Márcia Alencar vai à Câmara Legislativa e garante clima de paz nos atos de domingo

Da Redação do Notibras, por Éder Wen – 14/04/2016 – 17:10

A secretária de Segurança Márcia de Alencar, esteve nesta quinta-feira (14) na Câmara Legislativa para apresentar o plano traçado por sua pasta para garantir a segurança dos manifestantes nos dias de votação do processo de impeachment da presidente Dilma Roussef na Câmara dos Deputados. Ela foi recebida pela presidente do Legislativo, deputada Celina Leão (PPS), que enfatizou o caráter cívico da participação popular.

“Queremos que domingo seja um dia de paz na esplanada e acredito que será, pois a grande maioria das pessoas só quer estar lá para participar desse momento democrático”, observou a deputada, que também endossou a decisão do GDF de proibir a venda de álcool nas manifestações.

A secretária apresentou o plano de segurança em detalhes e comentou sobre a repercussão negativa que causou a instalação de grades e alambrados para separar os manifestantes contra e a favor do impeachment. “Não se trata de um muro, como foi muito comentado por aí. O que planejamos é algo muito mais complexo, que consiste em dois corredores com 80 metros de largura cada e ocupados por homens da tropa de choque e da polícia montada, batalhão de cães, além de viaturas que ficarão circulando para atender qualquer ocorrência”, explicou.

Segundo Márcia de Alencar, o esquema de segurança contará com 3 mil homens da Polícia Militar, 300 policiais legislativos do Congresso Nacional e 700 policiais civis, além de contingentes do Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal e tropas da Força Nacional. A secretária fez questão de assegurar que toda essa mobilização policial só aplicará o uso da força em caso de necessidade. “Temos as polícias mais preparadas e menos letais do País”, destacou.

“A cidade de Brasília não criou essa disputa que dividiu o Brasil, e a esplanada não será palco de um confronto. Brasília tem vocação para receber manifestações democráticas e o nosso papel é garantir o pleno exercício do direito de participação política”, completou.

O número de manifestantes esperados pela cúpula de segurança do DF para este fim de semana é de 300 mil pessoas. “Nossa expectativa é que compareçam 150 mil pessoas de cada lado. Garanto que há espaço suficiente para todos participarem de forma tranquila, mas sempre recomendamos que crianças, idosos e pessoas com alguma vulnerabilidade evitem aglomerações”, ressaltou. A secretária também informou que, por acordo firmado entre as lideranças dos movimentos, não haverá bonecos infláveis durante as manifestações.

Dispersão – Márcia de Alencar também explicou como será a dispersão dos manifestantes após a votação de domingo: “O grupo com interesse frustrado será dispersado primeiro, para evitar confrontos”. Segundo informou, será feito um esquema especial de segurança na rodoviária e nas estações de metrô. “Alocamos 2 mil policiais para atuarem nas regiões administrativas, para que a volta pra casa seja tranquila. Queremos que a população de Brasília saiba que haverá segurança para todos nesse importante momento político que estamos atravessando”, afirmou.

Além de Celina Leão, também participaram da reunião com a secretária o deputado Raimundo Ribeiro (PPS), Júlio César (PRB), Ricardo Vale (PT) e Bispo Renato (PR), além dos deputados federais Rôney Nemer (PP-DF) e Ronaldo Fonseca (PROS-DF).

Tags

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios