EducaçãoNotícias

Quer saber como escolher o melhor estágio? Confira aqui algumas dicas

Em 2016, apenas 260 mil alunos do ensino técnico e médio estagiaram

Um estágio é o passaporte para a vida profissional e, segundo a Associação Brasileira de Estágio (ABRES), em 2016, dos 9 milhões de alunos de ensino técnico e médio aptos para esta experiência, apenas 260 mil estagiaram. A diferença se repetiu no ensino superior: dos 8 milhões de estudantes aptos a estagiar, só 740 mil foram contratados. A ABRES também relevou que a média geral paga a um estagiário brasileiro é de R$965,63.

Segundo Fernanda Moreira Pinto, gerente da Regional Sul do IEL – BA, o primeiro passo para um estudante ir em busca do seu primeiro estágio é a elaboração do Planejamento de Carreira, no qual ele poderá definir objetivos claros que pretende alcançar em sua trajetória profissional. “Quando estiver no estágio, o estudante deve ser assertivo para ter um melhor desempenho, aumentando assim suas chances de sucesso”, aconselhou a gerente do IEL-BA.

Fernanda informou que o número de oportunidades de estágio tem crescido porque as empresas tem visto a contratação de jovens como uma oportunidade de formar futuros profissionais para atuarem nas organizações. Ela também citou competências técnicas e comportamentais que os estudantes precisam ter para conseguir um estágio. “Como item obrigatório é preciso estar cursando ensino médio, técnico ou superior. Entre as competências comportamentais, dentre outros aspectos, destacam-se compromisso, iniciativa, dinamismo e o desejo de superação”.

Ainda tem dúvidas de como escolher o melhor estágio? Saiba que retorno financeiro não é uma prioridade, você deve focar no valor da experiência para sua formação. Os seus objetivos pessoais e profissionais também devem ter peso no momento dessa decisão. E por último, não importa se vai estagiar em uma grande e consolidada empresa ou em uma pequena startup, o importante é aliar a experiência com as particularidades do seu curso e das suas aspirações profissionais.

Fonte: Bárbara Maria – Ascom Educa Mais Brasil

Tags

Artigos relacionados

Fechar
%d blogueiros gostam disto: