Meio Ambiente e a SustentabilidadeNotícias

Curso do Ibram transforma infratores em agentes socioambientais

A "reciclagem" é uma forma de reparar os erros e fazer com que os envolvidos se tornem parceiros na defesa do meio ambiente.

O Instituto Brasília Ambiental (IBRAM) e o Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT)têm adotado uma nova maneira de tratar pessoas flagradas cometendo crimes ambientais. Os infratores, praticantes de crimes de menor poder ofensivo, participam de atividades e cursos obrigatórios de educação ambiental.

De acordo com as Instituições a “reciclagem” é uma forma de reparar os erros e fazer com que os envolvidos se tornem parceiros na defesa do meio ambiente. Nesta quarta (25), terminou a 3ª edição do Curso de Formação em Agente Socioambiental. Dez alunos concluíram a capacitação, no Parque Recreativo Sucupira, em Planaltina.

Os instrutores são agentes de parques do Instituto e especialistas das áreas de Fiscalização, Licenciamento, Educação Ambiental e Jurídico. Durante as aulas, os alunos tem a chance de conhecer como funciona o bioma Cerrado, suas fragilidades e importância, a ameaça sofrida pelas bacias hidrográficas, os riscos de novas crises hídricas e outros desastres ambientais, além de participar de oficinas práticas de plantio de mudas nativas e de trilhas educativas.

JB – 27/04/2018 *Com informações do IBRAM e MPDFT.

Tags

Artigos relacionados

Veja Também

Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: