Notícias

Produtores rurais do Gama recebem patrulha de mecanização agrícola

Governador Rodrigo Rollemberg participou da entrega do maquinário neste sábado (17) e assinou como testemunha termo de cessão de uso

Larissa Sarmento, da Agência Brasília – 17/02/2018

Foto: Tony Winston/Agência Brasília.

Para fomentar a produção de pequenos agricultores na Ponte Alta do Gama, os titulares da Secretaria da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural e da Administração Regional do Gama assinaram, neste sábado (17), termo de cessão de uso de patrulha de mecanização agrícola.

“Fico muito feliz de estar equipando a administração com tratores e implementos agrícolas que apoiarão os produtores rurais do Gama, principalmente os pequenos”, ressaltou o governador Rodrigo Rollemberg, que assinou o documento como testemunha. “Sabemos da importância da área rural para manter a qualidade de vida da área urbana. A cidade não pode viver sem o campo. Porque é do campo que vêm os alimentos”, reforçou o chefe do Executivo.

Fornecida pela Secretaria da Agricultura, a patrulha de mecanização agrícola tem custo total de R$ 160.747 e é composta por 8 itens:

  • Trator agrícola

  • Arado reversível

  • Grade aradora

  • Distribuidor de calcário e fertilizante

  • Rotocanteirador

  • Plantadeira adubadeira tipo hidráulica

  • Carreta agrícola

  • Subsolador

O objetivo da cessão é fomentar a produção e a comercialização de produtos agrícolas, não agrícolas e agroindustrializados da região.

De acordo com o secretário da Agricultura, Argileu Martins, essa é uma forma de dar dinamismo ao equipamento da pasta e ajudar a aumentar a produção local.

“Cedendo a patrulha para a administração, nós estamos contribuindo para o aumento da área plantada e da produção dos mais de 600 hectares de milho e dos mais de 300 hectares de feijão da região. O Gama ainda produz mais de 10% do leite do DF”, afirmou o secretário.

O cronograma de uso será definido em conjunto

O cronograma de uso da patrulha de mecanização agrícola será definido em conjunto entre a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF), a administração do Gama e o conselho rural da região. O contrato terá vigência até janeiro de 2020.

“Esse maquinário vai servir para os pequenos produtores daqui que não têm condições financeiras”, disse o presidente da Associação dos Moradores e Produtores da Ponte Alta do Gama, Antônio Francisco Costa.
 

 

Foto: Tony Winston/Agência Brasília.

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Portal de Notícias Gama Cidadão o
Fechar
%d blogueiros gostam disto: