fbpx
30 de julho de 2021
foto

Senado homenageia corretores de imóveis

foto

O dia do Corretor de Imóveis foi marcado com muita festa nesta segunda, dia 27. Às 15 horas uma caminhada simbólica marcou o início da comemoração, no terreno onde será construída a sede do Conselho Federal de Corretores de Imóveis (Cofeci) – à beira do Eixo Monumental -, e se encerrou na Esplanada dos Ministérios. Ao final do percurso, houve um abraço coletivo ao Congresso Nacional.


Às 20 horas, uma sessão especial no Senado Federal, pelo Dia do Corretor de Imóveis, comemorou a conquista de 50 anos da regulamentação de atividade da categoria. Na sessão também foram apresentadas algumas reivindicações, em especial a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para os automóveis adquiridos pelos corretores.


Aplaudido por representantes de entidades nacionais e regionais da categoria, Joaquim Antônio de Mendonça Ribeiro, vice-presidente da Federação Nacional dos Corretores de Imóveis (Fenaci), apresentou em discurso a proposta de isenção. O senador Gim Argello (PTB-DF), que presidiu a sessão, disse ter orgulho de ser corretor de imóveis e concordou que os carros constituem importante ferramenta de trabalho, e espera que os corretores possam convencer seus representantes no Congresso a apoiar a proposta.


O senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) salientou a importância da moradia entre as aspirações dos brasileiros, alertando para a necessidade de segurança na realização do “sonho da casa própria”. “É fundamental que a intermediação seja feita por uma pessoa correta, que dê tranquilidade e segurança jurídica. A regulamentação é da maior importância para que o brasileiro possa realizar o seu sonho”, frisou o parlamentar.


Também se pronunciaram, entre outros, João Teodoro da Silva, presidente do Conselho Federal dos Corretores de Imóveis (Cofeci); o ex-senador Adelmir Santana, presidente da Federação do Comércio do Distrito Federal; e Luiz Carlos Attié, ex- presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) da 8ª Região e atual prefeito de Cristalina-GO. Geraldo Nascimento, presidente do Sindimoveis, Sindicato dos Corretores de Imóveis do DF, também fez parte da mesa diretora.


Estima-se que atualmente sejam cadastrados no Cofeci 163.472 corretores de imóveis cuja renda de 23% da categoria chega a R$ 5 mil.


A partir de terça-feira, 28, profissionais de todo o Brasil, além de investidores internacionais de pelo menos 30 países, estarão reunidos no 10 Congresso Internacional do Mercado Imobiliário, no Centro de Convenções. Paralelo ao evento, os profissionais do setor também participam do 40 Encontro Brasileiro de Corretores de Imóveis. Palestras, debates e espaços para exposições de temas do setor integram a programação dos dois eventos
.

Participaram da solenidade o presidente do Conselho Federal de Corretores de Imóveis (COFECI), João Teodoro da Silva, o vice-presidente da Federação Nacional dos Corretores de Imóveis (FENACI), Joaquim Antônio Mendonça Ribeiro, o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis 8ª região (CRECI-DF), Hermes Alcântara, e o presidente do Sindicato de Corretores de Imóveis do Distrito Federal (Sindmóveis DF), Geraldo Francisco do Nascimento. O ex-presidente do CRECI-DF e atual prefeito de Cristalina, Luis Carlos Attiê, também participou da cerimônia ao lado de centenas de colegas de profissão.

Crescimento – A profissão de corretor de imóveis foi regulamentada há 50 anos pela Lei Nº 4.116/62, depois de mais de duas décadas de luta. O crescimento foi tamanho que só em 2011, a atividade movimentou 7% do PIB brasileiro.

“São mais de 20 mil no DF e quase 300 mil corretores atuando em todo o país. Desse total, 64% já possui curso superior”, destacou Gim Argello.

Reivindicações – Em seu discurso, Gim Argello mencionou os projetos de interesse da categoria em tramitação no Senado e garantiu que irá trabalhar para que sejam aprovados ainda neste ano.

O senador destacou a importância da inclusão das imobiliárias no Simples Nacional – regime tributário simplificado concedido às micro e pequenas empresas brasileiras. Atualmente, as imobiliárias não têm direito ao benefício, mesmo que seu faturamento esteja dentro do estabelecido pelo programa.

Do que depender de Gim, os contratos “Built-to-Suit” também serão regulamentados. O senador apresentou parecer favorável ao projeto que trata do assunto e espera votá-lo nesta quarta-feira (29/08) durante o esforço concentrado.

Convenção – Além da homenagem no Senado, as comemorações em Brasília continuam até o final desta semana. Teve início hoje na capital o IV Encontro Brasileiro de Corretores de Imóveis (Embraci) e o I Congresso Internacional do Mercado Imobiliário (CIMI).

A partir de amanhã (28/08) começa de fato a maratona de palestras, fóruns, debates e workshops que envolverão cerca de quatro mil profissionais, sendo 400 oriundos de mais de 40 países, reunidos no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

SERVIÇO

1º CIMI e 4º Enbraci

De 27 a 30 de agosto, no Centro de Convenções Ulisses Guimarães

Inscrições e programação – www.cimi.rec.br

Mais informações

NM3 CONSULTORIA

Rogério Sampaio

Tels.: (61) 3321-1815/ 9948-6940

Email.: [email protected]

Clique Aqui! Veja as fotos de Getúlio Romão Campos

Fonte: Tribuna de Taguatinga e Site do Senador Gim Argello

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial