Gama começa ganhando mas cede o empate

0

Reinaldo Gueldini utilizou dois times para enfrentar o Legião no estádio Bezerrão na tarde desta sexta-feira. Da mesma forma que a partida da terceira rodada da Taça JK, o jogo terminou em 1 a 1. Reinaldo Gueldini diz que o time ainda não está pronto para o campeonato.

Sem clima de amistoso, as duas equipes tentaram ao máximo chegar à meta adversária. O Legião com apenas um atacante não tinha poder ofensivo, e o Gama não conseguia finalizar bem as bolas. Aloísio Chulapa e Moisés começaram no ataque gamense e tiveram boa movimentação. Kabrine fez companhia a Allann Delon no meio campo e o novato Vitinho teve chance como titular na lateral esquerda.

Ainda no primeiro tempo o Gama conseguiu abrir o placar com gol de pênalti. Aloísio Chulapa recebeu a bola e tentou driblar o goleiro. O atacante foi derrubado pelo arqueiro e quem fez a cobrança foi o meia Kabrine que bateu bem e balançou as redes. O Legião porém mostrou que não estava para brincadeira. Em jogada pelo lado direito Juninho não deu chances ao goleiro Max e empatou o jogo.

O técnico do Gama fez questão de utilizar quase todos os jogadores que tinha à disposição. O treinador colocou 22 jogadores em campo distribuído nos 90 minutos de bola rolando. O técnico Rol Faúla fez apenas quatro mudanças e manteve uma base em campo. O segundo tempo foi bem mais parado que o primeiro. O Legião tentou fazer gols com bolas alçadas na área, o Gama teve uma boa chance com Samuel Lopes que, de puxeta, quase marcou, a bola passou à esquerda da trave do goleiro Amauri.

Técnicos querem mais jogadores
Tanto Gueldini quanto Faúla afirmaram querer mais jogadores para reforçar suas equipes mas os treinadores disseram também que sabem a dificuldade dos times em conseguí-los. “A gente tá dando oportunidade a todos para errar menos lá na frente. Já avisamos a nossa diretoria que precisamos de três ou quatro reforços. Não temos tempo, agora vai ser na vontade. A gente tem que melhorar muito para sermos campeões”, desabafou.

Mais comedido, o jovem Faúla foi bem resumido em sua declaração. “Se o jogo fosse amanhã ainda não teríamos condições 100%, mas domingo que vem já teremos. Gostei muito do meu time, principalmente da movimentação deles. Eu precisava de um centroavante mas sei que não consegue mais”, explicou o técnico.

Ficha técnica:

Gama 1×1 Legião
Estádio Bezerrão, 16h
Sexta-feira, 15 de março de 2013

Gama:
Max (Pereira); Pablo (Rhuan); Nen (Michel), Alex Barcellos (Gustavo); Vitinho (Pedro Paiva); Sávio (Fágner), Juninho (Maike Jr.), Allann Delon (Alanzinho), Kabrine (Guilherme); Moisés (Gilmar Herê) e Aloísio Chulapa (Samuel Lopes)
Técnico: Reinaldo Gueldini

Legião:
Amauri; Bruno (Giba); Mauro, Rafael; Thiago; Bocão, PC, Thiago Catarinense (Sandy), Glauber, Emerson (Rodrigo Melo); Juninho (Diego)
Técnico: Rol Faula

Fonte: BloGama Net

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA