Brasiliense e Gama começam a semana do clássico nº 49

O final de semana foi marcado por muitas emoções nas disputas das outras três vagas para as semifinais da Taça JK, primeiro turno do Candangão 2013, já que o Brasíia já estava classificado antecipadamente.

O Brasiliense confirmou sua vaga vencendo o Ceilandense por 1 a 0. O Gama ganhou do Luziânia também por 1 a 0 e foi beneficiado pelo tropeço do Ceilandia, que empatou em 1 a 1 com o Botafogo/DF.

“Todo mundo dizia que o Botafogo iria entregar o jogo. Mostramos dentro de campo que aqui tem homens de palavra e que não se ganha jogo na véspera. Deixo o Botafogo e vou para o futebol do Piauí com a consciência tranquila”, desabafou Maninho, em entrevista à Rádio Mais FM.

O Brasília, com a melhor campanha da primeira fase – 16 pontos ganhos, cinco vitórias e um empate -, enfrentará o Sobradinho/DF, que ressurgiu das cinzas, após a chegada de João Carlos Cavalo. O treinador substituiu a Branco, que não conseguiu desenvolver um bom trabalho no clube candango e pegou o boné, indo para Campinas/SP, comandar o Guarani.

PROMESSA DE CASA CHEIA
O Brasiliense enfrenta o Gama com a vantagem de um empate para disputar a final do primeiro turno candango. A Federação Brasiliense de Futebol divulgou, em seu site, que a partida está marcada para o próximo domingo (03.03), às 15h30, no estádio Serejão.

Para esta partida, o técnico Márcio Fernandes conta com o retorno do zagueiro Fábio Braz, poupado frente ao Ceilandense, pois está com dois cartões amarelos. A dúvida está com o goleiro Guto, que está reclamando de dores no joelho esquerdo. Ele será avaliado pelo departamento médico do time do jacaré.

No Gama, do técnico Vitor Hugo, a expectativa está se o treinador contará com o futebol do meia Allan Delon e do atacante Aloísio Chulapa, que ficaram de fora da partida decisiva frente ao Luziânia. O time alviverde candango continua invicto na competição.

A HISTÓRIA DOS CONFRONTOS ENTRE BRASILIENSE X GAMA
Até aqui, foram disputados 48 jogos, com 17 vitórias do Brasiliense, 15 vitórias do Gama e aconteceram 16 empates. Em 2012, as duas equipes se enfrentaram por duas oportunidades, com o Gama vencendo no Bezerrão, por 3 a 2. No Serejão, o Brasiliense deu o troco e venceu por 4 a 1.

Este ano, pelo Candangão, empate em 1 a 1 no Bezerrão. Washington abriu o placar para o Brasiliense e Luiz Carlos empatou para o Gama. Quem passar para as finais da Taça JK, enfrenta o vencedor do confronto entre Brasília x Sobradinho.

O jacaré brasiliense e o colorado do DF, o Brasília, jogam com a vantagem do empate. Caso as duas equipes forem para as finais da Taça JK, o Brasíia do técnico Gauchinho, leva vantagem de dois resultados iguais pela melhor campanha na competição até aqui.

Fonte: clube do esporte df