: adiamento da data, para que haja prazo legal para se conseguir recursos da SeCult, por meio de emendas parlamentares, através de patrocínios, etc. “Estamos falando do segundo maior cinema de Brasília, de importância afetiva para a cidade”, enfatizou o ator e poeta Laércio Nicolau. Porém, o desejo de todos e todas em mostrar o talento e a força da nossa gente falou mais alto. Decidiu-se que, nesse primeiro momento, cada ente e agente que aderir ao ato irá contribuir com o que for possível para a realização desse grande encontro. Ficou claro para todas as pessoas que o “Ato Itapuã pela arte” não será um evento festivo público ou particular, comemoração ou show. Todos ficaram conscientes de que é uma continuidade do diálogo estabelecido entre o poder público e a sociedade civil organizada para resgatar esse importante espaço público que é o Complexo Cultural Itapuã, e, trazê-lo de volta, renovado e ativo, para a população. Ficou gravado no consciente coletivo dos que estão participando desse processo de resgate de equipamentos e espaços públicos da cidade, que nessas lutas, as conquistas e as vitórias são de todos e todas e de toda a sociedade.

Da Redação Por Flávio Pinheiro e Leandro Sena

O Espaço Cultural Bagagem retoma suas atividades suas atividades a partir do mês de abril. A programação cultural acontece todo sábado sempre às 17 horas.  Nos dias 05 e 06 de Abril, excepcionalmente pelo aniversário de 30 anos da companhia Bagagem Cia de Bonecos, haverá programação comemorativa. O projeto Espaço Cultural Bagagem conta o apoio do FAC, fundo de apoio à cultura, da secretaria de cultura e do Governo do Distrito Federal:

Confira a programação:

Dia 05 de abril

Apresentação do espetáculo “O macaco e a velha”

Bagagem Cia de Bonecos

Às 18 horas

Apresentação do espetáculo “Varal de bonecos”

Bagagem Cia de Bonecos

Às 19 horas

Dia 06 de abril

Tambores na escola – educação Afro Brasileira

Às 10 horas

Apresentação do espetáculo “Meu chapéu é o céu”

“Cia Instrumento de Ver”

Às 17 horas

Apresentação da banda “Cães de Aluguel”

Às 19 horas

Apresentação da banda "O grande Barco"

Às 20 horas

Dia 13 de abril

Apresentação do espetáculo “Hoje tem espetáculo, tem sim senhor”

Com a companhia Circo boneco e Riso

Às 17 horas

Dia 20 de abril

Apresentação do Mágico Tio André

Às 17 horas

Dia 27 de abril

Apresentação do espetáculo “Nós”

Com a companhia Roupa de Ensaio

Às 17 horas

Espaço cultural bagagem
Quadra 40 loja 16 Setor Central – Gama
3556 6606
ciabagagem.blogspot.com
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
twitter: @ciabagagem

No último sábado (23/03), a comunidade do Gama esteve reunida para debater a restauração do Cine Itapuã. Promovida pela Administração Regional do Gama, a audiência pública realizada no Auditório do Centro de Ensino Especial, contou com a presença de mais de cem pessoas. O intuito é consultar os envolvidos no processo de reforma e ampliação do espaço, bem como garantir a transparência e a participação de toda a comunidade do Gama e entorno na tomada de decisões.

“É muito importante a realização dessa audiência pública. Neste momento a comunidade tem a oportunidade para definir o que lhe convém. A cultura representa isso, o exercício de cidadania. É fundamental a ação conjunta do Governo e da própria comunidade organizada para a elaboração de um projeto que responda adequadamente aos anseios da população”, declarou o secretário de Cultura do Distrito Federal, Hamilton Pereira, que acredita na ação como uma forma democrática de participação.

O administrador do Gama, Marcio Palhares, explica que antes o espaço não pertencia de fato a regional. Há mais de vinte anos o cine foi doado ao GDF, porém o ato precisava ser oficializado. Só no fim do primeiro semestre de 2012, com muita dedicação e esforço, o processo de regulamentação foi finalizado. “Os moradores do Gama reivindicam há muito tempo a recuperação do Cine Itapuã. Nós tínhamos um sentimento de muita tristeza em vê-lo abandonado. Agora, um novo sentimento surge, que é a expetativa e a esperança de ter esse espaço de volta para a cidade”, declarou o administrador do Gama, Marcio Palhares.

Após finalizar todo o processo de regulamentação, a Administração está empenhada em transformar o espaço no mais novo ponto de encontro de diversão e lazer. Para isso, foi criada uma Comissão para Estudos e Projetos de Revitalização do Cine Itapuã, formada por membros da Regional, do Conselho de Cultura e da Secretaria de Cultural do Distrito Federal, que vão buscar meios para a realização desse projeto. A equipe realizou desde setembro de 2012 reuniões semanais e realizou visitas in loco ao cine e a outros espaços de cultura do Distrito Federal. A partir da audiência pública, a equipe vai trabalhar na elaboração do projeto de revitalização, com a coleta das sugestões da comunidade. A expectativa é licitar as obras ainda este ano e executá-las no início de 2014.

Histórico - O Centro Cultural Itapuã, foi inaugurado em 28 de março de 1961. Mais conhecido como Cine Itapuã, era gerenciado pela Empresa Cinematográfica Paulo Sá Pinto e funcionava predominantemente com produções cinematográficas. Foi considerado na época o segundo maior cinema de Brasília e durante décadas foi a maior opção de lazer e entretenimento para a sociedade gamense.

Em 1986, para evitar que o Cine Itapuã fosse vendido a uma igreja, os comerciantes do local se uniram para comprar o espaço e o doaram ao Governo do Distrito Federal. A sala sofreu uma pequena reforma em 1988 e veio a ser reinaugurado sob a administração do Cine Clube Porta Aberta, que mudou radicalmente a programação cinematográfica, pois o cinema estava em franca decadência. Nesta época foram exibidos filmes de arte, inclusive a programação do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, do qual foi co-produtor. No Cine Clube Porta Aberta foram lançados inúmeros filmes nacionais, além de vários curtas e média metragem das obras do cineastra-bombeiro Afonso Brazza. O espaço passou também a receber peças de teatro, palestras, entre outras atividades.

Veja as fotos Clique Aqui!

Fonte: Administração Regional do Gama

A Administração Regional do Gama vai realizar no sábado, dia 23 de março deste ano, uma audiência pública para discutir a restauração do Centro Cultural Itapuã, mais conhecido como Cine Itapuã. O intuito é consultar os envolvidos no processo de reforma e ampliação do espaço, bem como garantir a transparência e a participação de toda a comunidade do Gama e entorno na tomada de decisões. ...

Após finalizar todo o processo de regulamentação, a Administração está empenhada em transformar o espaço no mais novo ponto de encontro de diversão e lazer. Para isso, foi criada uma Comissão para Estudos e Projetos de Revitalização do Cine Itapuã, formada por membros da Regional, do Conselho de Cultura e da Secretaria de Cultural do Distrito Federal, que vão buscar meios para a realização desse projeto.

O Cine Itapuã, foi inaugurado em 1961. Na época foi considerado o segundo maior cinema de Brasília e durante décadas uma das melhores opções de lazer e entretenimento da cidade. Há mais de 20 anos o espaço foi doado ao GDF, porém o ato precisava ser oficializado. Só no fim do primeiro semestre de 2012, com muita dedicação e esforço, o processo de regulamentação foi finalizado.

A audiência será aberta a todos os interessados e vai acontecer às 9h, no sábado (23/03), no Auditório do Centro de Ensino Especial - Setor Central do Gama, próximo ao Gama Shopping.

Fonte: Gama RA II Administração Regional - 19/03/2013

A 19ª Caminhada da Paz foi um sucesso, organizada pelo Rotary Clube chamou a comunidade para um momento de reflexão. Estiveram presentes a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Bope com o Esquadrão anti-bombas, Detran, Poliícia Cívil, autoridades, Projetos Sociais da cidade, Escolas da fundação Educacional. O Administrador Márcio Palhares e servidores da Administração do Gama estiveram presentes prestigiando o evento.

Durante a caminhada, ouve exibição do clube de motociclistas da cidade equipe de ciclismo e manifestações contra o preconceito racial, contra a violência à mulher e à juventude.

No final da caminhada ouve sorteios de 5 (cinco) bicicletas e diversos brindes, as crianças participaram de brincadeiras e ducha d'água promovida pelo Corpo de Bombeiros do Gama.

Em dezembro de 2011, o governador do Distrito Federal sancionou a Lei 4.708, de autoria do deputado Agaciel Maia, que instituiu no calendário oficial de eventos do DF o Dia da Caminhada da Paz no Gama.

Veja as fotos Clique Aqui!

Da Redação



Fonte: Youtube da Moara Rodrigues

A Administração Regional do Gama, em parceria com a Coordenadoria das Cidades, disponibilizou 15 boxes que estavam desativados no Shopping Popular para a instalação do projeto Artesão Mostre sua Cara. Com o nome de Vila do Artesão, o espaço destinado aos artistas já está funcionando, mas a inauguração oficial está marcada para acontecer na próxima quinta-feira (28/02). “O intuito dessa ação é atender uma reivindicação antiga dos nossos artistas.

Os artesãos não tinham antes um local adequado para expor. Nós queremos promover o reconhecimento do trabalho, buscar o desenvolvimento do Shopping Popular e contribuir para a geração de emprego”, destaca o administrador, Marcio Palhares. Os artesãos também puderam regularizar a profissão. A regional realizou um mutirão para formalização dos artistas. Eles receberam orientações referentes a assuntos bancários e capacitação.

A Administração organizou uma grande festa para comemorar o sucesso da Vila do Artesão, no dia 28/02 com apresentação de Cleyson Batah, banda Nego Blues, banda Akuzinha Musical, grupo de Teatro Mendigos de Gravata e a Banca de Poetas Dedé Caiano.

Da redação

Leia mais Participe da Audiência Pública do dia 23 de março vamos discutir a restauração do Cine Itapuã

Inscrições abertas

Por intermédio do ensino das artes visuais e com o auxílio das mídias tecnológicas, indivíduos em processo de reabilitação tais como deficientes físicos, pessoas com lesão cerebral, Síndrome de Down e Autismo, podem desenvolver sua criatividade, comunicação e autoestima. Com o objetivo de proporcionar alternativas de tratamento na reabilitação de crianças, jovens, adultos e idosos que, por algum motivo: acidente de trânsito, mergulho, arma de fogo, acidentes domésticos, etc. perderam parte de suas funções, foi que o Instituto Mãos de Arte (IMA) criou o projeto Pincel Virtual Transpondo Barreiras que visa desenvolver com auxílio de tecnologia adequada e conhecimento em artes, um novo estímulo para a vida dessas pessoas. ... Leia mais

Fonte: Ascom / IMA - 28/01/2013

A Administração Regional do Gama, por meio da Diretoria Social, realizou diversas atividades culturais, todas com a preocupação em buscar a valorização dos artistas da cidade. Com este intuito, a principal atitude adotada foi a profissionalização e o incentivo a formalização dos artistas como Micro Empreendedores. Para facilitar e agilizar este processo foi disponibilizado um computador na Gerência de Cultura para que os artistas pudessem se cadastrar. Além disto, como forma de tornar transparente a contratação dos artistas para as atividades culturais promovidas pela Regional foram publicados editais de chamamento público, para assegurar a participação de todos no processo. Todos os projetos tiveram apoio da Secretaria de Estado de Cultura, que auxiliou na contratação de artistas e estrutura.

A profissionalização dos artistas é baseada na Lei 8.666/1993, que exige que o Estado só contrate artistas mediante a comprovação de profissionalismo, com registros na Ordem dos Músicos (OMB), no Cadastro de Entes e Agentes Culturais (CEAC) ou na Delegacia Regional de Trabalho (DRT), e consagração por meio de recorte de jornais de críticas especializadas referentes aos trabalhos dos artistas e bandas.

Ainda na busca de valorização dos trabalhadores da cidade, foi idealizada uma campanha de profissionalização dos artesãos, em conjunto com os grupos organizados de artesãos e a Secretaria do Trabalho. No dia 13 de setembro, foi feito um mutirão na Administração do Gama para emissão de carteiras profissionais. Mais de 40 artesãos estão profissionalizados nas mais diversas áreas de artesanato.

Para o Gerente de Cultura da Administração do Gama, Manoel Messias, a maioria dos projetos culturais deste ano tiveram a participação de alunos e professores das escolas da cidade e da sociedade civil, fato que contribuiu para o entendimento de que é preciso continuar na linha de projetos educativos e que promovam a igualdade entre os povos. “Para o ano de 2013 vamos manter o posicionamento de trabalhar pelo desenvolvimento do senso crítico e do crescimento do indivíduo em defesa da coletividade. Vamos continuar na busca da valorização dos artistas da nossa cidade, norteados pelo novo caminho, com base na transparência, responsabilidade e principalmente, honestidade”, declarou.

Conheça os projetos e atividades culturais executados no ano de 2012:

Intinerarte: o projeto visa disseminar e incentivar a cultura levando a arte para as escolas, comunidades carentes, feiras, entre outros. Este ano foram realizadas cinco edições do projeto: no Centro de Ensino Especial, na Associação de Proteção às Crianças Carentes, na Feira Permanente, no Presídio Feminino e na Toca do Ari.

Campanha contra a exploração de criança e adolescente: realizada no dia 18 de maio em parceria com a Coordenação Regional de Ensino (CRE), Voar Teatro de Bonecos, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especial de Assistência Social (CREAS), COSE e Conselhos Tutelares, a campanha contou com atividades de conscientização nas escolas por meio de palestras, apresentações de teatro, música, cortejo artístico e bonecos gigantes. Segundo os Conselhos Tutelares, após a campanha as denúncias aumentarem sensivelmente.

5ª Edição da Pedalada Contra a Pedofilia: o projeto aconteceu no dia 7 de julho e mobilizou os moradores da cidade. Entre as atividades, teatro de bonecos com as companhias Bagagem, Voar e Titeritar, roda de capoeira e a apresentação da Banda Sinfônica da Polícia Militar. O evento também registrou a retomada do Cine Itapuã, que estava abandonado há anos. Por causa de alguns empecilhos jurídicos o espaço não pertencia ao Governo do Distrito Federal. Agora tudo já foi resolvido. Foi criada uma comissão composta por servidores da Administração do Gama e do Conselho de Cultura para estudar um projeto de reforma e revitalização do espaço.



1º Seminário de Cultura do Gama:
por orientação da Secretaria de Cultura foi organizado o primeiro Seminário de Cultura na cidade que discutiu a construção de mais espaços culturais e revitalização dos já existentes e definição das atividades previstas para o ano que vem.

Festival da Canção Estudantil: em parceria com a CRE, o festival realizado de 20 a 22 de setembro, promoveu a integração dos alunos da rede de ensino público e privado em uma festa com a presença de mais de mil crianças, alunos, pais e professores. O Gama foi a primeira regional a desenvolver este tipo de projeto.

Feira de Amostras e Artes do Gama (Faagama): neste ano as comemorações de 52 anos do Gama contaram com muitas novidades. O antigo nome da festa, conhecido por tantos gamenses, foi restaurado. A Faagama, realizada nos dias 12 e 13 de outubro, reuniu mais de 30 mil pessoas no Estacionamento do Estádio Bezerrão. Com o destaque voltado para o tema “Gama 52 Anos: Em defesa da Criança e do Adolescente”, o evento trouxe para discussão assuntos como pedofilia, trabalho infantil, maus tratos e exploração sexual. Entre as atrações, desfile cívico, teatro, brinquedos infláveis, distribuição de pipoca e algodão doce, sorteios, exposições e artistas locais. E para abrilhantar mais a festa, show com Nando Reis e a banda Os Infernais na sexta-feira e Seu Jorge no sábado. Ainda dentro das comemorações do aniversário da cidade, no domingo (14/10), teve a Gamadinha (corrida infantil) e a tradicional Corrida de Rua, na categoria adulta. Tudo gratuito!

II Mostra Cultural Afro Brasileira do Gama – MADEB: para finalizar as atividades culturais do ano, em 21 de novembro, foi realizada a mostra que apresentou exposições de artes e trabalhos pedagógicos dos alunos da rede pública de ensino, alusivos ao mês da consciência negra. Paralelamente, os músicos da cidade animaram o evento junto com Dhi Ribeiro e Renata Jambeiro. A mostra foi executada junto com o Movimento Afro Descendente de Brasília e a CRE. Segundo os organizadores do evento da Secretaria de Estado da Igualdade Racial, entre as atividades realizadas no Distrito Federal neste tema, o Gama foi o que teve o melhor desenvolvimento.

Projeto “O Artesão Mostra sua Cara”: em conjunto com a Coordenadoria das Cidades, foram disponibilizados 15 boxes que estavam desativados no Shopping Popular do Gama para os artesãos da cidade. O intuito do projeto é expor os produtos dos artesãos, buscar a valorização do espaço e ainda promover a geração de emprego e renda.

Tem muito mais! Veja agenda cultural prevista para 2013:

- Expoesia;

- Concurso e Amostra de Curtas (Metragem Estudantil);

- Oficina e Mostra de Teatro;

- Concurso de Pintura;

- 2 edição do Festival da Canção Estudantil;

- Festa de aniversário do Gama - Faagama (Feira de Amostras e Artes do Gama);

- 3 edição da Mostra Afro Brasileira;

- Feira de Rua de Artesanato;

- Itinerarte.

Fonte: Site da Administração do GAMA

foto

Vívian Oliveira e amigos, se reuniram neste sábado (15) para fazer uma homenagem ao Palhaço Pirulito. A comunidade gamense marcou presença, demonstrando seu carinho e amor por tudo que ele representa em nossa cidade. “Volta logo Pirulito falavam às crianças que o adoram”.

Veja as fotos do evento Clique Aqui!

Circo Teatro Artetude se apresenta no Gama
Os brasilienses do "Circo Teatro Artetude" levam à praça de Guaramiranga "O Grande Circo dos Irmãos Saúde" (Foto: divulgação)

O Projeto Difusão e Pesquisa do Circo Teatro Artetude fará uma apresentação no próximo sábado (16/06), às 16h, dentro do Parquinho Recreativo do Setor Leste (em frente ao Cine Itapuã). E às 18h, será exibida uma mostra de Filmes Brasileiros na praça em frente ao Cine Itapuã. Toda a comunidade está convidada a prestigiar o trabalho do Grupo ARTETUDE.  O espetáculo contará com o apoio da Secretaria de Cultura do Distrito Federal e da Administração Regional do Gama.

Com mais de nove anos de existência, o Circo Teatro Artetude atua com a união de tendências da Cultura Popular, do Circo Itinerante e da Arte Contemporânea. Tem relevância participação em atividades circenses como Festivais e Mostras em âmbito nacional. O projeto busca, por meio da pesquisa, da criação artística e da circulação interferir e transformar a sociedade, além de contribuir para a ampliação do debate sobre as culturas e tradições populares.

FONTE: Administração do Gama