Agenda Cultural e ConvitesConteúdoDestaqueEspaço CulturalNotíciasNotícias do Gama

Cia. Novos Candangos encerra temporada do espetáculo Selva no Sesc Gama

Produção fala sobre relações líquidas e falta de comunicação baseada em filmes como “Relatos Selvagens”

Após estreia de sucesso no Espaço Direito, a Cia. Novos Candangos vai encerrar a temporada do inédito espetáculo “Selva” neste fim de semana no Sesc Paulo Gracindo do Gama (SIND QI 1- Gama). Em cartaz nos dias 20, 21, 22 e 23 de junho, de quinta-feira a sábado, às 20h, e no domingo, às 19h, no Sesc Paulo Gracindo do Gama (SIND QI 1- Gama). Ingressos antecipados por R$ 20 no Sympla. Mais informações no Instagram da companhia: @cianovoscandangos. Não recomendado para menores de 16 anos.

Encontro e desencontro, chegada e partida, identificação e isolamento, comoção e raiva, amor e ódio. Em cena, nove personagens tentam se entender dentro de relações estraçalhadas. Relações de mãe e filho, marido e mulher, pai e filha, irmã e irmão, amantes e desconhecidos que se unem por desejos compartilhados.

As temáticas dão vida ao inédito espetáculo da Cia. Novos Candangos, que há 12 anos produz e reverbera o Teatro Independente de Brasília.

 “Selva retrata vários tipos de relações. E todas as cenas e relações têm em comum a incomunicabilidade e a acidez que mostra esse lado animalesco e cru do ser humano. O lado cruel que, muitas vezes, é velado entre quatro paredes”, adianta o diretor.

Décimo espetáculo do grupo, Selva é inspirado em filmes como Relatos Selvagens (Damián Szifron, 2014) e O Baile (Ettore Scola, 1983), além da peça Carícias, de Sergi Belbel, entre outras referências de pesquisa e vivências colaborativas do grupo.

Sinopse – Nove pessoas se encontram em uma festa. De longe tudo parece muito bem. Mas o olhar atento ao recorte de cada dinâmica interpessoal revela complicações singulares e traços não tão glamurosos. É quando as máscaras caem.

Em cena, Alana Ferrigno, André Rodrigues, Clara Camarano, Diego de León, Élia Cavalcante, Jeferson Alves, Natália Leite, Pedro Ribeiro e Xiquito Maciel dão vida à obra. Produção, assistência de direção e figurino por Lucas Aguirre.

Novos Candangos – Fundado em 2012, o grupo Novos Candangos ficou reconhecido em Brasília e no Brasil por premiados espetáculos como “A Falecida”, “Perdoa-me: Pesadelo Show”, “Os Beatniks em A Gaivota”, “Os Beatniks em Psicose” e a “A Radialista do Fim do Mundo”. Na pandemia da covid-19, o grupo precisou interromper os trabalhos. Mas, em 2023, voltou de forma independente e com apresentações dos espetáculos “Novelão” e “Perdoa-me: Pesadelo Show” e do monólogo “Minha Grande Pequena”. Agora, retorna mais uma vez de forma independente e como grupo incubado,  com “Selva”, obra inédita da companhia.

Ficha Técnica:

Realização: Novos Candangos

Direção: Diego de León

Elenco: Alana Ferrigno, André Rodrigues, Clara Camarano, Diego de León, Élia Cavalcante, Jeferson Alves, Natália Leite, Pedro Ribeiro e Xiquito Maciel

Produção, Assistência de Direção e Figurino: Lucas Aguirre

Iluminação e concepção de luz: Marcelo Augusto Santana

Dramaturgia adaptada: Natália Leite e grupo

Fotos:  Humberto Araújo

Dedicatória aos atores da Cia. Novos Candangos: André Reis e Tati Ramos e aos Novos Candanguinhos: Maria Flor e Matias Ramos

Vídeos e making-of: Raphael Ribeiro, Rodrigo Silva e Anna Beatriz Cavalcante

Parceiros: Jussara Martins, Bar Godofredo/Aylton, Estupenda Trupe de Brasília


Serviço:
Cia. Novos Candangos encerra temporada do espetáculo Selva no Sesc Gama

Data: 20, 21, 22 e 23 de junho

De quinta a sábado, às 20h. Domingo, às 19h

Local: Sesc Paulo Gracindo do Gama (SIND QI 1- Gama)

Ingressos antecipados por R$ 20  (meia-entrada) no Sympla

Não recomendado para menores de 16 anos

Mais informações no Instagram da companhia: @cianovoscandangos

Israel Carvalho

Israel Carvalho é jornalista nº. DRT 10370/DF e editor chefe do portal Gama Cidadão.

Artigos relacionados