Gama secreto para o clássico

0

Escrito por Sérgio Vinícius Qua, 06 de Fevereiro de 2013 05:00

O Gama não deixou brechas para o Brasiliense espiar o treino coletivo desta terça-feira (05). Vitor Hugo acertou o time e no final do trabalho treinou chutes a gol com todos os jogadores de meio campo e ataque, inclusive com os que não vêm sendo relacionados para os jogos. Treinador diz que ainda tem dúvidas no ataque. O Periquito recebe o time amarelo na próxima quinta-feira (07) no estádio Bezerrão às 20h30.

A justificativa dada pelo treinador para o fato do treino com portas trancadas é de que tinham pessoas frequentando os treinos do Gama e passando a informação para outros times, o que pode ter acontecido na segunda rodada. “Contra o Sobradinho os caras sabiam todas as nossas jogadas e movimentos em campo, isso foi por deixa qualquer um entrar nos treinos”, explicou Vitor Hugo.

Diversos empresários e agentes de jogadores estavam acompanhando os treinos do Gama diariamente mesmo com um porteiro no CT Ninho do Periquito fazendo o controle de quem entra e quem sai da propriedade.

Ainda há dúvida no ataque

Laionel e Gilmar Herê ganharam a confiança da torcida do Gama com um estilo rápido e atrevido de jogar. A dupla de atacantes não se intimidou com o time do Sobradinho recheado de estrelas, foram para cima sem medo e colocaram a zaga alvinegra na roda. Mas outro personagem bagunçou a cabeça de Vitor Hugo. É o atacante Léo. Formado nas categorias de base do Gama, o jovem Léo entrou no jogo contra o Sobradinho e fez dois gols, salvando o Gama de uma derrota dentro de casa.

Vitor Afirma não ter os titulares certos, para ele, Léo é um nome que está ganhando força dentro do grupo do Gama no dia a dia dos treinamentos. “Eles dois (Gilmar e Laionel) são o nosso ataque mas eu tenho o Léo que veio das categorias de base caso eu queira um homem mais fixo lá na frente. Ele está treinando muito bem”, esquivou-se o treinador.

Na defesa uma coisa é certo, Bruno Sabino continua fora. O volante ainda não está recuperado e Fágner vai ser titular mais uma vez. Renato Bondi treinou em separado por ainda não ter condições de jogo.

Empate fora
Muitas vezes um empate fora de casa pode ser considerado um bom resultado, não foi bem o que houve com o Gama. O Periquito esteve irreconhecível em campo e foi dominado pela garotada do Legião na última rodada. Jogadores e o técnico Vitor Hugo creditam parte do mau desempenho no domingo passado ao gramado do Augustinho Lima. “O campo faz diferença sim, eles (Legião) de qualquer forma estão mais acostumados” Vitor Hugo. Já o meio campista Luiz Carlos foi um pouco mais incisivo, ele sofreu bastante para conseguir exercer a função de lateral no gramado encharcado. “O campo estava horrível, cheio de terra, no meio do gramado era só lama, cobria o pé”, disse.

Reforço chega hoje ou amanhã
O lateral Alessandro que o Gama contratou ainda não chegou em Brasília por dificuldades com transporte da cidade de Marília, no interior de São Paulo para a Capital do País. Essa era para Vitor Hugo a última peça que faltava para encaixar o time, mesmo que não explicitamente, o treinador deixou a entender que mudanças no time ainda podem vir a acontecer. “É uma equipe que ainda está em formação, o time está ganhando corpo, o Alessandro é um jogador de nível bom. Vamos esperar que chegue em boa forma para ter condições de jogar o mais rápido o possível”, projetou Vitor.

Nos braços da galera
A torcida do Gama encanta vários jogadores que passam pelo clube alviverde. A promessa da próxima rodada é de um jogo com bastante torcedores no Bezerrão. O jogo foi adiantado para não conflitar com o feriado do carnaval que é o período que muitas pessoas viajam.

Dentro do elenco alviverde a expectativa é que a torcida empurre o time nos 90 minutos de jogo. “Esperamos que a torcida do Gama compareça e não pare de apoiar, da forma que estão fazendo em todos os jogos. Contra o Sobradinho estávamos perdendo e eles (torcida) não criticaram nem xingaram o time em momento algum. Nós jogadores vamos dar o máximo em campo”, afirmou Luiz Carlos.

O meia Alan Dellon já passou por vários clubes em sua carreira, entre eles, o Brasiliense e o Ceilândia. A chegada do jogador no time dividiu a opinião dos torcedores, muitos acreditavam que ele não ajudaria e que já está em fim de carreira enquanto outros afirmavam que seria um reforço de grande valia para o técnico Vitor Hugo montar o grupo. “Não é nem minha idade, acho que é a experiência, já passei por muitos times e graças a Deus onde eu passei conquistei título, agora é trabalhar para conquistar a torcida do Gama de vez”, sorriu Alan Dellon com as mãos na cintura ainda ofegante da tarde treinamentos.

Ingressos

A diretoria do Gama prometeu uma carga de 15 mil ingressos para este clássico. Eles começam a ser vendidos hoje (06) no Gama Shopping. Na praça de alimentação do shopping há um quiosque da Sociedade Esportiva do Gama, o horário de vendas será de 10h às 22h, o mesmo horário do funcionamento do shopping.

O valor dos ingressos é o mesmo da partida contra o Sobradinho.

Arquibancada Sul, Leste e Norte – R$10,00
Arquibancada Oeste – R$15,00
Cadeiras Vip – R$20,00


*Todos os valores são divulgados como meia entrada.

Fonte: BloGama Net

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA