Notícias

Rotary Club e a Casa da Amizade homenageia profissionais da cidade

O Rotary Club do Gama e a Casa da Amizade homenagearam no último dia 7, Sexta-feira, com o troféu Ariomar da Luz Nogueira, algumas personalidades que se destacaram em seus ramos de atuação na melhoria do bem estar da comunidade. A solenidade aconteceu na Quadra 25 do Setor Leste, às 20h.

O Mérito Profissional deste ano foi uma homenagem ao arquiteto, urbanista e artista plástico, Ariomar da Luz Nogueira. O troféu é a réplica de uma de suas artes, na forma de um periquito, conhecida nacionalmente e no exterior pela sua beleza e originalidade.

Ariomar idealizou esta arte com o objetivo de homenagear a Sociedade Esportiva do Gama quando foi campeã da segunda divisão em 1998, onde o símbolo de um periquito era um mascote. Tornando-se depois símbolo da agremiação esportiva e também da cidade. A escultura do pássaro verde erguida em tamanho gigante, ainda deu o nome ao entroncamento da DF-480 com a DF-001, batizado como “Balão do Periquito”.

Professor e gestor escolar, Arquiariano Bites Leão – Empresário Antônio Carlos de Souza Araújo – Enfermeira e auditora, Ana Cristina Martins Hanne Ferreira – Agente de correios, Antônio da Silva Pereira – 3º Sargento da PM, Célio Nicázio França – Jogador de futebol profissional, Demerval Almeida Lima – In memoriam da professora da rede pública de ensino do Gama, Leila Aguiar de Sousa – Agente de gestão de resíduos sólidos, Francisco Alves Morais – Agente social, Maria José Pereira Resende – Agente de vigilância ambiental, Marinete Pereira de Sousa – Agente de Trânsito, Moisés Ferreira Dias e finalmente, a técnica de política pública e gestão governamental, Solange Afonso de Freitas.

Além dos homenageados, convidados e dos representantes das entidades presentes, destacamos a presença da Administradora da cidade, professora Maria Antônia e do deputado distrital Raimundo Ribeiro.

Um pouco sobre o arquiteto Ariomar:

Ariomar da Luz Nogueira, nasceu em Babaçulandia/TO em veio para o DF em 1963, Inriquieto por natureza, não se contenta em aceitar o espaço do jeito que ele está, ele quer ir além e emprestar seu poder de transformação ao local onde habita, assim, sua residência, seu ateliê, seu bairro e a cidade que adotou como sua tem sua poesia em forma de monumentos.

Com a conquista do título da Série “B” pela Sociedade Esportiva do Gama em 1998, o artista foi convidado para homenagear aquele feito, o Periquito é a obra mais famosa de sua autoria e está em um lugar de destaque, no balão da entrada da cidade, que após a construção passou a se chamar Balão do Periquito.

Uma das suas grandes decepções como arquiteto foi ter sido convidado para fazer o projeto de reformulação do Estádio Bezerrão e depois de entregar todo o material ser surpreendido pela escolha de trabalho que acabou saindo muito mais oneroso e sem aproveitar da melhor forma os espaços existentes.

Ele lançou o livro Traços e Pinceladas que conta toda sua trajetória de vida e de suas obras, personagens do Gama e do Brasil que fizeram parte da sua vida, representados por caricaturas. Ariomar Nogueira foi uma das mentes mais pensantes da cidade e colocou seu dom em prol da comunidade gamense.

Da Redação Gama Cidadão com adaptações – 13/04/2017

Fonte e fotos do Jornal O Democrata. 

Ariomar morreu dia 29/11/2016, aos 69 anos de idade.

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Sair da versão mobile