Terracap vai usar ordem de despejo para retirar MST do Catetinho

A Terracap vai apresentará, nesta segunda, 3, ordem judicial de despejo para que as 1,3 mil famílias acampadas na Fazenda Gama, atrás do Catetinho e do Setor Park Way, deixem a área de 4.093 hectares.

Os acampados prometem resistir à ordem judicial, como disse a porta-voz do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Petra Magalhães. Ela acredita em entendimento com o governo do Distrito Federal, embora o governador Agnelo Queiroz tenha se negado a negociar com eles.

Petra salientou que desde o início de novembro solicita ao governo que aponte outra área para realocação das famílias que ocupam a Fazenda Gama desde agosto último, mas “Agnelo está sendo irredutível, e quer nos massacrar mesmo. Está sendo o pior governo com o qual temos tratado. Mas – quem sabe! – possa surgir uma luz” nas próximas 48 horas.

A ocupação da fazenda começou com 800 famílias e gradativamente incorporou mais 500 das quase 3 mil famílias distribuídas em oito acampamentos em terras do Distrito Federal, dos quais Pipiripau, perto de Planaltina, é o mais antigo, com 12 anos.

Fonte: Agência Brasil