Rollemberg diz que não negociará apoio de outros partidos no segundo turno

Candidato afirmou que espera ser apoiado pela população para vencer a eleição no DF

img

O candidato que venceu o primeiro turno das eleições para o governo do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB), afirmou que não vai negociar apoio para o segundo turno com os outros partidos.

— Queremos que apoiem nosso programa de governo sem absolutamente nada em troca.

Durante festa de comemoração em seu comitê central, o candidato do PSB diz que a estratégia de campanha para o segundo turno continua  a mesma.

— É com esse programa de governo que nós vamos seguir em frente. Eu espero ainda mais apoio para que a gente possa ter uma bela vitória no segundo turno, que na verdade será uma vitória da população do DF.

Com bandeiras, distribuição de bebidas e duas bandas de rock, a comemoração animou os cerca de 300 militantes que estavam no comitê durante o discurso de Rollemberg.

Com 100% das urnas apuradas, o resultado apontou Rodrigo Rollemberg (PSB) com 45,23% dos votos válidos e Frejat com 27,97%. A diferença é de cerca de 264 mil votos.

O governador Agnelo Queiroz (PT) recebeu 20,07% dos votos e ficou de fora da disputa pelo Buriti. É a primeira vez que um governador que tenta a reeleição não chega nem ao segundo turno das eleições.

Luiz Pitiman (PSDB) ficou em quarto lugar na preferência do eleitorado e tem 4,46% dos votos válidos. Toninho do PSOL foi o quinto mais votado, com 2,26% da preferência. Única mulher na disputa eleitoral do DF, Perci Marrara (PCO) não teve os votos computados.

De acordo com a Justiça Eleitoral, 142.589 eleitores anularam ou votaram em branco no DF — o que corresponde a 8,52% dos cidadão que participaram da votação.

O candidato Jofran Frejat (PR) entrou na corrida como cabeça de chapa nos últimos dias do prazo eleitoral. Vice na chapa do ex-governador José Roberto Arruda, ele assumiu a candidatura depois de Arruda ser barrado pela Lei da Ficha Limpa por improbidade administrativa.

Segundo mais votado no primeiro turno, Frejat promete dar continuidade ao projeto proposto por Arruda e um dos carros-chefes de sua campanha é a promessa de regularizar todos os condomínios do DF.

O candidato sempre ressalta que sua experiência como médico e secretário de Saúde durante a gestão Roriz o credencia como gestor mais capacitado para solucionar os problemas da rede pública de saúde.

A candidata à vice na chapa de Frejat é Flávia Arruda, esposa do ex-governador. Ela entrou na disputa após a desistência do marido.

Fonte: R7 DF – 5/10/2014 às 20h25 (Atualizado em 5/10/2014 às 20h51)

Tags

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Veja Também

Fechar
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios