Destaque (Slide Show)EsporteEsporteNotícias

Federação de Futebol do DF define tabela e regulamento do Candangão 2020

Candangão 2020 - o Campeonato da Acessibilidade e da Inclusão já tem data para começar; veja a tabela do torneio do DF

Na manhã desta quarta-feira, (20/11), os 12 representantes da primeira divisão do Campeonato Brasiliense foram convocados para a reunião do Conselho Arbitral do Candangão 2020. A reunião aconteceu no restaurante Fausto & Manoel, no Pontão Lago Sul, às margens do Lago Paranoá. O espaço foi cedido pelos empresários dono do local.

As regras do principal torneio de Futebol do Distrito Federal foram definidas no Conselho Arbitral pela Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF). A reunião contou com os 12 representantes dos clubes participantes do torneio.

O Campeonato Brasiliense de Futebol 2020 no 45º (quadragésimo quinto) do Candangão inicia em 25 de janeiro, um sábado. Ao todo, 12 equipes disputarão o título. A previsão é que o torneio conheça o campeão em 25 de abril de 2020.

Ao término do “Candangão 2020” estará assegurada à equipe campeã, uma vaga para série D do Campeonato Brasileiro de 2021, um vaga na Copa do Brasil de 2021 e uma vaga na Copa Verde. E à equipe vice-campeã, a segunda vaga para série D do Campeonato Brasileiro de 2021, e a segunda vaga na Copa do Brasil de 2021, e uma vaga na Copa Verde.  

O Candangão 2020 será televisionado em todos os jogos pela TV Brasília e a Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF) assinaram o contrato que viabiliza a transmissão da primeira divisão do Campeonato Brasiliense de Futebol, o Candangão 2020, pela emissora.

Candangão da acessibilidade e inclusão
Outra novidade é o projeto “Candangão 2020 – O Campeonato da Acessibilidade e Inclusão”. O projeto que visa através do esporte, desenvolver ações de maior visibilidade para a causa da pessoa com deficiência, foi apresentando oficialmente para os dirigentes dos times de futebol que o aprovaram em unanimidade. Além do apoio da Federação de Futebol do Distrito Federal na pessoa do seu presidente Daniel Vasconcelos, o projeto conta com o apoio do governo do Distrito Federal através da Secretaria da Pessoa com Deficiência, que beneficiará, aproximadamente, 650 mil pessoas com deficiência no DF. O Senador suplente e presidente do Real Futebol Clube, Luís Felipe Belmonte, afirmou apoio irrestrito ao projeto, como também firmou-se o apoio do presidente da Sociedade Esportiva do Gama , Weber Magalhães, do Deputado Distrital Iolando Almeida e da Deputada Federal Paula Belmonte. 

Formato das disputas
A primeira fase do Candangão contará com 11 rodadas, disputadas em turno único. Os oito times que terminarem melhor classificados avançam para as quartas de final. Cada etapa da segunda fase é eliminatória, disputada em dois jogos. O mando de campo da segunda partida é do clube melhor colocado. Em caso de empate, a disputa vai direto para os pênaltis, sem prorrogação. 

É obrigatório que cada equipe tenha 18 atletas inscritos na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pode contar com até cinco estrangeiros. Outra curiosidade do Candangão é que cada partida pode ter até cinco jogadores não profissionais. 

Os preços dos ingressos de toda a competição podem variar entre R$ 1 a R$ 50. 

Veja como será a primeira rodada do campeonato, que terá horários e local ainda a serem divulgados. A tabela da primeira fase é a seguinte:

Unaí x Ceilândia;
Luziânia x Paranoá;
Brasiliense x Sobradinho;
Gama x Taguatinga;
Capital x Ceilandense;
Real x Formosa;

Assista à reportagem do repórter Jânio Gomes para Rec TV Online:

Restaurante Fausto & Manoel, no Pontão Lago Sul. Foto: Israel Carvalho
Reunião do Conselho Arbitral do Candangão 2020. Foto: Israel Carvalho
Reunião do Conselho Arbitral do Candangão 2020. Foto: Israel Carvalho
Presidentes dos times de futebol. Foto: Israel Carvalho
Dr Leonardo Xavier Rangel, um dos idealizadores do projeto, fala da importância da participação social da pessoas com deficiência no esporte. Foto: Israel Carvalho
Deputado distrital Iolando Almeida, representado na pessoas do Marcelo seu assessor parlamentar afirma que 20% da nossa população é constituída de pessoas com deficiência. Foto: Israel Carvalho
O presidente da Sociedade Esportiva do Gama , Weber Magalhães abre as portas do estádio Bezerrão e todas as suas instalações para a realização do projeto e parabeniza a iniciativa. Foto: Israel Carvalho
O presidente da Sociedade Esportiva do Gama , Weber Magalhães abre as portas do estádio Bezerrão e todas as suas instalações para a realização do projeto e parabeniza a iniciativa. Foto: Israel Carvalho
O senador suplente e presidente do Real Futebol Clube, Felipe Belmonte, já ciente do projeto em reuniões passadas reafirma o seu apoio juntamente com Paula Belmonte Deputada Federal. Foto: Israel Carvalho
O senador suplente e presidente do Real Futebol Clube, Felipe Belmonte com o projeto “Candangão 2020 – o Campeonato da Acessibilidade e da Inclusão”.  juntamente com os idealizadores do projeto. Foto: Israel Carvalho
Presidente da SE do Gama, Weber Magalhães, e o Professor Filosofo e Sociólogo Antônio Ângelo, e o presidente da FFDF, Daniel Vasconcelos, e o Dr Leonardo Xavier Rangel. Foto: Israel Carvalho
Dr Leonardo Xavier Rangel, e o presidente do Real Futebol Clube, Felipe Belmonte, o presidente do portal Gama Cidadão, e o professor filosofo e sociólogo, Antônio Ângelo, os idealizadores do projeto “Candangão 2020 – o Campeonato da Acessibilidade e da Inclusão”. Foto: Israel Carvalho

Mais fotos no Facebook do Gama Cidadão:

Por Israel Carvalho
Com a colaboração do Lucas Lieggio
Da redação do Gama Cidadão 

Tags

Israel Carvalho

Diretor-Presidente do portal Gama Cidadão, Jornalista nº. DRT 10370/DF, Multimídia e Internet Marketing.

Artigos relacionados

Fechar