fbpx
DestaqueEducaçãoNotícias

Enem 2021: veja recomendação de nutricionista para ter energia durante a prova

Ter uma alimentação balanceada durante a semana e no dia da prova é fundamental

Em momentos de ansiedade e nervosismo como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), é natural que nosso corpo responda por meio do sistema digestivo. Para não deixar os imprevistos gastrointestinais atrapalharem a concentração no exame, que é um dos mais aguardados pelos vestibulandos, a recomendação é cuidar da alimentação pré-prova.

A coordenadora do curso de Nutrição da Faculdade Anhanguera, professora Paula Pens Alves, aconselha que o primeiro passo para se sair bem diante dos outros candidatos é fazer uma alimentação balanceada durante a semana e no dia da prova. Como o Enem dura, em média, cinco horas por dia, o ideal é tirar o dia anterior para atividades de lazer e alimentar-se bem.

Ela acrescenta ainda que, antes da prova, o candidato deve buscar uma refeição rica em proteínas, carboidratos complexos e minerais e respeitar os horários para se alimentar. “Para quem optar em fazer refeições maiores, o ideal é que ela seja feita em até 3 horas antes da prova. Já para aqueles que estão mais próximos do horário do fechamento dos portões, a dica é fazer um lanche rápido como frutas, biscoitos com fibras e barras de cereais sem açúcar, por exemplo”.

Paula também destaca que a quantidade de alimentos a serem levados deve ser equilibrada e leve: “Na hora do exame, é sugerido levar frutas, mix de castanhas e até mesmo um sanduíche mais leve com vegetais e consumir a cada 1 hora. A água não deve ser deixada de lado, 250 ml a cada 30 minutos para hidratar. E evite alimentos com alto teor de açúcar, pois eles podem atrapalhar a atenção e no desempenho do candidato e concentração”, explica.

Confira outras dicas de alimentos para levar durante os dias do exame:

– durante o Enem, o recomendável é levar água e fugir das gorduras e frituras, pois alimentos muito gordurosos retardam o esvaziamento gástrico e dão sono, prejudicando a leitura e interpretação dos enunciados;

– sucos energizantes, como o de mamão com laranja, também são uma boa pedida. Já o café é muito bom para nos deixar atentos, mas causa dependência e pode ocasionar insônia, intolerância alimentar, hiperatividade, falta de concentração, entre outras coisas. O ideal é consumir 2 xícaras pequenas por dia;

– outras opções interessantes e práticas são barras de cereais, frutas com casca ou já picadas – como banana e maçã que estejam em potes transparentes – e castanhas como a de caju;

– o clássico chocolate pode ser uma opção, mas priorize os mais amargos, com maior quantidade de cacau e menos açúcar que os tradicionais;

– outra questão é a temperatura dos alimentos: o calor pode ser inimigo. Por isso, é importante evitar itens como iogurtes ou outras bebidas com leite;

– e por fim, o mais importante: não faça a prova de estômago vazio.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Tags

Lucas Lieggio

Editor Jornalista nº. DRT nº 8259 - DF, Multimídia e Social Media.

Artigos relacionados

Fechar