O Seu Portal de Notícias e Cidadania | Gama Cidadão

Qui05282015

Last updateQui, 28 Mai 2015 6pm

Portuguese Arabic English French German Japanese Spanish

Assaltante é detido por populares e seguranças após roubar carro em estacionamento no Gama

img

Situação ocorreu na manhã desta quinta-feira (28), próximo ao estacionamento do condomínio Europa, conhecido como "minhocão". Segundo a vítima, Silvia funcionária do Tribunal de Justiça do DF, que aguardava no carro para voltar ao trabalho, quando o criminoso abordou, com uma arma em punho e rendeu a vítima, ela conseguiu escapar do sequestro relâmpago, quando o criminoso ao arrancar com o veículo e se distraiu ao não conseguir soltar o freio de mão, por conta do botão de segurança. Passageira afirmou que agiu por instinto de sobrevivência.

Cerca de 100 metros o criminoso deixou o veículo e saiu a pé e, com uma arma, intimidou outro motorista gritando para que ele saísse do carro no estacionamento da Administração da Gama, a nova vítima, Edmilson funcionário da administração entregou o carro e saiu com as mãos para cima.

Os gritos por socorro foram escutados por colegas e seguranças de trabalho, que perseguiram o homem e mobilizaram.

De acordo com a Polícia Militar (PM), os funcionários e seguranças da Administração Regional perceberam a ação e conseguiram deter o homem. Ele estava armado e tentou atirar várias vezes. As vítimas já se apresentaram à polícia e prestaram depoimento.

O suspeito ainda não foi identificado pela polícia, que realiza diligências pela região.

 

Homem é morto com facada no peito perto da rodoviária do Gama, no DF

Testemunha disse que autor do crime chamou vítima de tarado, diz polícia. Agressor fugiu em seguida; ninguém foi preso; 14ª DP investiga caso.

14
Foto: Reprodução 

Um homem morreu depois de ser esfaqueado na tarde desta quarta-feira (27), em uma via próxima ao terminal rodoviário do Gama, no Distrito Federal. Segundo a Polícia Civil, testemunhas disseram que vítima foi chamada de “tarado” durante uma briga.

O crime aconteceu por volta das 13h. O Corpo de Bombeiro foi chamado para o atendimento, mas o homem já estava morto quando a corporação chegou ao local. O rapaz levou duas facadas, sendo uma no peito.

Agressor fugiu em seguida. Ninguém foi preso até a publicação desta reportagem. O caso é investigado pela 14ª DP.

Fonte: G1 DF - 27/05/2015 21h19 - Atualizado em 27/05/2015 21h19

Homem joga capacete na cabeça de mulher em loja de posto na UnB; veja

Vítima estava sentada de costas em mesa e diz não conhecer agressor. Suspeito é estudante de engenharia; alunos se dizem com amedrontados.

img

Um homem agrediu uma mulher na cabeça com um capacete em um posto de conveniência dentro do campus Darcy Ribeiro da Universidade de Brasília, na Asa Norte, no Distrito Federal. O caso ocorreu na última terça-feira (5). A vítima afirma que não conhecia o agressor nem estava falando com ele. O suspeito é um estudante de engenharia da universidade.

Nas imagens é possivel perceber que o homem está sozinho no balcão com um capacete no braço. Ele olha os lanches no local enquanto aguarda atendimento. Quando se aproxima do caixa, tira um celular do bolso, o olha, guarda e vira.

O suspeito ameaça jogar o capacete em uma mesa próxima onde duas mulheres e um homem conversavam. De repente ele se vira de novo e arremessa o objeto contra o grupo. O capacete acerta uma cadeira e depois a cabeça de uma das jovens.

A vítima, que preferiu não se identificar, diz que está com medo. "Além de medo, a revolta por você ser agredida assim banalmente, sem conhecer a pessoa. Você vê que fica à mercê da violência em qualquer lugar que esteja."

Após a agressão, ela registrou boletim de ocorrência. A UnB informou que como a agressão ocorreu dentro de uma loja de conveniência de um posto de combustivel, uma propriedade privada, não pode tomar nenhuma medida contra o suspeito.

De acordo com alunos e funcionários da UnB e da loja, o homem tinha o costume de frequentar o local. Eles ficaram assustados com o comportamento dele. "Ele sempre foi fechadão na dele, bem sério. Nunca aconteceu esse tipo de situação aqui dentro da loja nem fora", disse a gerente da loja de conveniência, Cristiane Batista.

Assista o vídeo. Clique aqui!

Fonte: G1 DF - 12/05/2015

Polícia prende assaltante e recupera R$ 13 mil roubados de loja no Gama

A arma usada no crime também foi apreendida com o suspeito

Policiais militares do 9º Batalhão prenderam um homem, de 25 anos, suspeito de assaltar uma loja de calçados, na área comercial do Setor Central do Gama (DF). Ele foi detido a 200 metros da loja, próximo à Rodoviária Central, com a arma utilizada no crime.

De acordo com a polícia, os militares faziam patrulhamento quando receberam informações de  que a loja estava sendo roubada.

Ao perceber a chegada da PM, os dois assaltantes tentaram fugir. Um deles foi preso. Com ele, também foi apreendido um revólver calibre 38 com seis munições intactas e recuperado R$ 13 mil.

O assalto foi realizado durante o fechamento do caixa. Os dois suspeitos aproveitaram que a porta estava entreaberta e renderam os funcionários.

O detido foi conduzido para 20ª DP e autuado por roubo qualificado com uso de arma de fogo.

Fonte: R7 DF - 10/5/2015 às 11h39

Peruano é encontrado morto no Gama após ser confundido com assaltante.

Segundo informações da PM, ele era garoto de programa e havia chegado ao país há um ano.

 

Um peruano foi assassinado na madrugada deste domingo no Gama. Segundo informações da Polícia Militar, Raul Rios Rey, 29 anos, era garoto de programa e estava no país há um ano.

Ainda de acordo com a delegacia, uma equipe da PMDF informou que, por volta das 23h do sábado (2), a vítima solicitou ajuda aos policiais depois de ser ameaçado de morte por ter sido confundido com um assaltante por ocupantes de um veículo no qual teria “esbarrado” no setor central do Gama, quadra 56.

Os militares o encaminharam onde ele indicou ser sua residência, na quadra 52/54 do Setor Central do Gama/DF. Porém, a vítima foi encontrada morta com golpes de faca nas costas no canteiro central da Área Especial 01, entre 03h e 03h30 do domingo (3).

A 14ª DP investiga o crime.

Fonte: Jornal de Brasília - 03/05/2015 às 17:14:47     Atualização: 03/05/2015 às 19:10:06

PM detém suspeito de furtar e quebrar objetos de igreja no Gama, no DF

Homem estava 'transtornado' e tentou fugir pelo telhado, diz polícia. Ele foi para delegacia, autuado por dano, mas liberado após assinar termo.


Foto: Reprodução

A Polícia Militar deteve um homem de 32 anos suspeito de furtar e quebrar objetos na Paróquia Santíssima Trindade, no Setor Norte do Gama, no Distrito Federal, por volta das 8h desta quarta-feira (22).

Segundo a Polícia Civil, o homem estava "transtornado" e tentou fugir pelo telhado. Ele foi conduzido para a 20ª DP, assinou um termo de compromisso de comparecimento à Justiça e foi liberado após ser autuado por dano.

Fonte: G1 DF - 22/04/2015

 

Arthur Trindade: Somente no DF agentes do Detran têm usado arma'

O uso tem que ser institucional e não está sendo institucional porque a questão não é pacificada, juridicamente falando." Arthur Trindade secretário de Segurança do DF

Trindade recomendou que agentes do órgão não usem armas de fogo. Major dos Bombeiros deu voz de prisão a agente que trabalhava armado...

O secretário de Segurança do Distrito Federal, Arthur Trindade, afirmou nesta segunda-feira (30) que somente na capital federal agentes do Detran têm usado arma de fogo. Na semana passada, Trindade recomendou ao diretor do Detran, Jayme Amorim, para que o órgão suspenda o uso de armas de fogo pelos agentes, até que saia uma decisão judicial sobre o caso. A recomendação foi feita após um major do Corpo de Bombeiros dar voz de prisão a um agente do Detran, por portar uma pistola durante uma fiscalização, em Águas Claras.

"Na verdade tem uma controvérsia entre a legislação federal e as legislações estaduais", disse o secretário. "Atualmente no Brasil somente no Distrito Federal os agentes do Detran têm usado arma."

Segundo o secretário, a pasta acionou a Procuradoria-Geral do DF para que se pronuncie sobre o impasse. "Nós acionamos a procuradoria para tentar dar um pouco mais de tranquilidade jurídica tanto ao cidadãos, quanto ao agente do Detran e quanto a instituição", afirmou.

O porte de armas para agentes de trânsito do Detran do DF foi concedido à categoria por meio da Lei Distrital n° 2.176/98. A referida lei altera a Lei n° 1.398/97, para incluir o cargo de Agente de Trânsito. Estas leis distritais consubstanciam justamente a “legislação própria” sobre a qual versa o Estatuto do Desarmamento, em seu artigo 8º, caput. No entanto, segundo o promotor Antonio Suxberger, o Estatuto do Desarmamento não prevê porte de arma funcional para agentes de trânsito.

De acordo com Trindade, o uso ou não da arma de fogo pelos agentes do Detran é uma situação que não está "pacificada juridicamente". "O estatuto do desarmamento prevê que nas situações onde profissionais possam usar armas nas suas atuações o uso da arma tem que ser institucional, ou seja, tem que ser adquirido pelo Detran o armamento, os profissionais tem que ser treinados, a instituição tem que estabelecer protocolos de uso da arma de fogo e protocolo de controle desse uso da arma de fogo", disse. "O uso tem que ser institucional e não está sendo institucional porque a questão não é pacificada, juridicamente falando."

Trindade afirmou que se o argumento de que os agentes fazem abordagens perigosas não for suficiente, policiais militares deverão atuar em conjunto com o órgão quando solicitado pelo Detran. "Para alguns analistas são raros os casos onde o agente do Detran se depara com situações que de fato eles vão precisar usar arma", disse. "Por outro lado, há casos sim onde eles precisam de uma proteção maior. Se eles pudessem usar arma institucionalmente isso já estaria pacificado, se não podem usar arma, essa proteção terá que ser feita pela Polícia Militar."

A decisão do uso de arma de fogo pelos agentes do Detran é analisada pela Justiça Federal e pelo Tribunal de Justiça. Segundo o secretário, não há previsão para essa decisão. "O maior problema hoje é a situação de insegurança jurídica. Nós precisamos ter uma decisão", afirmou. "Ou bem pode usar a arma, então o Detran adquire o armamento, treina seu pessoal e estabelece protocolos, ou não pode usar arma, então a PM deverá fazer a proteção nas situações consideradas perigosas a pedido do Detran."

Prisões

Em março, dois agentes do Detran foram presos por portarem arma de fogo. O primeiro caso aconteceu no dia 4, quando policiais militares flagraram o agente tentando se desfazer da arma na QR 415, em Samambaia. Segundo a PM, o revólver não possuia registro e o funcionário não tinha autorização. O Detran disse que o agente foi detido fora do horário de trabalho.

Na última segunda-feira (23), um major do Corpo de Bombeiros deu voz de prisão a um agente do Detran, por portar uma pistola durante uma fiscalização, em Águas Claras. Houve mais discussão quando o militar, de 54 anos, deixou a delegacia. Os agentes do Detran também foram liberados, mas as armas foram apreendidas.

O caso foi levado para a 21ª DP. Um documento apresentado pelos agentes do órgão mostra que eles podem portar arma e que há inclusive um comunicado feito pela autarquia à Polícia Federal a respeito. O uso dos equipamentos por servidores do Detran está autorizado por uma lei distrital de 1997.

Fonte: Portal G1 DF, foto: Reprodução tv Globo - 30/03/2015 - - 11:02:27

Filho de PM é executado com seis tiros no Gama

O jovem é filho do sargento Irineu Parente, que ajudou a realizar um parto no Varjão no ínicio desta semana

Na noite desta quinta-feira (26) um jovem de 26 anos foi assassinado no Setor Leste do Gama. Segundo informações da Polícia Civil, três suspeitos encapuzados chegaram em um carro escuro e estacionaram na Quadra 50. Os homens mandaram a vítima virar de costas e colocar a mão na cabeça, sendo alvejada por seis tiros  no tórax e nas nádegas.

Rafael Bruno da Cruz Parente foi ajudado por por uma pessoa que passava pelo local e encaminhado ao Hospital  Regional do Gama (HRG), mas não resistiu aos ferimentos. O jovem é filho do sargento Irineu Parente, que ajudou a realizar um parto no Varjão no ínicio desta semana.

A 14ª Delegacia de Polícia (Gama) investiga o crime.

Fonte: Jornal de Brasília - 27/03/2015 às 11:18:00     Atualização: 27/03/2015 às 11:19:53

PM apreende 10 adolescentes e drogas em festa no Gama, no DF

imgApreensão ocorreu no domingo no Núcleo Rural Ponte Alta. Também foram apreendidos dois carros com placas clonadas e armas.

A Polícia Militar do Distrito Federal apreendeu na madrugada deste domingo (22) armas e drogas em uma festa no Núcleo Rural Ponte Alta, no Gama. De acordo com a corporação, 10 adolescentes foram apreendidos, além da organizadora do evento e o caseiro.

Segundo a PM, policiais receberam denúncia  de que havia uma festa em uma casa com pessoas armadas e consumindo drogas. A polícia encontrou na residência maconha, cocaína, uma chave mixa, um revólver calibre 32, uma espingarda calibre 12, duas facas, um facão, dois carros com placas clonadas e um carro roubado. Os objetos apreendidos, a droga e os adolescentes foram encaminhados para a 20ªDP.

Fonte: G1 DF - 23/03/2015 09h15 - Atualizado em 23/03/2015 09h15

 

Polícia apreende 70kg de maconha no Gama

A droga estava no porta-malas de um carro. A abordagem se deu próximo na BR-060, próximo de Engenho das Lages

GAMA

Na manhã desta quinta-feira (5), a Polícia Federal e Rodoviária apreendeu 70kg de maconha dentro de um carro que trafegava pela BR-060, próximo ao Engenho das Lajes, no Gama. A quantia de 75 tabletes da droga estavam no porta-malas do veículo. A ação ocorreu após uma denúncia anônima.

Segundo o casal que estava no carro, a maconha tinha como destino Brasília. O local de origem não foi informado, assim como para quem seria entregue a droga ou mesmo quem a forneceu. Os envolvidos afirmaram que receberiam R$2.500,00 pelo transporte.

Após o flagrante, o casal foi preso e encaminhado ao Complexo Prisional da Papuda. Eles responderão por crime de tráfico interestadual de drogas. A ocorrência foi registrada na Superintendência da Polícia Federal, em Brasília.

Fonte: Jornal de Brasília - 05/20/2015

Comerciante morre após reagir a assalto em Santa Maria

Um jovem de 18 anos foi preso e dois menores apreendidos suspeitos do crime. Abalada, a família pede por justiça

img

Um assalto acabou em morte na tarde desta quarta-feira (21), na quadra 117 de Santa Maria. A vítima, Manuel Ribeiro Lopes, de 57 anos, trabalhava em seu comércio quando foi surpreendido por um homem armado. Segundo a Polícia Civil, após entregar R$346 que estava no caixa do estabelecimento, o comerciante tentou reagir com uma faca e acabou sendo baleado. Emocionado, o filho diz que o pai já teria sido assaltado diversas vezes. 

“A vítima acreditou que conseguia reagir porque era maior que o assaltante. Eles chegaram a lutar, mas veio a óbito após ser baleado pelo assaltante”, detalha o tenente-coronel Hélio Almeida. Moradores da região contaram que após os disparos o bandido saiu do local pelos muros e jogou a arma em uma residência. “Nós fizemos uma varredura, contato com a população e, dentro de um trabalho de inteligência rápido, conseguimos recuperar não só a arma usada no crime, mas o dinheiro do furto”, completa o militar.

Família pede justiça

“Ele já foi assaltado várias vezes aqui”, diz, em lágrimas, o filho da vítima. Jefferson Patos Ribeiro, de 32 anos, estava no local com mais três funcionários no momento do crime. A família ficou chocada com a tragédia. Abalada, a esposa do comerciante, Marli Andrade Patos Ribeiro, de 53 anos, pede justiça.

Moradores e amigos da família confirmam a falta de segurança na região. É o caso de Rita do Valle, amiga da família. Segundo ela, “agora eu vou trabalhar com medo. Tem que ter justiça”. “A polícia prende e a justiça solta. Se eles vão para a cadeia, voltam pior. Nossas leis precisam ser mais severas”, desabafa Joilson Santos, amigo da vítima.  

Latrocínio 

Lucas Barboza, de 18 anos, foi preso após busca na cidade. Além dele, outros dois menores, que podem está envolvidos no caso, foram apreendidos. Lucas vai responder pelo crime de latrocínio. A 33ª Delegacia de Polícia, responsável pelo caso, encaminhou os menores para a Delegacia da Criança e do Adolescente. 

Fonte: Jornal de Brasília - 21/01/2015 às 21:23:00

Portal Gama Cidadão