Rollemberg e Roriz dão claros sinais do empenho pela boa relação

Em missa de aniversário da distrital Liliane Roriz, atual e ex-chefe do Executivo encontram-se. É a segunda vez no ano que eles são vistos juntos

Em mais um passo na aproximação com Joaquim Roriz (PRTB), o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) esteve ontem na missa de aniversário da vice-presidente da Câmara Legislativa, Liliane Roriz (PRTB), herdeira do clã, na Igreja Nossa Senhora de Fátima, entre as quadras 307 e 308 Sul. Os dois políticos se cumprimentaram efusivamente e demonstraram empenho em manter uma boa relação com vistas a projetos políticos comuns. Foi o segundo encontro neste ano. Os dois estiveram juntos há dois meses, numa visita de Rollemberg ao ex-governador. Antigo opositor de Roriz, Rollemberg se aproxima do cacique que, após governar o Distrito Federal por quatro vezes, é bem-visto pelo eleitorado crítico a políticos de esquerda.

Na missa de aniversário da filha, ex-governador elogiou Rollemberg

 

Joaquim Roriz fez elogios ao atual governador, que retribuiu as palavras e estendeu os afagos públicos à aniversariante e hoje aliada na Câmara Legislativa. “Ela tem tido uma postura muito positiva na Casa. É uma excelente deputada e tem nos ajudado muito”, comentou Rollemberg. Roriz, por sua vez, afirmou que o atual chefe do Executivo tem potencial para administrar bem o DF. “Ele é muito novo e tem saúde e inteligência de sobra para servir bem à cidade”, disse.

Em relação à filha, o ex-governador disse que ela tem tudo para, quem sabe, assumir a cadeira que um dia foi sua no Palácio do Buriti. “Ela tem todas as condições de comandar Brasília. É muito ética e gosta de estudar as questões da nossa cidade. Se depender de mim, vai chegar lá”, garante.

 

Antes de começar a missa, o tempo fechado preocupava os organizadores da festa. Nem isso estragaria a noite de Liliane. “Pode chover. Não tem problema. É bom que a seca está chegando e depois não veremos mais água”, ressaltou entusiasmada, enquanto esperava o pai e o atual governador. Ao fim da missa, a deputada discursou e agradeceu a postura de Rollemberg em relação à família. “Ele sempre fala do meu pai com carinho. Não cansa de elogiá-lo, de lembrar da competência e visão de Joaquim quando esteve à frente do DF”, ressaltou a deputada.

Antigos aliados de Roriz também marcaram presença. Entre eles, Jofran Frejat (PR), derrotado por Rollemberg na última eleição. Ele também demonstrou que o embate ficou no passado. “Só quero o bem de Brasília. Torço para que dê tudo certo e a cidade melhore”, disse Frejat.

Fonte: Correio Braziliense – 17/04/2015 08:26 / atualizado em 17/04/2015 08:31