Projetado para ser o mais moderno do país, o novo sistema de tratamento de esgoto de Águas Lindas de Goiás é uma grandiosa obra que prevê beneficiar toda cidade. A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) terá capacidade para atender até 500 mil habitantes, pensando assim nas futuras gerações.

A obra é uma parceria entre a Prefeitura de Águas Lindas, o Governo Federal e os Governos de Goiás e Brasília, por meio do Consórcio Saneago/Caesb. Ao todo foram investidos R$ 229 milhões em todo sistema.

Águas Lindas vivia com níveis que se igualavam aos de países subdesenvolvidos, pois não contava com esgoto tratado. Hoje surge uma nova realidade, a cidade sairá de 0 para 80% da cidade beneficiada ainda na primeira fase com o novo sistema.

Com este investimento o meio ambiente também será preservado, já que mais de 80 mil fossas sépticas serão desativadas preservando assim o meio ambiente. Além disso, após ser tratado o esgoto retornará para a natureza com 95% de pureza, garantindo qualidade de vida para toda população.

O morador e líder comunitário, Reginaldo Silva conhecido como Reginaldo do Gesso, do Jardim Pérola II, foi um dos primeiros bairros a serem ligados no novo sistema de tratamento de esgoto. Inclusive a residência deste morador está ligada a rede de esgoto.

“Como liderança comunitária, lutamos muitos anos para que Águas Lindas tivesse este benefício, agora chegou a nossa vez. A minha casa já está conectada, e a fossa será aterrada acabando de uma vez por todas com o mau cheiro. É uma conquista para toda cidade”, disse o morador.

Todas as residências serão notificadas e terão o prazo de 90 dias para se adequarem ao novo sistema. Na próxima quinta-feira, dia 22 de junho a cidade receberá autoridades de todos os escalões de Goiás e Brasília para a grande inauguração do novo sistema, à partir das 08h30.