Evaldo Rodrigues é um dos mais de 300 mil pacientes atendidos no DF que se curaram da covid-19. Residente em Cristalina (GO), ele chegou a ter 30% dos pulmões comprometidos | Fotos: Breno Esaki / Agência Saúde

O paciente Evaldo Rodrigues, de 39 anos, estava internado no Hospital de Campanha do Estádio Bezerrão, no Gama, e foi liberado na tarde deste domingo (30).

Evaldo Rodrigues é um dos mais de 300 mil pacientes atendidos no DF que se curaram da covid-19. Residente em Cristalina (GO), ele chegou a ter 30% dos pulmões comprometidos | Fotos: Breno Esaki / Agência Saúde

Poucos dias após ampliar a oferta de leitos covid em mais 300 vagas e reforçar a estrutura de assistência hospitalar para os casos mais graves, o Distrito Federal celebrou a 100ª alta dos novos hospitais de campanha.

Residente em Cristalina (GO), o paciente iniciou seu tratamento ainda no entorno e chegou a ter 30% do pulmão comprometido. Ainda nesta semana, Evaldo foi transferido para o Hospital de Campanha do Bezerrão, onde finalizou o seu tratamento e venceu a covid-19. “Não tenho nem como descrever a alegria de poder voltar para casa, para a minha família”, afirma o paciente.

Com a alta de hoje, Evaldo se junta aos mais de 300 mil pacientes atendidos no DF que adquiriram a doença e se curaram. De acordo com o último boletim epidemiológico, a taxa de recuperação da covid-19 no DF é de 95,8%.

Em uma breve cerimônia, o secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, recepcionou Evaldo do lado de fora da unidade. Okumoto lembrou que o complexo dos novos hospitais de campanha são fruto de um grande esforço da Secretaria de Saúde e demais áreas do governo. “Isso foi fruto de um trabalho muito grande, é um marco histórico para nós e temos de lembrar de todas as pessoas que foram importantes. Fica aqui a nossa grande felicidade em estarmos liberando este centésimo paciente, recebi a notícia de que mais 10 tiveram alta agora. Que assim seja daqui pra frente e que essas pessoas possam voltar para os seus lares com muita saúde e felicidade”, declarou Osnei.

O Hospital de Campanha do Gama foi inaugurado no dia 7 de maio. A unidade conta com 100 leitos com suporte de ventilação mecânica, monitores paramétricos, bombas de infusão para a condução de drogas vasoativas e diálise à beira leito, para garantir uma assistência completa aos casos mais graves acometidos pelo novo coronavírus.

Além da unidade do Gama, outros dois hospitais de campanha foram entregues no mês de maio: no Autódromo de Brasília e em Ceilândia, cada um com 100 leitos nos mesmos moldes. Além disso, a pasta também entregou nesta semana o Hospital Modular de Samambaia, que dispõe de uma estrutura com 102 leitos exclusivos para pacientes com covid-19, sendo quatro de isolamento e o restante de enfermaria.

*Com informações da Agência Brasil – 30/05/2021

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Sair da versão mobile