Dois homens são presos por grilagem de terra no Gama

Segundo a polícia, os valores eram parcelados bem abaixo do normal

A polícia prendeu dois homens acusados de grilagem de terra na Ponte Alta, Gama, região administrativa do Distrito Federal. Eles estariam vendendo lotes em área que pertence a Novacap (Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil).

O local é cercado, tem portão, muro e placa com o nome de um condomínio. Cada lote tem 430 metros e era vendido por R$ 45 mil. Segundo a polícia, os valores eram parcelados bem abaixo do normal.

A área tem mais de cinco mil metros quadrados. As investigações da Divisão Especializada em Meio Ambiente da Policia Civil duraram quase dois meses. O trabalho da polícia aponta que os suspeitos levavam possíveis compradores para conhecer o terreno.

Com os grileiros, a policia encontrou documentos para a transferência dos lotes e um bloco com uma lista de supostos compradores. Também foram recolhidas faixas com anúncios.

Um dos acusados foi identificado como Marcos Antônio dos Santos, de 44 anos. Ele tem registro no Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Goiás. O outro suspeito, Reinaldo Moreira Costa, de 54 anos, já tinha cinco passagens pela polícia. Duas delas por parcelamento irregular do solo.

A dupla foi encaminhada para a DPE (Delegacia de Polícia Especializada), onde ficará a disposição da justiça.


Assista ao vídeo:

Fonte: R7 DF

Tags

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios