Mesmo com problemas de saúde, moradora de Santa Maria luta para manter creche funcionando

Por Thiago Romeiro

img

Uma moradora de Santa Maria tem feito um belo trabalho social com crianças carentes. Andréia Aparecida Barreto, 44, mora em uma casa localizada no Condomínio Porto Rico, próximo a Associação Beneficente Projeto de Vida, instituição que foi herdada do pai. No local, vivem 57 crianças, que Andréia ajuda voluntariamente.

Após a morte do pai, Andréia decidiu continuar ajudando as crianças carentes da região. Entretanto, a instituição atualmente passa por diversas dificuldades financeiras e conta com o apoio de moradores próximos que se sensibilizam com o projeto.

Andréia relatou, ao site Radar Santa Maria, as dificuldades que passa todos os dias para manter a creche em pleno funcionamento. ”A creche possui apenas 8 colchões para 57 crianças, temos muita dificuldade também na hora de preparar a comida para elas, pois dispomos apenas de um fogão 4 bocas, e temos que começar a cozinhar as 09hs da manhã para atender tamanha demanda. Outro grande problema que temos é o racionamento de alimentos, que faz parte do dia-a-dia das crianças. Ontem mesmo, tive que correr na padaria para comprar fiado alguns sacos de leite, para não deixar as crianças com fome”.

Em dezembro de 2012, a creche foi invadida e depredada por bandidos que levaram todos os brinquedos e alimentos das crianças. Como se não bastasse, no mês de outubro do ano passado, o vento destelhou mais da metade da instituição. De lá pra cá, ela vem lutando para recompor tudo o que foi perdido. Andréia chegou a comprar um carro já velho para buscar as doações, mas o automóvel está parado por falta de pneus novos.

Doente, Andréia tem deixado de cuidar da própria saúde para tomar conta das crianças. Além da obesidade mórbida e a trombose, ela agora está com pneumonia, e por não ter onde deixar os meninos, ela passou a morar na própria creche.

Para garantir a alimentação das crianças, além das doações, a creche se mantém com a venda de sacos de lixo que a própria Andréia comercializa. Quem se dispuser a oferecer ajuda financeira, alimentos e/ou brinquedos pode entrar em contato pelos telefones 61 91644581 ou 61 37033505.

Guardian Notícia – Quinta, 29 Maio 2014 12:04

 

Tags

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios