Como reage o povo?: A lei, a falta da lei e a anomia legalizada

Catta Preta revelou que sofreu ameaças

Oitenta milhões de brasileiros assistiram na noite de quinta-feira (30), por um veículo de comunicação, a uma denúncia traduzida em ameaça de morte. …

As ameaças denunciadas fizeram inclusive com que a advogada Beatriz Catta Preta decidisse fechar seu escritório de advocacia. É o mesmo que fechar um consultório ou um hospital. No escritório de advocacia trata-se da lei. No hospital trata-se da vida. E a lei protege a vida.

O Jornal do Brasil se espanta com essa denúncia. Apesar da importância e da gravidade de seu teor, de apontar um crime, não houve até agora nenhuma decisão dos órgãos da Justiça mandando abrir um processo.

Caberia a Catta Preta fazer isso, mas agora as ameaças tornaram-se públicas. O país toma conhecimento que um poder – que é eleito pelo povo -, além de ter representantes supostamente envolvidos em corrupção, agora tem um dos seus segmentos – a CPI – também supostamente envolvido com crime.

Como reage o povo? 

E como se não bastasse, por estas mazelas da anomia, o povo ainda assiste a um suposto cadáver ser atropelado por um trem com ordem superiores. Onde está a lei? Onde está o poder publico? Será que só estão nas favelas?

Fonte: Jornal do Brasil – 31/07/2015 – – 18:06:19