fbpx
25 de julho de 2021
BRASILIA

Brasília recebe a maior mostra já feita no país sobre Pixinguinha

Em 12 salas, exposição no CCBB revisita a vida e a obra do músico. Concerto gratuito celebra início da mostra, em cartaz até 6 de maio.

A vida e a obra de Alfredo da Rocha Vianna Filho, mais conhecido como Pixinguinha, são tema da exposição que o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de Brasília exibe a partir desta terça-feira (13). O lançamento da mostra será celebrado com um espetáculo gratuito onde a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro vai interpretar o concerto “Pixinguinha Sinfônico”.

A apresentação – que será na Sala Villa-Lobos, a partir das 20h – vai contar com a participação do bandolinista Hamilton de Holanda, do saxofonista Carlos Malta e da flautista Odette Ernest Dias. A Secretaria de Cultura informou que não haverá distribuição de senhas, a entrada será por ordem de chegada.

Dividida em 12 salas, a exposição retoma a biografia de Pixinguinha para relembrar sua importância na música popular brasileira.

“O objetivo é fazer com que o público possa entender a importância do Pixinguinha para musica brasileira no século 20 e para a cultura popular. A mostra passa pelos principais momentos da vida dele, o início da carreira, a convivência com um família muito musical – todos os irmãos tocavam, o pai também era flautista. Com 14 anos ele já tinha carteira de musico profissional e já tocava em bares”, conta a curadora da mostra, Lu Araújo.

Lu pesquisa a obra de Pixinguinha desde 1997 e acredita que essa seja a maior exposição já dedicada ao músico.

As salas revistam sua infância; a rápida ascensão como flautista; as trilhas musicais criadas por ele para filmes mudos; o sucesso da turnê do grupo Oito Batutas em Paris nos anos 20; a influência de Pixinguinha sobre outros artistas; as parcerias e os grandes sucessos – com uma sala dedicada exclusivamente a “Carinhoso”, a mais famosa composição de Pixinguinha.

“Temos várias versões da música, com intérpretes como Elis Regina, Tom Jobim, Tom Zé, Roberto Carlos, Maria Bethânia e Elizeth Cardoso. ‘Carinhoso’ é sem sombra de dúvidas o maior sucesso dele. E Não é só isso: é um dos maiores sucessos da música popular brasileira. Em todos os levantamentos feitos sobre as músicas brasileiras mais tocadas e gravadas, ela sempre está entre 10”, conta Lu.

Os visitantes da mostra poderão ver mais de 800 fotos da carreira de Pixinguinha, além de documentários sobre a obra do músico. Também estão expostos objetos pessoais do músico, como passaporte, gravatas, chapéu e dois de seus instrumentos originais: um saxofone e uma flauta.

“Há também uma réplica perfeita da primeira flauta que o pai dele deu em 1910 e que em anos mais tarde foi roubada”, diz a curadora da exibição.

Brasília é a primeira cidade a receber a exposição, que fica em cartaz no CCBB até o dia 6 de maio.

BRASILIA
Pixinguinha, deitado no chão, e a Batutas Jazz Band (Foto: Divulgação)

FONTE: G1

Israel Carvalho

Diretor-Presidente do portal Gama Cidadão, Jornalista nº. DRT 10370/DF, Multimídia e Internet Marketing.

View all posts by Israel Carvalho →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial