fbpx
25 de julho de 2021

Rapaz que matou o pai para ficar com herança é condenado a 21 anos no DF

Julgamento ocorreu no Gama e durou dois dias inteiros

Após dois dias inteiros de julgamento, o Tribunal do Júri do Gama, região administrativa do Distrito Federal, condenou a 21 anos de reclusão um rapaz acusado de matar o pai para receber herança. A pena deve ser cumprida em regime inicial fechado e o réu não poderá recorrer da sentença em liberdade.

 Helvys Humberto Pereira Ferreira foi condenado por homicídio triplamente qualificado – por motivo torpe e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima.

 De acordo com a denúncia apresentada no início do processo, em setembro de 2008, em uma rua do Núcleo Rural Ponte Alta Norte do Gama, o réu, na intenção de matar, ateou fogo contra a vítima Francisco Justino Pereira, que morreu na hora.

Para a acusação, o homicídio foi cometido por motivo torpe pois o acusado teria matado o pai para ficar com a herança.
 Interrogado no julgamento, Helvys disse que não cometeu o crime e sua defesa pediu a absolvição. Ao julgar os quesitos, no entanto, os jurados não o absolveram.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial