Fiscalização remove construções irregulares em condomínio do Gama

A fiscalização passou pela área de Ponte Alta, no Gama, e retirou duas edificações e uma base de construção irregular, na manhã desta quarta-feira (2/1). Essas obras foram levantadas em áreas próximas a nascentes, no condomínio Marlon, no último final de semana.

Além delas, também foram destruídas uma cisterna e o início de uma fossa. Nessa região, o lençol freático fica pouco mais de um metro de profundidade e a 30 metros dali há uma nascente, o que significa que a área é de proteção permanente.

Dessa forma, se os responsáveis pelas obras forem identificados, os órgãos ambientais poderão multá-los ou até mesmo prendê-los caso seja comprovado crime ambiental.

O Núcleo Ponte Alta é alvo de uma ação civil pública, e novas construções, reformas de casas e obras de melhoria nos condomínios irregulares dependem de autorização da justiça.

Fonte: Correio Braziliense