Delegado que transferiu presos a pé deve retornar a Planaltina de Goiás

Ele ganhou ação na Justiça após ser mandado para Alto Paraíso de Goiás. Investigador considera que foi punido por levar detentos andando até presídio.


Presos foram transferidos a pé para presídio de Planaltina de Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

O Tribunal de Justiça determinou que o delegado Cristiomário Medeiros, que atualmente está delegacia de Alto Paraíso de Goiás, seja transferido de volta para Planaltina de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, onde trabalhava até maio deste ano. O investigador entrou na Justiça por considerar que foi punido após transferir 20 presos a pé até o presídio da cidade.

De acordo com a decisão, expedida pelo juiz Thiago Cruvinel Santos, a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária da Polícia Civil tem que retornar o delegado ao seu município de origem em até 15 dias. A Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária da Polícia Civil informou ao G1 que não foi notificada da decisão até as 17h desta terça-feira (7).

Os presos foram transferidos da delegacia para o presídio da cidade após oito detentos fugirem do local depois de retirar parte da grade de proteção de uma cela e escapar pela área de banho de sol. A unidade estava superlotada e tinha estrutura precária, desgastada.

A Justiça determinou, na época, que os presos fossem levados para o presídio até que uma reforma fosse feita na unidade. Entretanto, como não havia carros suficientes, o grupo foi transferido algemado e a pé.

Assista o vídeo. Clique aqui!

Fonte: G1 DF – 07/07/2015 20h06 – Atualizado em 07/07/2015 20h06

Tags

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios