Gama e Ceilandense empatam no Bezerrão

0

O Gama não conseguiu começar o segundo turno com o pé direito. Jogando no Bezerrão, mas em domínio do Ceilandense, o alviverde teve que suar para arrancar um empate em 2 a 2 com o time da Ceilândia. Aloísio Chulapa e Allann Delon e fizeram os gols do Gama. Pelo lado do Ceialndense, Evair e Amauri marcaram para o tricolor.

Mesmo visitante, o Gama mostrou que o Bezerrão é a sua casa. O time gamense começou o jogo pressionando o Ceilandense e logo com nove minutos de bola rolando, a bola sobrou no pé de Aloísio Chulapa. O jogador limpou o lance e ficou de frente com o goleiro, Chulapa chutou forte e a bola bateu na trave.

Falhas deram origem ao gol
O primeiro gol do jogo foi do Ceilandense. Aos 29 minutos da primeira etapa, Max subiu para pegar uma bola cruzada e na hora que caiu com ela na mão se embolou com Juninho e acabou soltando a bola. O zagueiro Evair não vacilou e colocou para o fundo das redes.

Não demorou muito para o Gama empatar. Somente cinco minutos depois de sofrer um gol, o Gama reagiu e conseguiu empatar o jogo. O Periquito utilizou da mesma arma de seu adversário e na hora que Edson segurou um cruzamento pela direita ele caiu e esbarrou em Aloísio. O atleta gamense não perdoou e fez o gol com o goleiro estendido no chão.

Os visitantes, nesse caso o Gama, quase viraram a partida com Gilmar Herê. Com 35 minutos do primeiro tempo, o veloz atacante recebeu a bola na área, dominou no peito e chutou forte contra o arqueiro Edson que fez boa defesa.

Antes de acabar o primeiro tempo, faltando cinco minutos para o apito do árbitro, o Ceilandense voltou a ficar à frente. Amauri aproveitou um cochilo da defesa do Gama e fez o segundo gol do time da Ceilândia.

Parece que as instruções, ou broncas, de Reinaldo Gueldini deram certo. O Gama voltou mais ativo para a segunda etapa de jogo. O alviverde trocava passes no campo de ataque e dominava o adversário mas não conseguia chegar com efetividade na área do Ceilandense.

Ao apagar das luzes
O salvador da pátria foi o meia Allann Delon. O meia chutou a bola no canto do goleiro Edson aos 43 minutos do segundo tempo e empatou o jogo. Reinaldo Gueldini e seus comandados não ficaram felizes quando o árbitro encerrou a partida. De acordo com o treinador além de ter dado somente três minutos de acréscimo o juiz nem os cumpriu. A reclamação do técnico se dá pelas inúmeras faltas que paralisaram o jogo.

Gostou do que viu
Apesar de ter que correr atrás do empate, o técnico Gueldini gostou do que seu time fez em campo. “Gostei da atitude deles (jogadores). O time entrou bem, dominou o jogo, mas falta entrosamento né? Já sabíamos que não tínhamos entrosamento, é um time novo”, disse o técnico.

Ficha técnica:
Atl. Ceilandense 2×2 Gama
Domingo, 24 de março de 2013
Estádio Bezerrão, 16h

Ceilandense:
Edson; Maxwell; Wallace, Evair; Messias; Yan, Heriton, Igor Souza (Mailon), Esquerdinha; Amauri (Luan) e Ismaile
Técnico: Luciano Reis

Gama:
Max; Fágner (Moisés); Nen, Alex Barcellos; Vitinho; Juninho, Sávio (Guilherme), Diego Góes, Allann Delon; Gilmar Herê e Aloisio Chulapa
Técnico: Reinaldo Gueldini

Cartões amarelos: Juninho (Gam), Amauri (Cei)
Gols [Gama]: Aloísio Chulapa (34′ 1ºT), Allann Delon (43′ 2ºT)
Gols [Ceilandense]: Evair (29′ 1ºT), Amauri (39′ 1ºT)

Público e renda: 1.175 pagantes; R$12.450,00

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA