Sem categoria

Crime ambiental na feira do Setor Sul

Por Vicente Vecci, Eco defesa – 04/04/2016

Acintosamente é comum encontrar aos domingos numa banca na entrada da feira do setor Sul do Gama, realizada na área especial da quadra 02, estilingues expostos para vendas, como aconteceu domingo passado (fotos). Perguntado o feirante disse que sempre vende essas armas utilizadas para matar pássaros e atirar em cães moradores de rua e quem sabe até em lâmpadas dos postes de iluminação pública. sempre.  Disse ainda que transporta essas armas livremente e expostas  e nunca fora interpelado, inclusive em viagens aéreas.  Afirmou que tem muitos clientes que são autoridades  judiciárias e policiais e eles nunca disseram  nada.  Vender alçapões e outras armadilhas para apreensões de aves silvestres e animais  é crime,e, estilingue também, conforme artigos da Lei 9.605-98 que trata de crimes contra a fauna e a flora e recursos hídricos.

A base da Polícia Militar Ambiental no Gama, localizada no prédio da Instituto Brasília da UNB foi comunicada e o tenente que atendeu a ligações prontificou enviar uma viatura para apreender os estilingues.

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar