Organizações PaulOOctavio distribuem kits escolares a operários

Cumprindo um compromisso de mais de duas décadas, executivos das Organizações PaulOOctavio entregaram hoje, 20 de fevereiro, 55 kits escolares a 32 funcionários com filhos matriculados em escolas públicas do DF e Entorno. Os primeiros operários beneficiados trabalham nas obras da quadra 702 do Setor de Rádio e TV Norte. Desde 1990, a empresa é pioneira no ensino a operários nos canteiros de obras, já tendo alfabetizado 2 mil deles, e estende esta atuação para as famílias de seus empregados.

Os conjuntos entregues são compostos por materiais de largo consumo dos alunos, e representam um alívio importante nas finanças dos operários. Neste ano, a distribuição foi ampliada e atingiu também os filhos matriculados no Ensino Médio. Uma economia significativa para o pedreiro Francisco Matias da Silva, que recebeu três kits para alunos matriculados entre o primeiro e o quinto ano do Ensino Fundamental e um para os que estão do sexto ano ao final do Ensino Médio.  …

No total, ele levou para casa seis cadernos brochura, dois cadernos de 12 matérias, nove lápis, três apontadores, oito borrachas, três pacotes de folhas A4, três tesouras, três tubos de cola de 90g, três caixas de lápis de cor, três caixas de gizão de cera, três cadernos de desenho grandes, três caixas de cola colorida, três blocos criativos, três caixas de tinta guache, três canetas, uma lapiseira, um jogo de réguas, um corretivo, uma caixa de grafite e um marca-texto. O valor aproximado destas mercadorias ultrapassa os R$ 120. 

“Mais que o valor monetário, estes kits têm outro valor intrínseco: eles aproximam os pais dos filhos. Ao chegar em casa e entregar estes materiais, os pais passam a se comprometer e a incentivar os estudos dos filhos”, avalia Paulo Octavio, que fez questão de entregar vários kits, assim como outros diretores das organizações. 

Pioneira no investimento em educação desde a década de 1990, quando foi a primeira construtora do país a alfabetizar operários nos canteiros de obras, com mais de 2 mil deles aprendendo as primeiras letras graças à iniciativa, as organizações investem não só nos filhos, mas também nos pais. Em breve, será diplomada a segunda turma dos operários digitais. O curso está sendo ministrado para os trabalhadores do?JK Shopping.

“Fomos a primeira empresa a ter um curso de inserção digital. nos canteiros e nossa atitude já mostra reflexos, com a maior qualificação dos nossos profissionais e ampliação da cidadania”, avalia Paulo Octavio. “Estou ansioso para diplomar mais uma turma”, completa.

Depois da alfabetização, os índices de produtividade e qualidade de vida dos empregados aumentaram. “Houve redução dos acidentes por que os empregados passaram a ler avisos simples, como os que indicavam locais de perigo”, conta Paulo Octavio. Em termos de segurança no trabalho, os resultados foram significativos. Em 2011, as Organizações PaulOOctavio alcançaram um recorde brasileiro, ao atingirem 120 milhões de horas-homens trabalhadas (HHTs) sem acidentes graves (mortes ou fraturas). O grupo, que emprega cerca de 4 mil trabalhadores, não registra este tipo de ocorrências desde 1995.

Fonte: Estação da Notícia – 22/02/2013