Mudança quase total para o segundo turno

O Gama tem um treinador novamente. Reinaldo Gueldini se apresentou hoje no CT Ninho do Periquito e já comandou o primeiro treinamento com os jogadores que tem em mãos. Em campo reduzido os atletas realizaram uma espécie de coletivo. Inquieto, o treinador a todo o momento orientou os jogadores gamenses. Cinco componentes do time titular gamense pediram rescisão de contrato hoje à tarde.

Hoje os jogadores que anunciaram não querer mais permanecer no alviverde foram até o centro de treinamento acertar detalhes da rescisão com o clube candango. Ao contrário do que se achou na terça, o goleiro André Luis continua no Gama. Anteontem, o arqueiro não compareceu ao treino e especulou-se que ele também iria pedir o boné. André alegou que seu carro deu defeito e na própria terça-feira o atleta justificou a ausência. Ontem (06/03), enquanto seus ex-companheiros aguardavam diretores para uma reunião o goleiro treinou normalmente ao comando de Reinaldo Gueldini.

O treinador conversou com os jogadores que logo em seguida dirigiram-se ao campo principal do CT Ninho do Periquito. Gueldini realizou um coletivo com o campo reduzido para conhecer os jogadores. Mesmo oficialmente longe do futebol local há alguns anos, o experiente técnico sabia o nome de todos os jogadores e cada chamada de atenção chamava-os pelo nome. Amaral, Bruno Sabino, Laionel e Da Silva aguardaram por horas até que Luiz Carlos chegasse para terem uma reunião com os diretores do Gama.

Tchau, tchau
Ao sair do CT, Luiz Carlos não quis comentar muito sobre quando perguntado se os cinco iriam sair do Gama. “Vamos sim, eles (diretoria) têm que ver o nosso lado também”, falou sem entrar em detalhes. Todos os outros quatro desertores estavam no carro do meio-campista.

Outro velho conhecido da torcida do Gama, o diretor de futebol Edvan Aires, disse que não vai insistir para que nenhum jogador se convença a ficar no time nesse período de transição. “Se o cara não quer jogar nós vamos fazer o que? Se quer sair, sai, não queremos ficar com ninguém insatisfeito no elenco”, argumentou. O presidente Tonhão afirmou que os critérios para que os atletas deixem o clube são um pouco mais complexos. “Vamos ver os clubes que eles vão depois de sair do Gama para negociarmos alguma indenização, pelo que parece estão negociando com o Rio Verde/GO”, declarou.

Aprovado
Contratado com status de estrela, o centroavante Aloísio Chulapa rasgou elogios à chegada de seu novo “chefe” dentro de campo. “Amei! Gostei muito, as poucas palavras que ele (Gueldini) nos falou já nos deu uma imagem boa. O conheci hoje e gostei muito. Se tivéssemos com ele desde o início estaríamos na final, isso que é técnico”, afirmou o jogador. O BloGama perguntou a Chulapa se ainda dava tempo de correr atrás dos artilheiros do campeonato e o jogador disse que o principal objetivo é ajudar o Gama. “O Gama é um clube grande, tem uma torcida maravilhosa dessa e eu vim para ser campeão. O mais importante é estar na final, mas quem não quer ser artilheiro, né? Se eu não desse conta do recado já teria me aposentado”, sorriu o atacante.

Reinaldo Gueldini não lamentou a saída das peças que eram titulares no elenco gamense. Juntos, os cinco atletas representavam exatamente metade dos jogadores de linha do Periquito. “Saíram alguns jogadores, a gente tem que respeitar a opinião e a decisão de cada um, mas o grupo é bom. Temos um estádio maravilhoso e uma torcida muito grande. O Gama é grande e temos que fazer dele maior”, afirmou Gueldini.

Conhecedor do futebol local, o técnico admitiu ter acompanhado algumas partidas do Gama, e, principalmente o clássico contra o Brasiliense no último domingo (03/03). Gueldini apontou os confrontos diretos dentro do grupo como a principal dificuldade que o clube alviverde irá enfrentar. “Nosso grupo é muito difícil, mas o Gama tem uma camisa muito forte e nosso time tem que ser forte, todo jogo será uma decisão. Fiquei feliz em ver a torcida do Gama contra o Brasiliense muito grande, apoiando, a torcida do Gama não dá as costas. Estou chegando pra ver se eu consigo dar um ânimo pra esse grupo aí, um trabalho diferente”, projetou.

Já está treinando
O zagueiro Nen desperta a ansiedade de muitos torcedores do Gama. O zagueiro chegou somente para treinar nas dependências do CT Ninho do Periquito em janeiro e por aqui ficou. O jogador completa 35 anos amanhã, sexta-feira (08/03), e pode ser justamente o dia que seu registro no BID ficará regular. Francisco Assis dos Santos, o Nen, treinou entre os jogadores sem colete, que em sua maioria eram os que Vitor Hugo vinha utilizando como titulares. O zagueiro fez um dos gols do mini-coletivo. Em cruzamento na área, a bola quicou e sobrou para Nen, que de cabeça, completou para o gol.

Jogadores que treinaram no time sem colete:
André Luis (Max, Pereira); Jonathan; Nen, Alex Barcellos (Jr. Soares); Pedro Paiva; Juninho, Sávio; Allann Delon; Moisés, Gilmar Herê e Aloísio Chulapa.

Intercâmbio
Para surprir a saída dos cinco titulares, o Gama deve ir ao mercado de jogadores. Edvan Aires deverá ser o responsável por procurar atletas que se encaixem no atual time do Gama. De acordo com Tonhão, o diretor de futebol tem boa relação com o técnico Cuca do Atlético Mineiro e jogadores que não vêm sendo utilizados no time mineiro podem pintar no Ninho do Periquito.

Fonte: BloGama Net