Saudade minha cidade

Saudade minha cidade
Aqui nesta coluna o leitor pode participar contando sua lembranças de um tempo que não volta mais. Sou do tempo em que a prainha, era visitada até por pessoas de longe. Conheço moradores de Taguatinga que frequentavam habitualmente, esse balneário. Hoje fico pensando porque, ninguém mais frequenta esse patrimônio, se ele ainda pertence a cidade, Por José Garcia Caianno.