Qui05052016

Last updateQua, 04 Mai 2016 10pm

Portuguese Arabic English French German Japanese Spanish

Elas vão jogar na Europa! Time de Futebol feminino da rede de Ensino Certo está credenciado para competição mundial

Da Redação do Rede Certo, Por Sophia Winkel

As competições esportivas escolares historicamente revelam grandes talentos. E as alunas da equipe de Futebol/futsal feminino da Rede Certo já são um sucesso! Durante os últimos anos, o time treinado pelo professor Marcos Carvalho venceu várias competições locais  organizadas pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE) e pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) –  que também organiza os Jogos Escolares da Juventude. Com frequência, o time participa de competições nacionais, representando o Distrito Federal.

Patrocinadas há  anos pela Rede, as meninas arrasam e já estão colhendo os frutos deste maravilhoso trabalho! Recentemente, as alunas se destacaram no futebol de campo, em competições promovidas pela Federação Regional do Desporto Escolar do Distrito Federal (FRDEDF). Em 2015, o time foi vice-campeão na final nacional promovida na cidade de Camboriú (SC). Por essa colocação, a equipe foi credenciada para a Eurocopa que será disputada na França, no final do mês de Maio (29/05 a 06/06). A equipe será a única representante não europeia na competição. Estamos todos na torcida!

Elas jogam muito... E não é de hoje! Confira:

2013 – Final nacional em Belém (PA) – Brasil -  2º lugar

2014 – Final nacional em João Pessoa (PB) – Brasil -  1º lugar

2015 – Final nacional em Londrina (PR)  – Brasil - 3º lugar

2016 – Final mundial em Lille/Lens, – França

 

Projeto Inovador e sustentável: Residencial Nascente Ribeirão

Os cotistas e presidentes de entidades habitacionais se reuniram no último dia 30 de abril no auditório da Administração Regional do Guará para tomar conhecimento das etapas do projeto Ribeirão. Entre os vários esclarecimentos dados pelo presidente da OASSEH-DF, José Paulino Neto, foi com relação à compra do terreno. “Estamos com 60% da compra do Quinhão 23 efetivada e com as escrituras em mãos. O terreno tem área total de 724 hectares. Para construir o Ribeirão só precisamos de 224 h. Então estamos dentro da legalidade, através de um Termo de Ajustamento de Conduta do Ministério Público do DF e de um convênio firmado com a Codhab. Hoje é um dia muito importante porque foram publicadas no Diário Oficial do DF do dia 29 de abril todas as diretrizes urbanísticas do nosso projeto. Estamos trabalhando diuturnamente para que vocês não tenham problema com a estrutura dos imóveis como paredes rachadas, torneiras vazando e lâmpadas queimadas, como já vimos em outros residenciais”, esclareceu José Neto.

“O grande desafio quem fez foi Juscelino Kubitschek quando construiu Brasília. Um projeto não é inovador se não tiver desafios por trás. Vocês, juntos, é que nos move para que tenhamos moradia digna e decente para todos os cotistas”, afirmou Silvio Sakata, diretor-financeiro da OASSEH-DF.

Os arquitetos usaram da palavra para dar as explicações técnicas das etapas do projeto “Nosso objetivo é construir uma cidade melhor. Que os moradores saiam de casa em vejam e sintam que está residindo em um local com qualidade de vida. Nossa equipe está trabalhando com afinco visando um residencial inovador com sustentabilidade e bem-estar das pessoas, com arborização, acessibilidade, áreas de lazer e se torne referência em todo Centro-Oeste”, afirmaram.

Já o engenheiro disse que a infraestrutura não existe sem o urbanismo e o urbanismo não existe sem a infraestrutura. Segundo ele, o residencial com 12 mil moradias está projetado para receber 50 mil novos moradores. Ou seja, uma nova cidade será acoplada a Santa Maria. Para isso é necessária à construção de drenagem das chuvas, esgoto, boca de lobo e uma lagoa de detenção e outra para o reuso da água que será utilizada de forma sustentável, bem como uma estação de tratamento de esgoto. Um vídeo sobre urbanismo foi veiculado aos presentes ao evento.

Para a Lophez Engenharia, parceria do Ribeirão, a economia de energia será de 45 a 50% com a implantação da energia solar. Entre as empresas contratadas pela OASSEH-DF estão a Projeplan Engenharia e Meio Ambiente e a Ecotehc Consultoria Ambiental.

 

Informou assessoria de comunicação social - OASSEH-DF

Rollemberg abre VIII Semana do Microempreendedor Individual do Sebrae no DF

Na próxima segunda-feira, 02/05, a partir das 11h, o Governador do DF, Rodrigo Rollemberg; o Presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no DF, Luís Afonso Bermudez; e o Diretor Superintendente do Sebrae no DF, Antônio Valdir Oliveira Filho, abrem oficialmente a VIII Semana do Microempreendedor Individual, na Tenda Principal, em Ceilândia, localizada na CNM1, Ceilândia Centro, ao lado do restaurante Comunitário.

Este ano, o evento acontece entre os dias 2 e 7 de maio em 23 pontos espalhados pelas Regiões Administrativas do DF e atendimento gratuito para os empreendedores interessados - das 8h às 18h, de segunda a sexta, e das 8h às 12h no sábado. Com o slogan “Semana do MEI, a semana para sua empresa ficar em dia”, o foco do Sebrae no DF será a capacitação e a divulgação da figura do Microempreendedor Individual, assim como orientações para as obrigações legais do MEI, serviços de baixa, formalização, alteração da empresa, orientações com relação ao preenchimento da Declaração Anual, e a impressão dos boletos das obrigações.

Ação social e bingo marcam Cavalgada da Solidariedade no Gama

Na tarde deste sábado (30), a Associação dos Moradores e Produtores da Ponte Alta (AMPPA), promoveram a Cavalgada da Solidariedade, com o objetivo de arrecadar fundos para a construção do Posto de Saúde na comunidade. A ação contou com a presença do governador Rodrigo Rollemberg que também participou da cavalgada, juntamente com a administradora do Gama, Maria Antônia e amigos da área rural. A cavalgada teve inicio no Point Verde, e percorreram oito quilômetros entre a DF-180 e a DF-379, até o Bar do Adão.

Segundo os organizadores a Cavalgada Solidária, organizada pela AMPPA, contou com recursos próprios, arrecadação, venda de rifas para sorteio de bingo, doações e não teve nenhum patrocínio ou apoio financeiro do governo de Brasília. O Evento foi bancado e curtido por toda comunidade rural e comerciantes da cidade.

A chegada no Bar do Adão, contou com almoço, churrasco e shows das duplas: Ronald Silva e Renato, Leo e Christian, Cantor Jp, Luis e Leonardo entre outros artistas locais.

Mais de 250 pessoas participaram da Cavalgada Solidária.

Galeria de fotos. Clique aqui!

Mais fotos. Clique aqui!

A um dia do fim do prazo, 6 milhões ainda não declararam Imposto de Renda

 Da Redação da Agência Brasil - 28/04/2016 às 17:47:02     Atualização: 28/04/2016 às 17:59:09

A um dia do fim do prazo, cerca de 6 milhões de contribuintes ainda não entregaram a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2016. Até as 17h de hoje (27), a Receita Federal havia recebido 22.661.197 declarações. O número equivale a 79,5% das declarações previstas para este ano. A entrega começou em 1º de março e vai até amanhã (29).

O programa gerador da declaração para ser usado no computador pode ser baixado no site da Receita Federal. O órgão liberou um Perguntão, elaborado para esclarecer dúvidas quanto à declaração referente ao exercício de 2016, ano-calendário de 2015.

O aplicativo do Imposto de Renda para dispositivos móveis (tablets e smartphones) está disponível nos sistemas Android e iOS, da Apple. Os aplicativos podem ser baixados nas lojas virtuais de cada sistema.

Quem perder o prazo de entrega estará sujeito a multa de R$ 165,74 ou de 1% do imposto devido por mês de atraso, prevalecendo o maior valor. A multa máxima pode chegar a 20% do imposto devido.

Cerca de 28,5 milhões de contribuintes deverão enviar à Receita Federal a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física em 2016.

A estimativa é do supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir. O número representa crescimento de 2,1% em relação aos 27,9 milhões de documentos entregues no ano passado.

Marginal da DF-480 beneficia 25 mil motoristas por dia

Pista foi entregue no fim do ano passado e ajuda a desafogar o trânsito na região do Gama. Governador visitou o local nesta manhã (26)

Mariana Damaceno, da Agência Brasília - 26/04/2016

Atualizado em 26 de abril de 2016, às 15h33

A marginal da DF-480, entregue em novembro de 2015, ajuda a desafogar um trânsito diário de cerca de 25 mil carros que saem do Plano Piloto em direção ao Gama. Na manhã desta terça-feira (26), o governador Rodrigo Rollemberg esteve na via, que tem 6 quilômetros de extensão e mão dupla, para apresentar à população as intervenções feitas — terraplanagem, pavimentação, drenagem e sinalização.

A obra da marginal teve início em agosto de 2014, com recurso do Tesouro local. Em janeiro de 2015, por falta de verba deixada pelo governo anterior, ela precisou ser interrompida, mas foi retomada em julho, graças ao financiamento fechado com o Banco do Brasil no início do ano passado. Foram investidos R$ 4.459.511,78.

"Recebemos um governo na pior situação entre todos os estados do País, mas hoje estamos num momento melhor. Estamos, aos poucos, conseguindo investimentos importantes para a cidade, como este do Banco do Brasil", disse o governador.

O trecho fica entre a DF-001 e o campus da Universidade de Brasília na região administrativa e soma-se a um pedaço que já estava pronto, de aproximadamente 2 quilômetros. A infraestrutura atende também moradores da Ponte Alta e trabalhadores do setor de indústria local.

Segundo o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem, Henrique Luduvice, a obra ainda melhora o acesso e a mobilidade de cerca de 23 mil famílias que moram perto da nova pista. O DER foi o responsável pela intervenção.

Antes do asfalto, a administradora do Gama, Maria Antônia Rodrigues Magalhães, conta que o espaço trazia transtornos aos moradores. "Quando chovia, era só lama. Na seca, poeira. Essa é uma obra muito importante para essas pessoas."

Estavam presentes os secretários da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, José Guilherme Leal, de Educação, Júlio Gregório Filho, de Fazenda, João Antônio Fleury, de Gestão do Território e Habitação, Thiago de Andrade, e do Meio Ambiente, André Lima; os secretários-adjuntos de Infraestrutura e Serviços Públicos, Maurício Canovas, da Segurança Pública e da Paz Social, coronel José Cláudio de Siqueira Carvalho, e de Desenvolvimento Econômico, Francisco de Assis; os administradores regionais de Santa Maria, Nery Moreira da Silva, e do Riacho Fundo II, Francisco Vicemá Medeiros; o deputado distrital e líder do governo na Câmara Legislativa, Julio Cesar (PRB); e o deputado federal Augusto Carvalho (SD).

Reivindicações
Depois da visita à marginal, o governador seguiu para a unidade do Instituto Federal de Brasília no Gama, onde alguns moradores citaram as principais demandas locais. Entre as reivindicações estão a recuperação de vias, o aumento de segurança e de opções de entretenimento na região e a regularização de alguns setores, como o Núcleo Rural Engenho das Lajes. Segundo Rollemberg, todos os pedidos serão encaminhados para as áreas responsáveis dentro do governo. "Nosso objetivo aqui era realmente ouvir a população e construir com vocês a solução para os problemas."

Rollemberg informou que já foi contratado o projeto para as obras do Cine Itapoã e que estão sendo feitos ajustes para aumentar o número de policiais nas ruas. De acordo com ele, uma equipe de engenharia do Departamento de Trânsito (Detran) está estudando as possibilidades de melhorias no local.

Além das autoridades que estavam na visita à DF-480, participaram do encontro no IFB o reitor da instituição, Wilson Conciani, e a diretora-presidente da Agência de Fiscalização do DF, Bruna Pinheiro.

 

Ministério Público apresenta 11 sugestões para o problema da Pediatria no DF

Na última quarta-feira, 20 de abril, o Comitê Distrital de Saúde reuniu-se para tratar do problema da Pediatria no Distrito Federal. Na ocasião, foi feita uma breve exposição pelo secretário de Saúde, Humberto Fonseca, sobre a distribuição dos pediatras na rede e sobre o fechamento de pronto-socorros de Pediatria na rede privada, o que, segundo ele, aumenta a demanda na rede pública de saúde. A Secretaria de Saúde (SES) alegou que a falta de pediatras no mercado de trabalho e a dificuldade em manter esses profissionais em áreas como Brazlândia e Planaltina impede o atendimento pleno da população infantojuvenil. Fonseca informou, ainda, que todos os candidatos do último concurso foram chamados e que a SES prepara um novo certame para essa especialidade.

Segundo exposto na reunião, a SES quer incluir um aditivo no contrato de gestão do Hospital José de Alencar (Hospital da Criança) para permitir a contratação de pediatras e ceder a carga horária desses profissionais à SES. Outra opção é credenciar instituições ou profissionais para que se contorne o problema com o reforço da força de trabalho. O encontro contou ainda com a presença do presidente do Comitê Distrital de Saúde, Hilmar Castelo Branco; dos promotores da Saúde Jairo Bisol e Marisa Isar; do coordenador da Pediatria da Secretaria de Saúde, Henrique Gomes; da presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM), Martha Borges; e de membros da Defensoria Pública do DF e da Procuradoria do DF.

Para a promotora de Justiça Marisa Isar, a sugestão parece reproduzir o modelo adotado no passado na UTI do Hospital de Santa Maria e que não foi exitoso, sendo inclusive declarado ilegal pelo Tribunal de Justiça. Atualmente, a UTI daquele Hospital é gerido por empresa que oferece mão de obra à SES e com frequência ameaça interromper os serviços prestados. “Esse é o problema das terceirizações: provocam o sucateamento da rede, ficando o Estado à mercê da falta de continuidade do serviço. Com a forma proposta, haverá quarteirização do serviço, por isso pretendo me reunir com os Ministérios Público do Trabalho (MPT) e Contas (MPC) para discutir a questão”. Por outro lado, se há crise de pediatras no mercado, haveria escassez também para que o Instituto do Câncer Infantil e Pediatria Especializada (ICIPE) e empresas credenciadas os contrate.

Sugestões à Secretaria de Saúde 

O Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) apresentou informalmente 11 sugestões para que a SES/DF amenize o problema, dentre eles o retorno dos pediatras da Secretaria que se encontram fora da área da assistência, cedidos a outros órgãos, na área administrativa, na Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs) e no Hospital da Criança. Esse, deveria contratá-los por sua conta e risco já que pelo contrato de gestão assinado com a SES/DF teria de fazer a gestão de pessoal. Outra orientação é o restabelecimento das horas extras para a Pediatria e o fim das 18 horas de jornada ininterrupta dos profissionais da Saúde, apontado pelo Tribunal de Contas do DF (TCDF) como forma de burlar a jornada de trabalho por estimular o exercício de apenas parte do plantão, com rodízio entre profissionais. A instituição pretende encaminhar o áudio da reunião ao Conselho de Saúde, que a despeito do pedido feito pelo Ministério Público ao Comitê, não participou do encontro.

Orientações do MPDFT:

1) Transferência da carga horária de todos os pediatras lotados na Fepecs para a área de assistência, sem restrições;
2) Transferência de todos os pediatras lotados na Administração Central para a área de assistência da SES;
3) Restabelecimento das horas extras exclusivamente para os pediatras lotados na área assistencial com controle sobre a produtividade e a adoção de mecanismos de fiscalização rígidos, conforme indicado pelo Ministério Público, TCDF e Secretaria de Transparência e Controle;
4) Revogação das cessões de todos os pediatras, sem exceção, que se encontram em outros órgãos;
5) Revogação das autorizações de mudança de especialidade;
6) Investimento na atenção básica com o levantamento e controle da jornada de trabalho de todas as equipes de saúde da família, como forma de desafogar a demanda dos hospitais investindo-se na prevenção e em cumprimento às recomendações do TCDF, para que se obtenha os melhores resultados na atenção básica;
7) Realização imediata de concurso público para a especialidade médica Saúde da Família e Pediatria, além das demais especialidades da área de saúde que compõe as equipes, concordando com o pedido da ação civil pública ajuizada pelo MPDFT para compelir o DF a realizar o concurso e nomear os aprovados em certame para agente comunitário de saúde;
8) Atuação do CRM visando a dar cumprimento à Resolução do CFM nº 1451/95 que determina que pronto-socorros mantenham a especialidade pediatria em seus atendimentos;
9) Revogação da portaria que autoriza a realização de 18 horas ininterruptas pelos servidores da SES/DF;
10) Adoção de controles rígidos de frequência nos moldes já recomendados pelo TCDF e pelo MPDFT;
11) Distribuição dos pediatras e dos demais profissionais na rede pública de saúde, de acordo com interesses da assistência e não dos profissionais.

Projeto Casas do Saber inaugura nova biblioteca no Gama

No inicio de abril, com o objetivo de homenagear um dos mais importantes sociólogos brasileiros, foi inaugurada no Engenho das Lajes, a biblioteca comunitária com o seu nome "Prof. Eugênio Giovenardi ", a 178ª biblioteca comunitária faz parte do Projeto Bibliotecas do Saber. O evento contou com a presença do professor Eugênio Giovenardi, administradora da cidade Maria Antônia, e os alunos juntamente com os professores que receberam com muito carinho o homenageado.  

O projeto Bibliotecas do Saber surgiu, em 2007, com o objetivo de levar a cultura impressa e digital às regiões mais carentes do Distrito Federal através da criação ou da reforma de apenas 20 Bibliotecas Públicas.

A equipe de voluntários que faz a campanha de arrecadação de livros através de doações nos postos Cascol, escolas parceiras e outros, utiliza todos os recursos possíveis para dar alto nível de qualidade às bibliotecas do programa.

 

Saiba mais sobre o projeto no site: www.bibliotecasdosaber.com.br

A pequena Pietra: Um coração precisa da nossa ajuda para continuar batendo!

Quem puder ajudar, o telefone da Patrícia, mãe da Pietra é 9670-5701

COLABORADORES DO BLOG DO EDSON SOMBRA - 20/04/2016 - 05:50:03

Há 01 ano e 02 meses nasceu a pequena Pietra. Ela nasceu com síndrome de Down e cardiopatia. 50% das pessoas com síndrome de Down nascem com cardiopatia. Se elas tiverem recursos financeiros são operadas em São Paulo ou na rede privada aqui do Distrito Federal. Se não tiverem dinheiro, como é o caso de Pietra entram na fila de regulação do INCOR, mas a fila é lenta e muitas crianças não resistem à espera e morrem antes de serem operadas. Pietra está resistindo a 01 ano e quase 02 meses, mas o valente coração já está cansado e bem inchado. ...

Se for operada, o que custa em torno de R$ 20.000,00 (vinte mil reais), provavelmente sobreviverá e poderá ter uma vida digna. A síndrome de Down não é um problema. As técnicas de estimulação garantem uma vida feliz e cada vez com mais autonomia. Mas, por causa da fragilidade do coração, a pequena moradora de Planaltina não está podendo nem ser estimulada.

No Brasil, vale repetir, crianças pobres com cardiopatias são sentenciadas à morte! O juiz que sentencia é a corrupção, os executores da sentença de morte são os corruptos que sucateiam o SUS. Que pátria cruel, em que a falta de recursos, ocasionada pela corrupção e pelos corruptos, é uma sentença de morte. A pequena Pietra precisa de ajuda.

XXII Caminhada da Paz Rotary Club do Gama

Caminhada pela paz mobiliza 2500 pessoas com o tema “harmonia, compreensão e tolerância entre os povos”.

Segundo coordenação do evento mais de 2500 pessoas participaram na manhã deste domingo (17), da 22ª Caminhada da Paz. A concentração foi na frente do Centro Olímpico Gama, no Setor Central, desde a 7h30 da manhã. A ação, que é resultado de uma parceria da Administração Regional do Gama e do governo de Brasília, é promovido pelo Rotary Club, Rotary Club Gama 12 de Outubro e a Casa da Amizade do Gama. O evento que está incluído no calendário oficial do Governo de Brasília, conforme a Lei 4.708/2011, e que este ano teve um percurso de dois quilômetros em ritmo leve.

Durante a caminhada, houve exibição do Clube do Omega e equipe de ciclismo, apresentação do grupo de Teatro do Detran, para conscientizar crianças sobre o trânsito, assim como manifestações contra o preconceito racial, contra a violência à mulher e à juventude.

No final da caminhada foram sorteadas cinco bicicletas, um participante ganhou e as outras quatros foram para estudantes das escolas públicas da cidade, que produziram os melhores trabalhos sobre a paz no mundo. As crianças participaram de brincadeiras.

Participação e apoio: Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Detran, Secretária de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Programa Viva Brasília - Nosso Pacto pela Vida), Secretária de Estado de Esporte, Turismo e Lazer, Administração Regional do Gama - RAII, Coordenação Regional de Ensino do Gama, Portal Gama Cidadão, Rádio 98 FM, Senac Gama, Corredores de Rua do Gama – CORGAMA, além de autoridades, integrantes de Projetos Sociais da cidade, escolas da rede pública de ensino de Brasília, Distrito 4530 Dra. Vera, administradora regional professora Maria Antônia, servidores da Administração Regional e o deputado Agaciel Maia, autor da Lei nº 4.708/2011.

Rotary - O Rotary Internacional foi fundado em 23 de fevereiro de 1905, congrega mais de I, 2 milhão de sócios distribuídos mundialmente por 190 países, cultivando a amizade e o voluntariado, com verdade e justiça, na busca da paz e compreensão mundial e da melhoria das condições de vida da humanidade e das mais de 28 mil comunidades em que se faz presente.

 

Galeria de fotos. Clique aqui!

Gama receberá Circuito de Feiras do Livro do DF

De 11 a 13 de abril, o Circuito de Feiras do Livro do Distrito Federal chega ao Gama. O evento será realizado e 9h às 21h na Biblioteca Pública do Gama. Clique e confira a programação.

Confira lista de autores confirmados:

Alexandre Pilati
André Giusti
Dinorá Cançado
Henrique Siqueira Silva
Laerte Silvino
Leo Cunha
Marco Augusto de Rezende
Marco Miranda
Roberto Klotz
Tino Freita

 

Clique e confira a programação.

 

 

Ao Mestre com Carinho: Portal Projetado pelo arq. Ariomar da Luz Nogueira

Por Rock Lane, arquiteto e urbanista

    O portal criado pelo arquiteto e urbanista candango Ariomar da Luz Nogueira, nos remete às antigas tradições arquitetônicas de se construir, especialmente na arquitetura oriental, um santuário, ou seja “jinja”, onde se tem um torii na entrada, aquele portal de madeira, na maioria das vezes, pintado de vermelho. Este tipo de construção assinala que a área dentro do portal é um espaço sagrado. Espaço de meditação e reverência entre o portal e o templo principal. 
    A presente intervenção deste grande arquiteto na paisagem não é voltada para as questões religiosas, mas busca reverenciar um espaço voltado para a convivência e o lazer saudável. Lembra a arquitetura gótica, onde a forma define a função, com as estruturas aparentes articulando o espaço arquitetônico, neste caso, o arco ogival projetado mais aberto, com pilastras e colunas compondo o conjunto, transformando pedra  em poesia (aqui pedra artificial como se pode definir o concreto);  é como se uma flor interplanetária brotasse pelo suave e instigante toque do artista; um toque de arte que transforma a matéria corrupta em puro êxtase para o espírito.

   Em  arquitetura, um portal, também chamado de pórtico, portela portador, é a entrada principal (ou conjunto de entradas principais) de uma igreja, catedral ou grande edifício. Geralmente, se apresenta de forma ornamentada ¹.  As portas surgiram dos antigos portais, na Grécia antiga².

Referências

  1.  FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 369.
    1.  Ching, Francis (1997). A Visual Dictionary of Architecture (New York: Van Nostrand Reinhold).

 

 

Leia mais: Arquiteto e urbanista Ariomar da Luz Nogueira é homenageado em vida

Arquiteto e urbanista Ariomar da Luz Nogueira é homenageado em vida

A Nova Acrópole Gama reconhece sua importância histórica e artística

Por Juan Ricthelly Vieira da Silva 

O Gama é um celeiro de artistas das mais variadas linguagens, contando com filósofos, atores, músicos, poetas, cineastas, artistas plásticos, pintores e etc.

A cidade é repleta de intervenções urbanas, a começar em sua principal via de acesso, o Balão do Gama, popularmente conhecido como Balão do Periquito, nome este que foi adquirido em razão da escultura do arquiteto, poeta e artista plástico Ariomar Nogueira, que fez uma homenagem ao time de futebol local, quando este chegou à elite do futebol brasileiro.

Há também um enorme coração no Parque Urbano Vivencial do Setor Norte do Gama, fazendo justiça ao dito popular gamense 'Quem ama mora no Gama!'

Nesse espírito artístico tão próprio dessa cidade, a Nova Acrópole Gama, escola de filosofia à maneira clássica, localizada na Quadra 23 do Setor Leste (Antigo Setor Bancário), que possui uma biblioteca pública com acervo de mais de 1.900 livros, uma livraria especializada em autores de filosofia e oferece palestras gratuitas, em seu Dia da Arte, decidiu homenagear o arquiteto Ariomar Nogueira, se propondo revitalizar a enigmática escultura 'Os Namorados' e que se encontra no balão da Quadra 23\24.

A escultura é de 1996 e fazia parte de um conjunto com outras três esculturas inominadas, lamentavelmente uma líder religiosa destruiu duas delas, restantes apenas duas das quatro obras originais.

O simbolismo presente nas obras, mesmo no estado em que se encontram, é de uma riqueza inegável, pois dão a ideia de harmonia nas forças masculinas e femininas presentes na natureza, forças essas capazes de gerar vidas.

Os trabalhos de revitalização das duas esculturas restantes se iniciaram no dia 03 de Abril (Domingo), e terão continuidade nos próximos fins de semana.

A Nova Acrópole Gama convida a todos os interessados a se unirem aos seus voluntários na conclusão da revitalização e lançará uma campanha para a escolha do nome da outra escultura.

 

Galeria de fotos. Clique aqui!

Leia mais: Gamenses tem uma dívida de gratidão com o arquiteto Ariomar Nogueira

Portal Gama Cidadão