Marina já sabota nome natural do PSB ao GDF

:

Mesmo filiada à legenda socialista, que tem o senador Rodrigo Rollemberg como provável candidato ao governo do Distrito Federal, ex-senadora anuncia que apoiará o nome de Reguffe caso ele se lance pelo PDT; deputado federal foi um dos principais apoiadores de Marina Silva na criação da Rede Sustentabilidade; em entrevista, a ex-ministra diz ainda não ser militante do PSB, ou seja, é da Rede, que se coloca como tendência interna

Poucos dias depois de anunciar oficialmente sua filiação ao PSB, no último sábado, a ex-senadora Marina Silva já critica aliados da legenda socialista, presidida pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos. No cenário eleitoral de Brasília, ela joga contra o senador Rodrigo Rollemberg, nome natural do PSB para disputar o governo do Distrito Federal.

Numa entrevista concedida ao Correio Braziliense, publicada nesta quarta-feira 9, Marina afirma que apoiaria o nome do deputado federal José Antônio Reguffe, do PDT, caso ele decida se lançar ao governo. Reguffe foi um dos principais apoiadores da ex-ministra no processo de criação da Rede Sustentabilidade e candidato certo ao governo do DF pelo novo partido, caso a sigla tivesse se viabilizado a tempo das eleições de 2014.

Este não é o primeiro aliado do PSB que recebe críticas da nova integrante, provável candidata a vice-presidente na chapa de Campos. Nesta semana, ela também criticou o líder do DEM na Câmara, deputado Ronaldo Caiado (GO). Em Santa Catarina, a aliança gerou desconforto aos militantes da Rede, uma vez que o secretário Paulo Bornhausen, nome típico da direita e filho de um dos maiores conservadores brasileiros, Jorge Bornhausen, é filiado à legenda.

Informou Brasília 247

Tags

Israel Carvalho

Diretor-Presidente do portal Gama Cidadão, Jornalista nº. DRT 10370/DF, Multimídia e Internet Marketing.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios