Copa das Confederações já tem 400 mil pedidos de ingresso

A Fifa divulgou um balanço sobre a venda de ingressos da Copa das Confederações, que será realizada entre os dias 15 e 30 de junho em seis cidades brasileiras. Segundo o levantamento foram feitos quase 400 mil pedidos de entradas até o dia 15 de janeiro, quando foi encerrada a primeira etapa do processo.

O jogo Brasil e Japão, em Brasília, no dia 15 de junho, encabeçou o número de pedidos de ingressos com 68.912, diferentemente do balanço anterior, quando o duelo entre Brasil e Itália era o mais procurado. A partida em Salvador, marcada para o dia 22, é a segunda que atraiu mais interessados, com 68.114 pedidos seguida da final da Copa das Confederações, marcada para o Maracanã, em 30 de junho, teve 51.388 solicitações.

Já no quesito cidade, como Salvador tem dois jogos a mais que Brasília, a que teve mais pedidos de ingressos para a Copa das Confederações, com 93.567, seguida por Rio (88.420), Brasília (68.912), Fortaleza (68.352), Recife (51.518) e Belo Horizonte (28.756).

Na primeira fase, a Fifa realizou uma venda de ingressos para a Copa das Confederações apenas aos portadores do cartão de crédito Visa, – patrocinadora oficial da entidade -, etapa que foi encerrada em 30 de novembro, com a solicitação de 132.843 entradas. A fase que terminou dia 15 último era liberada para todos os interessados.

Como a demanda superou a disponibilidade de bilhetes em alguns jogos, a Fifa irá realizar um sorteio entre os inscritos. Somente após a contemplação é que estará disponível para a compra. Todos inscritos serão avisados do resultado a qualquer momento, entre os dias 16 de janeiro e 14 de fevereiro.

Segundo a Fifa, em 15 de fevereiro os ingressos encalhados serão postos novamente à venda na Internet, só que desta vez a compra será feita por ordem de chegada.

Um exemplo a se seguir
Com a venda de ingressos pela Internet a Fifa quer evitar a formação de filas gigantescas nos dias dos jogos, fato corriqueiro nos clássicos dos campeonatos realizados no Brasil.

Atualmente, a CBF não disponibiliza a compra de ingressos dos campeonatos no Brasil pela Internet, um erro grave que deve ser revisto, a exemplo do que vem fazendo a Fifa, nos jogos da Copa das Confederações de 2013 e do Mundial de 2014. Seria o fim das filas e confusões nas bilheterias dos nossos estádios.

Fonte: Gazeta de Taguatinga