Mistério: Onde está essa Reestruturação?

dp
Deputados Patrício e Aylton Gomes/Foto: Internet

Desde meados de 2011 que muito se comenta sobre um novo projeto de reestruturação para os integrantes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros do Distrito Federal com o objetivo de corrigir erros do passado.

Nas eleições de 2010, as duas corporações elegeram representantes. Pela Polícia Militar foi eleito o ex-cabo Sydnei Patrício, que obteve 22.209 votos e pelo Corpo de Bombeiros o sargento Aylton Gomes que atingiu 13.278 votos.

Curiosamente, esses dois parlamentares, hoje são ignorados pelas categorias que atribuem aos mesmos o abandono e descaso para com aqueles que os elegeram e que não corresponderam à altura das necessidades dos militares. Nos momentos mais difíceis de negociação salarial com o governo do Distrito Federal, os mesmos se mostraram inertes e alheios às corporações.

A consequência disso está sendo devastadora e articulações já estão sendo coordenadas para que em 2014 novos representantes sejam constituídos, verdadeiramente compromissados com as causas e anseios das categorias.

O que mais indigna as casernas é que uma das causas mais necessárias às corporações, uma nova reestruturação que corrija erros de Lei anterior, está sendo tratada a sete chaves pelos parlamentares, que, segundo levantamentos, dispõe de um projeto de reestruturação elaborado e pronto para ser encaminhado, mas que inexplicavelmente não caminha, e justamente quando os integrantes das corporações passam por um dos piores períodos de arrocho salarial imposto por um governo.

Qual a verdadeira intenção dos parlamentares em não apresentar imediatamente a possível proposta? Seria essa uma medida estratégica visando o pleito eleitoral de 2014? Ou simplesmente estão magoados com as categorias, que os têm ignorado, a ponto de não se sensibilizarem com as necessidades urgentes por que todos passam?

São perguntas que necessitam de respostas! E num momento delicado porque passa o país com manifestações, greves, confrontos e a cobrança do povo, uma resposta tem o dever de ser dada aos eleitores, já que a contribuição para seus mandatos foram outorgados por esses policiais e bombeiros militares.

Se existe mesmo esse tão falado projeto de reestruturação, porque não apresentá-lo para ser discutido com as categorias? Quais técnicos participaram de sua elaboração? Houve participação dos maiores interessados? O que contém? Quais os benefícios? É um projeto para o bem coletivo ou manobra para dividendos futuros?
São questionamentos que somente os parlamentares podem responder, pelo menos, “enquanto” representantes, afinal, 2014 está logo ali e as categorias exigem isso!!!

Por Tenente Poliglota

Fonte: Blog do Cafezinho

Tags

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios