Confira a preparação para a festa de Independência: 30 mil são esperados

Esse é o público estimado pela Secretaria de Segurança Pública para a programação do 7 de Setembro, amanhã, na Esplanada dos Ministérios. Trânsito no Eixo Monumental será alterado a partir das 5h50

img
O desfile cívico tem início marcado para as 9h: o público poderá assistir à passagem das tropas em arquibancadas montadas à beira da Via N1 do Eixo Monumental

As comemorações do Dia da Independência em Brasília vão movimentar o centro da capital e alterar a rotina dos brasilienses. Em razão do desfile cívico, que está programado para as 9h de amanhã, o trânsito ao redor da Esplanada dos Ministérios vai ser desviado e, para garantir a segurança do público, um maior número de policiais estará nas ruas. A expectativa é de que 30 mil pessoas assistam às apresentações militares. O desfile será o longo da Via N1 do Eixo Monumental, na altura do Palácio da Justiça. A programação tem duração de uma hora.

As mudanças no trânsito vão acontecer ainda durante a madrugada. O fluxo de veículos será interrompido a partir das 5h50, com o fechamento da Via N1, na altura da L4 Sul, no ponto conhecido como o balão do presidente. Já a Via S1, no sentido contrário, será bloqueada na altura da alça leste da rodoviária a partir do mesmo horário. A passagem dos veículos só será liberada por volta das 11h30.

Os estacionamentos permitidos para quem for ao desfile cívico militar serão os da plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto e dos anexos dos ministérios, na Via N2. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, ao todo, serão mais de 5 mil vagas disponibilizadas ao público. No entanto, o estacionamento ao lado do Ginásio Nilson Nelson será destinado apenas aos veículos blindados das Forças Armadas que vão participar do desfile. Por essa razão, o espaço estará fechado para os motoristas. O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran) vai deixar à disposição dos órgãos de segurança guinchos e empilhadeiras que serão utilizados, caso haja desrespeito dos condutores.

Sem acrobacias

Um dos momentos mais aguardados do desfile cívico-militar pelo público, no entanto, não acontecerá este ano. A apresentação da Esquadrilha da Fumaça não será realizada neste Sete de Setembro em razão da troca de aeronaves. Desde o ano passado, os antigos Tucanos T27 foram substituídos por modelos modernos, os A-29 Super Tucanos. A Força Aérea Brasileira (FAB) ainda está em processo de adaptação dos aviões que são utilizados, inclusive, para missões de ataque e formação de piloto de caça. Mas, mesmo sem as acrobacias, a FAB garante que haverá passagem nivelada dos pilotos no desfile, com fumaça e movimentos no céu.

Apesar da mudança na apresentação da Esquadrilha da Fumaça, 2 mil militares do Exército, da Marinha e FAB vão desfilar no evento de comemoração ao Dia da Independência. Meia hora antes do desfile, às 8h30, está programada a apresentação da tropa de guarda militar. O show da pirâmide humana do Batalhão de Polícia do Exército, em que militares se equilibram sob uma única motocicleta, também está entre as atrações, além da apresentação de alunos de colégios militares. Ao todo, o desfile cívico vai contar com 100 carros blindados motorizados e 270 cavalos. Serão expostos, ainda, veículos lançadores de foguetes Astros 2020 e o blindado Guarani.

Fonte: Correio Brazliense – 06/09/2014 07:12

Tags

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios