Musicista brasiliense procura ajuda para bancar estudo na Dinamarca

Ela conta com o apoio de familiares e amigos, além de fazer apresentações para arrecadar dinheiro e realizar o grande objetivo da carreira até agora


“Eu fiz um recital que deu muito certo e pretendo fazer outros. Não estou economizando esforços para realizar esse sonho. Cheguei muito longe e não vou desistir” Camila Ribeiro Rodrigues, violista

A violista brasiliense Camila Ribeiro Rodrigues, 22 anos, quer embarcar para a Dinamarca no início de agosto para mais um desafio na carreira. A jovem fez a prova para cursar o mestrado na Academia Nacional de Música da Dinamarca em janeiro deste ano e foi aprovada. Agora, ela participa, com o apoio de familiares e amigos, de uma campanha para que possa realizar o seu sonho. Com o intuito de arrecadar dinheiro, Camila pretende promover eventos musicais, nos quais ela se apresentará até a data da viagem.

Segundo a jovem, os eventos têm como principal objetivo arrecadar fundos financeiros para viabilizar a continuação dos estudos na Dinamarca. “Eu fiz um recital que deu muito certo e pretendo fazer outros. Não estou economizando esforços para realizar esse sonho. Cheguei muito longe e não vou desistir”, diz, determinada. Há cerca de duas semanas, a jovem se apresentou no Auditório do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Distrito Federal (Crea-DF).

“Cerca de 110 pessoas compareceram. Também fizemos a rifa de um violoncelo e foi muito bom. Estou contando com doações dos amigos. Já tive muita ajuda, mas ainda falta muito”, afirma a violista. A próxima apresentação está programada para 31 de julho, mas o local ainda não está definido.

O curso de mestrado na Europa tem duração de dois anos e custa cerca de 25 mil euros — mais de R$ 88 mil. A instituição privada, conhecida por ser criteriosa na seleção dos estudantes, não oferece bolsa, assim como não há possibilidade de um financiamento por parte do governo brasileiro. “Quero muito cursar o mestrado sob orientação do violista brasileiro Rafael Altino na Dinamarca e, para isso, preciso arrecadar um bom dinheiro”, diz a jovem.

Quem é ela?
Nome: Camila Ribeiro Rodrigues
Idade: 22 anos
Formação: seis anos na Escola de Música de Brasília
Atuação: Orquestra Filarmônica de Brasília, Orquestra Sinfônica de Heliópolis e Orquestra Jovem do Estado de São Paulo

Fonte: Correio Braziliense – 04/06/2015 07:06 / atualizado em 03/06/2015 23:38