Sex09042015

Last updateSex, 04 Set 2015 1am

Portuguese Arabic English French German Japanese Spanish

Casa do Menino Jesus recebe doações arrecadas pelo 1º Pedalada pela vida do 9°BPM

DOAÇÕES DE ALIMENTOS

Na manhã do dia 02(dois) de setembro o comando do 9°BPM do Gama realizou a entrega de cestas básicas em um total de mais ou menos 200 kg de alimentos arrecadados no 1º PEDALADA PELA VIDA, na INSTITUIÇÃO "CASA DO MENINO JESUS", instituição que atende crianças com câncer oriundas de outros estados e que fazem tratamento em Brasília, a casa funciona como apoio e recebe em sistema de rotatividade crianças com seus respectivos acompanhantes fornecendo alimentação, hospedagem e transporte para os hospitais enquanto durar o tratamento, e contam exclusivamente com doações para manter esse trabalho, convivendo quase sempre com escassez, o comandante Sr. Cel. Moreno conheceu as instalações da unidade e também da creche que hoje cuida de 180 crianças na faixa etária de 2 e 3 anos, acompanhado da irmã Aurimar momento em que teve um contato direto com as crianças.

Galeria de fotos. Clique aqui!

Informou Posto Comunitário De Segurança Pcs pelo FACEBOOK

Atenção básica: DF recebe 103 computadores para instalar prontuário eletrônico

Ação do Ministério da Saúde para informatizar o atendimento beneficia 23 unidades básicas de saúde do Distrito Federal. No país, serão 25 mil computadores para cinco mil serviços, atingindo 15,1 milhões de pessoas

O Ministério da Saúde entregou 103 computadores para 23 Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Distrito Federal. A medida beneficia mais de 384 mil pessoas atendidas por essas unidades, distribuídas em todo o DF. O equipamento reunirá, por meio do prontuário eletrônico, todas as informações de acolhimento do paciente nas diferentes áreas, como pediatria e ginecologia, possibilitando que o profissional de saúde possa ter acesso de forma mais rápida e organizada às informações, o que dará maior agilidade no atendimento.

Atualmente, grande parte das UBS contempladas registra o histórico do paciente de forma manual, em papel... A utilização de sistema eletrônico amplia o acesso e a qualidade da assistência prestada à população, tornando o atendimento mais eficiente. Os computadores entregues já trazem a nova versão do prontuário eletrônico para a atenção básica, que foi disponibilizado pela pasta a partir do último mês de julho. Todos os municípios do país e as 40,7 mil Unidades Básicas de Saúde existentes podem acessar gratuitamente a versão 2.0 do software (e-SUS AB), que traz novas funcionalidades. O Ministério da Saúde investiu R$ 91,2 milhões na aquisição de 25 mil computadores que foram distribuídos em cerca de 5 mil UBS de todo o país.

Para o ministro da Saúde, Arthur Chioro, é importante que os municípios mantenham a versão do e-SUS AB atualizada. “Nossa prioridade é tornar cada vez melhor o acompanhamento dos pacientes atendidos no Sistema Único de Saúde, reunindo em um único sistema todo o histórico de atendimento de cada cidadão. Isso representa agilidade e organização tanto para o usuário dos serviços públicos de saúde quanto para os profissionais de saúde. Sabemos que com saúde todo ganho de tempo é importante. A medida também vai ajudar ainda mais no fluxo de transmissão das informações entre município e Ministério da Saúde”, destaca o ministro.

A estratégia integra o Projeto de Formação e Melhoria da Qualidade de Rede de Atenção à Saúde (QualiSUS-Rede), que envolve os 17 estados priorizados na distribuição dos computadores em projetos para o desenvolvimento de iniciativas de inovação e qualidade da gestão do SUS e do cuidado ao usuário. Todos os 486 municípios beneficiados aderiram à iniciativa. A nível nacional, foram também distribuídas 5.088 impressoras térmicas capazes de imprimir o Cartão Nacional do SUS na hora, agilizando o atendimento do paciente. O DF recebeu 132 impressoras. A modernização dos processos também representa ganho para os profissionais de saúde na hora da coleta e consolidação das informações pelo sistema.

A plataforma 2.0 foi desenvolvida a partir de convênio entre o Ministério da Saúde e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O software é capaz de organizar a gestão do funcionamento das unidades básicas, além de permitir que todo o histórico do paciente fique reunido no prontuário eletrônico sem necessidade de papel. Dos 25 mil computadores, 4,9 mil são servidores, ou seja, conseguem armazenar os dados colhidos em todos os computadores da unidade de saúde.

NOVAS FUNCIONALIDADES - Com a nova versão, os profissionais de saúde passam a ter acesso a novos módulos de acompanhamento ao paciente, como o campo de pré-natal, onde são adicionadas informações importantes sobre a mulher nesta condição em um cartão digital dentro do prontuário eletrônico. São informações que podem ser acompanhadas por profissionais que realizam esse procedimento. No módulo de saúde bucal, os cirurgiões dentistas poderão interagir com um odontograma eletrônico, onde são feitos registros da situação de cada dente do paciente garantindo a continuidade do cuidado em saúde bucal a cada atendimento. Antes da versão 2.0 do prontuário eletrônico esse acompanhamento era feito manualmente.

Os gestores municipais também poderão acompanhar a demanda de trabalhadores e gestores das unidades de saúde pelo prontuário eletrônico 2.0 porque nele estará registrada a produção de cada profissional da equipe. Além disso, a nova versão vem com um aplicativo para tabletes na plataforma Android que poderá ser utilizado pelos Agentes Comunitários de Saúde nas atividades de cadastramento de indivíduos, domicílios, além do registro das visitas domiciliares.

SISAB - O Ministério da Saúde vem adotando medidas para estruturar o Sistema de Informação da Atenção Básica em nível nacional com o objetivo de informatizar o processo de trabalho e qualificar a informação. Por isso, até janeiro de 2016, todas as mais de 40,7 mil Unidades Básicas de Saúde (UBS) do país deverão encaminhar informações de procedimentos das unidades pelo Sistema de Informação em Saúde para Atenção Básica (SISAB). O objetivo do Ministério é integrar os diversos sistemas de informação oficiais existentes, reduzindo a necessidade de registrar informações similares em mais de um instrumento (fichas/sistemas).

Informou Ministério da Saúde - 02/09/2015

Brasília receberá “Feira de Mestrados Internacionais”

Feira de Mestrados auxilia aqueles que querem estudar fora e melhorar as chances de uma carreira internacional

No dia 10 de setembro, quinta-feira, A QS World Grad School, uma das maiores feiras de mestrados internacionais do mundo, traz representantes de ótimas universidades estrangeiras e instituições provedores de bolsas de estudo a Brasília. O evento será no Centro de Convenções Brasil 21, das 14h30 às 20h. O acesso é gratuito mediante inscrições neste link: https://www.topuniversities.com/events/qs-world-grad-school-tour/latin-america/brasilia/register

Em um momento em que as corporações valorizam cada vez mais um profissional globalizado, o mestrado fora do Brasil é definitivamente um investimento bem aplicado. Isso porque, além de estudar em uma das melhores universidades do mundo, a pós-graduação fora permite que os profissionais se especializem em uma área em que desejam seguir carreira, expandindo seus horizontes pessoais e profissionais em um âmbito internacional.

É para estas pessoas interessadas em adquirir um conhecimento fora do país que a QS World Grad School, uma das mais importantes feiras de mestrados internacionais do mundo, é destinado. O evento estará visitando Brasília no dia10 de setembro, trazendo universidades de qualidade para promoverem seus cursos no distrito federal.

Durante a feira, será possível conversar com os diretores de admissão de diversas universidades internacionais, o que facilita o esclarecimento de dúvidas e a decisão por um curso que é o mais adequado para as necessidades dos interessados.

A QS World Grad School Tour é organizada pela QS, uma empresa líder no segmento educacional, e visita mais de 35 países por anopassando por mais de 65 cidades do mundo e reunindo as melhores universidade internacionais.

Na QS World Grad Tour, a primeira hora do evento é dedicada a palestras informativas sobre o processo de admissão de uma universidade internacional, os testes necessários para a admissão (como o TOEFL e IELTS) e uma curta apresentação de cada universidade.

Em um segundo momento, os participantes do evento podem conversar pessoalmente com cada uma das escolas e receber informações relativas aos cursos e processo de admissão.

Além disso, podem receber auxílio da equipe da QS para planejar sua carreira internacional, obter ajuda para se inscrever a uma universidade estrangeira e saber como é a candidatura a uma bolsas de estudos. Inclusive, a própria organização tem um fundo de bolsas de estudos no valor de $1,7 milhões que é atribuída por mérito àqueles que participam das feiras, uma das vantagens em participar do evento.

Algumas das universidades que participarão deste evento são:

- British Council e as Bolsas de Estudo Chevening

- Florida Gulf Coast University (Estados Unidos)

- George Washington University (Estados Unidos)

- Georgia State University – J. Mack Robinson School of Business (Estados Unidos)

- UCFB Wembley (Reino Unido)

- Salford Business School – Salford University

- Warwick Business School

- IE Business School (Espanha)

- Universitat Autonoma de Barcelona (Espanha)

- Hult Internacional

- ESCP Europe Business School

Sobre a QS:

Formada em 1990, a QS Quacquarelli Symonds é lider global em informações, pesquisas independentes e soluções em educação superior e carreiras. As atividades da empresa estão espalhadas por 50 países e englobam parcerias com 2,000 universidades internacionais e escolas de negócios. Organizando mais de 280 eventos por ano, a QS tem como objetivo capacitar pessoas motivadas ao redor do mundo no desenvolvimento de seu potencial através da mobilidade internacional, conquistas acadêmicas e progresso profissional. A empresa é famosa por suas publicações com insights valiosíssimos sobre educação superior, com destaque para o Ranking QS Mundial de Universidades, o Ranking QS de Universidades Latino-Americanas e o Ranking QS Mundial de Universidades por Área do Conhecimento.

Serviço:
QS World Grad School Tour em Brasília
Feira de Mestrado Internacional em Brasília
Quando10/09, quinta-feira, das 14h30 às 20h
Onde: Centro de Eventos e Convenções Brasil 21
Endereço: SHS Quadra 06, Lote 01, Conjunto A, Setor Hoteleiro Sul
Para saber mais sobre o evento, clique em Brasília
Ingressos: Entrada gratuita, mediante inscrição no link: https://www.topuniversities.com/events/qs-world-grad-school-tour/latin-america/brasilia/register

Informou Eldo Gomes / O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Desocupação da orla do Paranoá: Uma conquista histórica

O que significa o início da desocupação da orla do Lago Paranoá?

Existe muito simbolismo nisso. Em primeiro lugar, existe a disposição para cumprir o que a Justiça determinou...  pode-se argumentar que não é mais do que obrigação, mas sabemos que não é bem assim; quando uma parte não quer, há sempre atitudes protelatórias, sejam judiciais, sejam burocráticas, sejam políticas. Em segundo lugar, significa um atentado a um conceito já enraizado, segundo o qual os tratores do governo, que derrubam com a maior tranquilidade os barracos dos pobres, passam ao largo das invasões de rico. Sabemos todos que o “sabe com quem está falando?” sempre prevaleceu. Estaremos vivendo o início de um novo tempo? Veremos.

Faltava um sinal claro de que o governo Rollemberg seria de fato diferente, como prometeu em campanha. Uma nova política, feita pela geração Brasília, sem os vícios e ranços que envergonham os brasilienses há tempos. A operação na orla é um indício importante de uma mudança de olhar e de postura em relação ao status quo das políticas públicas do DF. Menos conivência com o conceito de que “tudo pode desde que se tenha grana e poder” fará um enorme bem a Brasília. E certamente dará uma cara mais definida à gestão do PSB. 

Há poucos meses, escrevi, aqui neste espaço, que compartilhava com a população de certo ceticismo em relação à desobstrução das margens do Paranoá. Foi quando o GDF conseguiu desocupar parte da invasão Sol Nascente. Depois, quando partiu para Vicente Pires, novamente se viu às voltas com a desconfiança coletiva de que a ofensiva contra os invasores não chegaria aos ricos terrenos dos lagos Sul e Norte. Mas chegou. E isso é muito importante. 

Brasília sempre conviveu com a certeza desconcertante de que os ricos e poderosos podem tudo. Muitos justificaram a área invadida como uma medida de proteção ou pela omissão do Estado em cuidar da área. Nada justifica, na verdade. Agora, é preciso levar adiante e voltar às casas protegidas pelo governo federal, por se tratarem de residências oficiais ou que abrigam embaixadas. Esperemos o acordo com a União, que está por vir. Mas o governador precisa levar a cabo o plano de desocupação e deixar para Brasília uma herança de legalidade em relação às terras públicas. 

Proteger o lago é, antes de tudo, uma questão ambiental, que pode garantir o abastecimento de água para a população no futuro. Trata-se de uma medida cautelar em benefício da qualidade de vida. Brasília só é Brasília por causa do conjunto de coisas que a fizeram tão especial: a arquitetura singular, o título de patrimônio, a coragem dos pioneiros, o verde e o horizonte monumentais. Civilidade, que inclui respeito às leis e às terras públicas, fará um imenso bem à capital.

Por Ana Dubeux, Correio Braziliense - 30/08/2015 - 13:03:10

Narguilê: Campanha alerta para malefícios provocados

No Dia Nacional de Combate ao Fumo, especialista alerta que a exposição é a mesma que a componentes tóxicos presentes na fumaça de uma centena de cigarros

No Dia Nacional de Combate ao Fumo, lembrado neste sábado (29), governo e entidades da sociedade civil alertam para os malefícios provocados pelo uso do narguilé, uma espécie de cachimbo comumente usado em países orientais. O slogan da campanha promovida este ano pelo Ministério da Saúde é “Parece inofensivo, mas fumar narguilé é como fumar 100 cigarros”.

De acordo com a psicóloga e consultora técnica de Prevenção e Promoção da Saúde da Fundação do Câncer, Cristina Perez, uma sessão de narguilé dura, em média, de 60 a 80 minutos e, durante esse período, a pessoa fica exposta aos mesmos componentes tóxicos presentes na fumaça de uma centena de cigarros – inclusive o tabaco e a nicotina.

Os riscos são os mesmos associados ao fumo e incluem as doenças cardiovasculares, respiratórias e alguns tipos de câncer, segundo Cristina. Há ainda, no caso específico da narguilé, o agravante da socialização, já que a proposta é que o mesmo cachimbo seja utilizado por um grupo de pessoas. O uso coletivo aumenta a exposição a doenças como herpes, hepatite C e tuberculose.

“Algumas pessoas acreditam que porque o narguilé contem água, não faz mal. Mas, na verdade, ele também contém fumo do tabaco e causa os mesmos malefícios”, disse a especialista. “A indústria do tabaco sabe que as pessoas entendem que o cigarro faz mal, causa doenças e provoca mortes e tenta diversificar suas vendas para manter o mercado. As alternativas são, por exemplo, o narguilé e o cigarro eletrônico, mas ambos usam tabaco, contêm nicotina e causam dependência”.

Dados da Pesquisa Especial de Tabagismo, promovida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com o Instituto Nacional de Câncer (Inca) em 2008 indicam que havia 300 mil consumidores de narguilé no Brasil naquela época.

Já a pesquisa Perfil do Tabagismo entre Estudantes Universitários no Brasil, do Ministério da Saúde, também destacou a alta proporção de usuários de narguilé entre estudantes universitários de alguns cursos selecionados da área da saúde no ano de 2011. Em Brasília e São Paulo, dos estudantes que declararam consumir com frequência algum outro tipo de produto derivado do tabaco, 60% e 80%, respectivamente, fizeram uso do narguilé.

De acordo com o Inca, cerca de 200 mil pessoas morrem todos os anos no país em decorrência de doenças provocadas pelo fumo. O câncer de pulmão é um dos maiores indicadores do impacto do tabagismo sobre a saúde, já que 90% dos casos são registrados entre fumantes ou ex-fumantes. No Brasil, este é o tipo de câncer que mais mata homens e o segundo que mais mata mulheres.

Fonte: Correio Braziliense - 30/08/2015 - 09:04:51

9º Batalhão de Polícia Militar realiza “1ª Pedalada pela Vida”

Por Geovani Carvalho

Com largada no 9º Batalhão de Polícia Militar, localizado no Gama, ocorreu na manhã de hoje (23), a “1ª Pedalada Pela Vida”. O evento reuniu cerca de trezentos e trinta inscritos e percorreu 12 quilômetros pela cidade do Gama.

Antes da largada, ocorrida as 8h30 da manhã, todos os participantes fizeram aquecimento e se alongaram ao som de música ao vivo. O objetivo da pedalada foi envolver a comunidade do Gama no esporte e trazer qualidade de vida.

Antes da pedalada, foi lembrado aos participantes que a pedalada não era uma competição, portanto ninguém iria chegar na frente, sendo o ciclista responsável pelo companheiro ao lado, simbolizando a afirmação onde se diz que ciclismo é solidariedade. Um caminhão de som era o limitador do passeio a frente e uma viatura da Polícia Militar, o limitador ao final do grupo. O passeio transcorreu sempre em vias de duas faixas, sendo uma destinada aos ciclistas e a outra ao trânsito normal. Batedores do 9ª Batalhão garantiram a segurança do evento. No fim, houve o sorteio de uma bicicleta e de um smartphone. A premiação foi entregue pelo comandante do Batalhão, tenente-coronel Moreno.


Confira mais fotos do evento:

Fonte: Polícia Militar do Distrito Federal -  26-08-15 08:16

Sara Nossa Terra pode receber título de utilidade pública

Tramita na Câmara Legislativa uma indicação, proposta pelo deputado Rodrigo Delmasso (PTN), que pede ao chefe do Executivo local o reconhecimento da Fundação Sara Nossa Terra como utilidade pública. As entidades detentoras de tal denominação devem, por lei, estar “em efetivo funcionamento” e servir “desinteressadamente à coletividade”.

O parlamentar justifica que “a Fundação Sara Nossa Terra é uma entidade civil, concessionária do serviço de radiodifusão, sem fins lucrativos, de duração indeterminada, com sede, foro e estabelecimento principal em Brasília”. A matéria deve ser votada nesta quarta-feira (26/8), na Comissão de Assuntos Fundiários.

Blog do Correio Braziliense - 25/08/2015 - 14:16

Para não ficar longe do time, torcida do Gama faz vaquinha para assistir via telão

Punido com a perda de um mando de campo depois da briga envolvendo torcedores organizados do Gama e do Brasiliense, o Alviverde mandará esta partida no Estádio Bezerrão, com portões fechados

A torcida do Gama tem acompanhado o time por onde ele vai neste reencontro com o Campeonato Brasileiro. Apesar de apenas a Série D, os amantes do alviverde já pegaram a estrada rumo a Catalão (GO), Nova Lima (MG), Duque de Caxias (RJ). Neste sábado, às 16h, diante do Crac-GO, o trajeto será bem mais familiar, mas nem por isso estará livre dos percalços. 

Punido com a perda de um mando de campo depois da briga envolvendo torcedores organizados do Gama e do Brasiliense (que foram torcer pelo Botafogo-SP), na estreia na Série D, o Alviverde mandará esta partida no Estádio Bezerrão, com portões fechados. 

Para não ficar longe do time pela primeira vez na competição, a torcida gamense usou a criatividade. Desde ontem os fãs do time candango fazem uma vaquinha para viabilizar uma transmissão ao vivo via telão fora do estádio. 

Para o projeto dar certo, a torcida precisa levantar R$ 3.800 até a manhã de sábado. “Nós viajamos para todos os jogos e só vimos esse jeito para acompanhar o time. Disponibilizei minha conta e a do meu pai para quem quiser ajudar”, conta a torcedora Daliane Soares Oliveira, de 26 anos.

A campanha de arrecadação de dinheiro ganhou notoriedade rapidamente. Até as 19h30 de ontem, ela e os demais torcedores que organizam a vaquinha já haviam arrecadado R$ 2.300.

Além de sensibilizar algumas empresas locais e o próprio presidente do Gama, Antônio Alves, o Tonhão, a jornada para levantar o dinheiro tem sido um sucesso entre os torcedores.

O duelo contra o Crac-GO é de extrema importância, já que o Gama pode assumir a liderança do Grupo 6 da competição. Atualmente, soma 11 pontos, dois a menos que o time goiano, que tem um jogo a menos.


Saiba mais

 Quem quiser contribuir ou participar do projeto deve comparecer na loja oficial do clube no Gama Shopping ou depositar a quantia mínima de R$ 10 nas contas abaixo. 

Banco do Brasil

Agência: 1239-4

Conta Corrente: 169287-9

Caixa Econômica Federal

Agência: 0655

Conta Poupança: 69439-1

Operação: 013

Daliane Soares Oliveira

Os organizadores prometem divulgar o balancete do que foi arrecadado e a nota do serviço prestado.

Fonte: Jornal de Brasília -  28/08/2015 às 09:07:17

Festa do Morango começa amanhã e conta com o apoio do BRB

Diversas atividades e atrações musicais estão previstas para os sete dias do evento. Expectativa de público é de cerca de 300 mil pessoas

(Brasília, 27/8/2015) – A Festa do Morango de Brasília, organizada pela Associação Rural e Cultural Alexandre de Gusmão (ARCAG), será realizada em dois fins de semana, de 28 a 30 de agosto e de 4 a 7 de setembro. O evento, na sede da Associação, tem expectativa de público de cerca de 300 mil pessoas.

O objetivo da festa é divulgar e comercializar os produtos originários da cultura do morango, cultivado por comunidades rurais, grupo de mulheres, assentados da reforma agrária e agricultores familiares. O presidente da ARCAG, Takao Akaoka, destaca que o pico da safra do morango tem início agora e estende-se até meados de setembro. “Por isso, os visitantes encontrarão frutas frescas, colhidas na região, duráveis e com preço acessível”, afirmou.

O superintendente de Marketing do BRB, Carlos James Abbehusen Neto, lembra que esta é a sexta vez que o BRB apoia o evento, contudo, destaca que este ano o banco aumentou sua participação na festa em relação a 2014. “Este é um evento completo, que envolve negócio e entretenimento. Além de tratar sobre aspectos do cultivo e da produção de derivados do morango, a festa também oferece shows, exposição de artesanato, teatro, dança, palestras, debates e oficinas. E o BRB, como apoiador do evento, também atua nessas duas frentes: na área de negócios, coloca-se à disposição dos produtores, oferecendo consultoria financeira e disponibilizando linhas de crédito; e no setor de entretenimento, reforça seu compromisso em apoiar eventos e atividades culturais da cidade”, finalizou Carlos James.

Dentre as atrações da festa, estão as bandas Chiclete com Banana e Raça Negra e a dupla João Neto & Frederico. A programação completa pode ser acessada no site www.festadomorangodf.com.br.

Serviço
Festa do Morango
Data: de 28 a 30 de agosto e de 04 a 09 de setembro
Horário: início às 10h
Local: Núcleo Rural Alexandre Gusmão, Núcleo 06 – DF 180 – Km 27 – AE – Brazlândia
Entrada gratuita até as 18h. A partir desse horário, é cobrado o valor de R$ 10.
Para acesso à arena de shows, são cobrados R$ 20

Assessoria de Comunicação Social do Banco BRB

Governador Rodrigo Rollemberg aceita Jesus Cristo na Conferência Nova Geração 2015

O governador fez a oração de aceitação a Jesus neste fim de semana, durante a Conferência Nova Geração 2015. Na imagem que circula em grupos de mensagem instantânea, Rollemberg ora ao lado da presidente da Câmara Legislativa, deputada Celina Leão (PDT), e do pastor Alessandro Paiva, da Igreja Internacional Reconciliação.

Confira!

Blog ONS e OFFs

 

 

36ª Campanha Nacional contra a Poliomielite

No Distrito Federal: 142,8 mil crianças ainda devem ser vacinadas contra a pólio

O Brasil é referência mundial em vacinação

Até o dia 31 de agosto, 142,8 mil de crianças ainda precisam ser vacinadas contra a paralisia infantil no Distrito Federal... Balanço do Ministério da Saúde, divulgado nesta terça-feira (25), indica que no Distrito Federal, 40,9 mil crianças já receberam a gotinha desde o início da 36ª Campanha Nacional contra a Poliomielite, no dia 15 de agosto. No estado, a meta é vacinar mais de 183,7 mil crianças.

No Brasil, a expectativa é vacinar, pelo menos, 12 milhões de crianças de seis meses a cinco anos incompletos, o que representa 95% nesta faixa-etária. O público total é de 12,7 milhões. Vale destacar que todas as crianças nesta faixa-etária devem ser imunizadas, mesmo que já tenham completado o esquema vacinal contra a pólio. Neste caso, a dose servirá como reforço na proteção.

É importante lembrar que a campanha deste ano não será prorrogada, portanto é essencial que pais e responsáveis compareçam com as crianças nos postos de vacinação até a próxima segunda-feira (31). O objetivo da campanha, realizada pelo Ministério da Saúde em parceria com estados e municípios, é manter o país livre da pólio, uma vez que o último caso da doença foi registrado em 1989. Em 1994, o Brasil recebeu da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) a Certificação de Área Livre de Circulação do Poliovírus Selvagem. Entretanto, como alguns países da África e Ásia ainda apresentam casos da doença.

“É fundamental que pais e responsáveis levem as crianças para receber a vacina até o dia 31 de agosto, para mantermos a pólio erradicada no Brasil. Até mesmo aquele pai que perdeu a caderneta, e não se lembra quando foi a última dose, deve ir a um posto de vacinação. Como a campanha serve como reforço da vacinação, todas as crianças devem ser levadas às unidades de saúde para continuarem protegidas da paralisia infantil”, orienta o secretário de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, Antônio Carlos Nardi.

ATUALIZAÇÃO - Outras doenças, como sarampo e caxumba, também podem ser evitadas por meio da vacinação ainda na infância. Para isso, este ano o Ministério da Saúde realiza, juntamente com a campanha contra a pólio, mobilização para atualizar a caderneta infantil. A orientação é que pais e responsáveis, quando levarem as crianças para receber a gotinha contra a paralisia, apresentem a caderneta infantil ao profissional de saúde, que irá avaliar a necessidade da administração de outras vacinas. Assim, doses que estiverem em atraso, poderão ser aplicadas na hora ou agendadas para outra data, mantendo o esquema vacinal da criança atualizado. Durante a campanha, serão disponibilizadas vacinas contra tuberculose, rotavírus, sarampo, rubéola, coqueluche, caxumba, varicela, meningites, febre amarela, hepatites, difteria e tétano, entre outras.

As crianças que ainda não iniciaram o esquema vacinal contra a poliomielite não receberão a gotinha, mas sim a dose injetável, que é aplicada aos dois e quatro meses de idade do bebê. A vacina de oral só é administrada depois que a criança já recebeu as duas doses injetáveis. Vale ressaltar que vacina injetável fica disponível durante todo o ano nos postos de vacinação, pois faz parte do calendário Nacional do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

A vacina contra a paralisia infantil é a única forma de prevenção contra a doença, que não possui tratamento. A dose ofertada pelo PNI é segura e tem eficácia entre 90% e 95%. Não há contraindicações para o uso da VIP ou da VOP. Crianças com sintomas como tosse, coriza, rinite ou diarreia podem receber a vacina normalmente. Já crianças com infecções agudas, febre acima de 38ºC ou hipersensibilidade a algum componente da vacina devem ser avaliadas por um médico, que irá avaliar se a dose pode ser aplicada na hora ou se deve ser agendada.

POLIOMIELITE - A poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave. Na maioria dos casos, a criança não vai a óbito quando infectada, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia irreversível, principalmente nos membros inferiores. A doença é causada pelo poliovírus e a infecção se dá, principalmente, por via oral.

O Brasil é referência mundial em vacinação e o Sistema Único de Saúde (SUS) garante à população brasileira acesso gratuito a todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Atualmente, são disponibilizadas pela rede pública de saúde, de todo o país, 17 vacinas que integram o Calendário Nacional e combatem mais de 20 doenças, em diversas faixas etárias.

Fonte: Ministério da Saúde - 26/08/2015 - - 00:40:35

Defensoria cobra do GDF acessibilidade para deficientes na rodoviária do Gama

Governo tem até 18 de setembro para apresentar esclarecimentos

Em conjunto com a Promotoria de Justiça da Pessoa com Deficiência (PROPED) e o Ministério Público de Contas do DF (MPC-DF), a Defensoria Pública do DF recomendou ao Governo do Distrito Federal (GDF), na última terça-feira (18/08), que readeque a estrutura da rodoviária do Gama (DF) para tornar o local acessível às pessoas com deficiência. O governo tem agora um prazo 30 dias para se posicionar sobre as recomendações.

O documento foi elaborado a partir de vistoria feita por técnicos do Ministério Público do DF, depois que o Núcleo da Defensoria Pública no Gama recebeu reclamações da Associação de Deficientes do Gama e Entorno. No local, os profissionais identificaram a falta de rampas de acesso para cadeirantes, piso tátil para deficientes visuais e de banheiros adaptados.

Para o defensor público do Núcleo da Defensoria na cidade, Wemer Hesbom, em nada adianta o estado fornecer às pessoas com dificuldade de locomoção acesso a direitos, como hospitais e escolas, sem assegurar a eles meios adequados de transporte. “Sem calçadas, ciclovias, vias públicas e sistema de transporte coletivo, de nada adiantará construir hospitais, escolas ou centros comerciais e de lazer para todos, se cada cidadão não tiver à sua disposição meios de se locomover”, comentou.

Caso as recomendações não sejam cumpridas, o governo poderá ser obrigado pela Justiça a seguir as normas de acessibilidade.

Interdição da Avenida JK

No mês passado, uma decisão do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), que acolheu representação do Ministério Público, decorrente de denúncia apresentada pela Defensoria Pública do DF, paralisou as obras de duplicação da Avenida JK, no Gama (DF), após constatar irregularidades que dificultariam a acessibilidade de deficientes no local. Na época, o Núcleo da Defensoria Pública no Gama constatou irregularidades que iam desde a não instalação de piso tátil para deficientes visuais até a falta de espaço nos recuos das paradas de ônibus. As obras de duplicação da pista seguem paralisadas até hoje, aguardando perícia pelo Tribunal de Contas do DF.

Tainan Pimentel

da Assessoria de Comunicação 

 

Fonte: Defensoria Pública no DF - 21/08/2015

Salão Cartum na China premia cartunista gamense

O salão de humor “Confúcio e a China aos olhos dos cartunistas estrangeiros” - competição internacional 2015, concedeu ao arquiteto e cartunista do Gama, Rock Lane, a premiação máxima no evento realizado na China no último dia 15 de agosto. 


O cartum representa a rota da seda, quando os chineses, nos primeiros séculos de nossa era, conquistam a Europa. 


Jurados do “Confúcio e a China aos olhos dos cartunistas estrangeiros” - competição internacional 2015



Turista fotografa cartum vencedor durante abertura do Salão de humor 


O cartunista gamense Rock Lane na Feira do Livro de Brasília 

Da Redação do Gama Cidadão 

 

 

Portal Gama Cidadão