Contra o tempo

0

Sob nova direção, o Gama segue treinando em dois períodos no CT Ninho do Periquito visando a estreia no segundo turno do Candangão 2013. O novo técnico gamense, Reinaldo Gueldini, enfatizou os treinos com bola e teve que lidar com a saída de seis atletas titulares da equipe (os zagueiros Da Silva e Júnior Soares, o lateral direito Amaral, o volante Bruno Sabino, o meia Luiz Carlos e o atacante Laionel) que foram liberados para atuar em outros clubes.

Foram definidos os demais membros da comissão técnica. Divino Ferreira foi mantido no cargo de preparador físico enquanto o preparador de goleiros Gilberg Silva “subiu” das categorias de base para atuar no profissional. O novo auxiliar técnico será Ricardo Freitas, ele que acompanhou o treinador na segunda passagem pelo Gama em 2009. Três novos reforços já treinam com os demais companheiros no CT. O lateral esquerdo Vitinho, o zagueiro Gustavo e o meia Alanzinho. Afastados pelo antigo treinador, o volante Juninho, o meia Pablo e o atacante Washington ganharam nova oportunidade e voltaram a treinar com os profissionais.

Falando à reportagem do BLOGAMA, Gueldini afirmou que o Gama começará um trabalho do zero para o segundo turno. “Primeiro é um prazer voltar ao Gama, uma casa que eu já estive duas vezes e graças a Deus tivemos uns resultados bons. Mas a nossa situação agora será bem complicada porque nós sabemos que o nosso grupo é difícil pra nós, mas será para os adversários também. Agora, desmontaram o Gama, né? Está com dificuldades para contratar novos jogadores, mas acho que a gente tem que trabalhar, futebol o resultado só vem com muito trabalho, dedicação e com respeito aos demais jogadores. Espero que a gente possa fazer um grande segundo turno, porque o primeiro foi muito bom”.

O treinador falou sobre o desmanche que foi feito na equipe e fez uma pré-avaliação do elenco com quase uma semana de trabalho. “Eu acho que esse desmanche dos jogadores complica porque está muito difícil trazer jogadores até porque o Gama não está com uma situação que pode bancar dois ou mais atletas que poderiam chegar e jogar de imediato. A gente está procurando no dedo, a dificuldade é muito grande até porque os outros campeonatos, o paulista, o do sul, o de Minas o investimento é maior, a visibilidade é maior e os caras preferem ficar onde estão. Tem posições que nós não temos nenhum jogador e muita gente vem falar ‘ah, vamos adaptar’, mas precisa ter o jogador pra fazer esta adaptação pra você saber se ele vai render. E isto requer tempo. Então eu espero trazer mais cinco ou seis jogadores pra que a gente possa brigar de igual para igual porque o Gama merece disputar títulos. A gente sabe que a cobrança é muito grande, mas também sabemos que temos o melhor estádio, temos uma das maiores torcidas, temos um responsabilidade grande, espero que com trabalho a gente possa reverter essa situação”, disse.

Gueldini revelou que encontrou o elenco desmotivado após a eliminação nas semifinais para o Brasilense. “Eliminação é muito ruim até pelo Gama ter feito uma campanha muito boa. Mas quando você não chega sempre dá um baque. Agora, a nossa obrigação é tirar o máximo de cada jogador, motivar, mas a motivação não é só sua, tem que vir de casa. Tenho passado para eles que eu tenho costume de fazer do clube a minha casa já que eu passo mais tempo aqui do que com minha família. Acho que a gente tem que trabalhar muito, muita repetição até porque tá mudando o trabalho, ninguém é melhor do que ninguém, cada um trabalha de uma maneira, a gente tem que respeitar a maneira que todos tem de trabalhar e a gente tem que botar esses jogadores da melhor forma possível  pra que na hora do jogo eles possa fazer o melhor da profissão dele que é o futebol”, finalizou o treinador.

Jogos Treino
Com mais uma semana e meia sem jogos, a comissão técnica decidiu marcar jogos treinos para manter o elenco em atividade. Para hoje está prevista uma atividade no CT Ninho do Periquito provavelmente contra os Juniores. Na sexta-feira (15) às 16h o Gama recebe o Legião em jogo-treino marcado para o estádio Bezerrão sem a presença da torcida. Na próxima segunda-feira novo amistoso contra adversário ainda indefinido.

No DM
Depois de grandes atuações no gol alviverde, o goleiro André Luís foi a interrogação nos treinos da semana que levantou a suspeita de que também iria deixar o time. Mas depois de alguns exames foi detectada uma bursite no ombro do atleta o que fez com que ele se afastasse dos treinos. Segundo o médico do clube, Dr. Walter Rios, a lesão não é grave e o jogador deverá passar por sessões de fisioterapia para voltar em breve aos treinamentos.

Fonte: BloGama Net

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA