DF tem ao menos 7 homicídios entre tarde de sábado e manhã de domingo

Em Santa Maria, suspeito matou dois homens após chamar vítima no portão.
Casos ocorreram em seis regiões, como Gama, Ceilândia e Taguatinga.

Ao menos sete homicídios foram registrados no Distrito Federal em menos de 24 horas, entre a tarde de sábado (16) e a manhã deste domingo, segundo informações da polícia. Os assassinatos ocorreram em São Sebastião, Gama, Ceilândia, Santa Maria, Taguatinga e Estrutural.

No sábado, na hora do almoço, um homem foi assassinado com cinco tiros em um restaurante em São Sebastião quando pagava a conta do almoço. De acordo com relato de funcionários, um homem entrou no estabelecimento e atirou no cliente. A vítima morreu no local. Um garçom foi baleado, mas não corria risco de morte.

Em Santa Maria, no início da madrugada, dois homens, de 31 e 25 anos, foram mortos a tiros dentro de casa. Segundo informações da 33ª DP, um homem armado teria entrado no lote depois de chamar uma das vítimas no portão. O crime ocorreu por volta da meia-noite.

Em Ceilândia, a vítima, um homem de 59 anos, também foi atingida por arma de fogo dentro de casa. A Divisão de Comunicação da Polícia Civil informou que dois homens entraram encapuzados no bar que dá acesso à residência e efetuaram os disparos.

Em Taguatinga, o corpo de um homem foi achado numa área verde entre a QND 50 e a QND 53. De acordo com informações da 17ª Delegacia de Polícia, onde o caso foi registrado, o homem foi atingido por seis disparos de arma de fogo na rua, entre a noite de sábado e a madrugada deste domingo.

No Gama, um adolescente de 16 anos morreu após ser baleado na quadra 7, segundo a Polícia Civil. Ele chegou a ser transferido para o hospital regional da região, mas não sobreviveu.

Já na manhã deste domingo, o corpo de um homem assassinado provavelmente entre a noite de sábado e amadrugada deste domingo foi encontrado perto do Pró-DF da Vila Estrutural. Até a publicação desta reportagem, o corpo não havia sido identificado. A 8ª Delegacia de Polícia foi acionada para fazer perícia.

Fonte: G1