Brasília-DF: Lugar de panfletos de distrital é na lata do lixo?

Os que receber em casa devolva pelo correio ou no protocolo da CLDF

Quando a gente acha que Sucupira, a cidade da novela o Bem-Amado não existe mais, eis que nos surpreende a Câmara Legislativa do DF. Com tantos problemas gasta tempo, papel e tanta coisa mais, para aprovar um projeto de lei (PL) que mais parece de brincadeira.

O PL 1.868 de 2014, acreditem, impõe uma multa de R$5 mil para quem distribua panfletos nas sinaleiras e ruas do Distrito Federal. E olha que num segundo panfletinho distribuído, a multa dobraria. Distribuição de panfle fica proibida nas ruas do DF…

Não, isto não é brincadeira, por mais absurdo que pareça. É verdade que o projeto ainda vai transitar pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e ser votado pelo conjunto dos distritais, isto no plenário.

Quem sabe, a maioria dos distritais tenha o discernimento de que este projeto de lei é uma tolice, uma bobagem, uma coisa ruim, inútil para qualquer fim, e por isso o rejeitem? Mas a espada, espada não, o papel está no ar e aceita qualquer coisa. E pode acabar sendo publicado no Diário Oficial do DF, sacramentando a inutilidade.

Nos sinais e ruas de Brasília, jovens, velhos, mulheres, homens, tentam um pouco de dignidade no trabalho humilde de distribuição de panfletos. É verdade que algumas pessoas sequer abrem o vidro da janela do veículo para receber, educadamente, das mãos de alguém um papel que, no fundo, é responsável por este alguém não passar fome ou privações maiores. Eu, particularmente, não tenho medo. Há até distribuidores de panfletos com os quais já mantenho uma empatia pelo olhar, pela troca de um bom dia ou boa tarde, pelo muito obrigado recíproco. Pela civilidade.

Dos panfleteiros eu não tenho medo. Tenho medo sim, quando mesmo com o carro trancado, ou fechado dentro de casa, sei que estou sendo garfado por deputado, senador e coisas tais. O papel que algumas pessoas recebem nas sinaleiras e ruas e depois jogam no chão, jamais poderá ser comparado à sujeira que vemos por aí na política.

Fonte: Portal Gama Livre/Redação – 24/05/2015 – – 10:59:08