Gama classificado com raça, sorte e sofrimento.


Há muitos anos a Sociedade Esportiva do Gama não tem contado nas competições que disputa no plano local e nacional com sorte na combinação de resultados para ascender às suas pretensões em busca da manutenção da sua hegemonia no futebol candango, onde já foi dez vezes campeão.

Hoje a história mudou e a sorte esteve ao lado do time e dos torcedores gamenses. Ao entrar em campo para disputar a sexta rodada do campeonato brasiliense, o Gama tinha diante da sua torcida, no Bezerrão, a equipe goiana do Luziânia, que foi derrotada pelo placar de 1 a 0.

O Gama, no andamento da partida, cumpria a sua obrigação, para sonhar com a classificação às semifinais da Taça JK, mas dependia do resultado da partida entre Ceilândia e Botafogo (DF), que se enfrentavam no mesmo horário, no Abadião, em Ceilândia, em jogo com portões fechados. O Gama estava na dependência da vitória ou do empate do Botafogo (DF), até então a equipe com a menor pontuação na competição que enfrentava o Ceilândia, que lutava para se classificar e tirar o Gama da disputa da Taça JK, o equivalente ao primeiro turno do Campeonato Candango.

Para felicidade da torcida gamense, logo no início do primeiro tempo, o Botafogo-DF abriu o placar como visitante, com um gol do jogador Pezão. Na etapa complementar a pressão do Ceilândia foi tamanha, diante da necessidade que tinha de ganhar o jogo e a vaga do Gama, que o zagueiro Rodrigo Melo, do Botafogo-DF, marcou contra a sua equipe e empatou a partida.

Esse foi o resultado final do jogo em Ceilândia, que apagou as chances do time do Gato. O Gama ainda jogou um tempinho para ouvir o apito derradeiro do juiz, em pleno Bezerrão. Foi uma classificação suada, como tudo que envolve a Sociedade Esportiva do Gama.

Agora, com o Gama classificado para as semifinais da Taça JK é de se esperar que o time se redima dos fiascos que teve nesta primeira fase da competição ao empatar três vezes seguidas com as equipes do Legião, Brasiliense e do Unaí (MG).  O empate com o Brasiliense foi arrancado com muitas dificuldades nos domínios do Gama, numa noite de quinta-feira, que levou ao Bezerrão mais de 10 mil torcedores.

Parabéns, Gama, pela classificação da disputa do título do primeiro turno em jogo único, no dia 3 de março, em pleno Serejão contra o Brasiliense!  Brasília e Sobradinho fazem a outra semifinal. Depois os vencedores disputam o título do primeiro turno do Campeonato Candango, em dois jogos, nos dias 10 e 17 de março de 2013.

É só aguardar para conferir. Dá-lhe Gama!

Crônica publicada no BloGama.Net.

Remy Soares Carvalho
Asa Norte – DF, 23.2.2013

Fonte: BloGama Net