EducaçãoEspaço CulturalNotícias

Teatro para além da profissão

No Dia Nacional do Teatro, ator baiano fala sobre seu amor pela arte

No palco ou na rua, o Teatro re-cria mundos e desperta inúmeras sensações. Faz rir ou chorar, conscientiza e melhora o bem-estar tanto dos atores, como de quem está na plateia. No Brasil, celebramos no 19 de setembro o Dia Nacional do Teatro, manifestação artística que chegou por aqui no século XVI e que tinha como função difundir o cristianismo.

Para Marco Calil, de 29 anos, o teatro é, além de uma paixão, profissão. “De fato transformou o meu modo de viver. O meu sustento e a minha sobrevivência vêm do teatro e de tudo que o envolve”, diz o ator, que teve o primeiro contato com as artes cênicas ainda na infância experimentando a música, dança e a percussão.

Na adolescência, após participar de oficinas teatrais, Marco decidiu prestar o vestibular para o curso de Licenciatura em Teatro e se encontrou também como professor. “Tive a sorte de descobrir ao longo da graduação que eu gostava não só de atuar, como, também, de ensinar. Desde então eu não sei mais o que é fazer outra que não seja dar aula e atuar”, conta Marco.

Com nove anos de carreira profissional, Marco fez parte do elenco da websérie Ôxe, e Se Fosse na Bahia?, da produtora baiana +1 Filmes, interpretando o personagem Rasta. No cinema, já contracenou ao lado do ator Wladimir Brichta, no filme A Coleção do Invisível, de 2013.

Quer estudar Teatro? Confira dicas

Mestre em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Marco avalia a experimentação de diversas linguagens artísticas como essencial para a construção do profissional das artes.  “O ator ou profissional de teatro de uma maneira geral tem que ser uma pessoa estudiosa. Tem que ler muito, assistir muitas peças teatrais e estar atento à tudo que está acontecendo ao seu redor”, comenta.

Marco alerta que, assim como as demais profissões, o teatro também requer cada vez mais um profissional completo. Por isso, é fundamental também ter um conhecimento básico em dança, canto ou em algum instrumento musical. “É um diferencial bacana para a pessoa que deseja atuar como ator. Se não for especialista nessas áreas, que tenha ao menos uma noção”, finaliza o ator.

Conheça a graduação em Teatro

Graduação de nível superior, o curso de Teatro pode ser encontrado em instituições públicas e privadas de todo o Brasil, com a titulação de bacharelado ou licenciatura. O curso tem duração média de quatro anos e forma o estudante para atuar em diversas áreas como atuação, direção, cenografia, dramaturgia, crítica e outras.

O candidato que não conseguir vaga em uma universidade pública, por meio do vestibular ou do Enem, pode contar com programas de incentivo estudantil como Fies e Prouni. Há ainda disponibilidade de estudar com bolsas de estudo de até 70% de desconto disponibilizadas pelo Programa Educa Mais Brasil. O Educa não solicita nota do Enem; basta entrar no site e fazer a inscrição.

Ascom Educa Mais Brasil

Tags

Artigos relacionados

Fechar
%d blogueiros gostam disto: