Festival do Gama, no DF, traz Chico César e Móveis Coloniais de Acajú

Festival acontece 11 e 12 de julho no estacionamento do estádio Bezerrão. Bandas de todo o país competem por prêmios em cinco categorias.


A banda brasiliense Móveis Coloniais de Acajú, uma das principais apresentações da 28ª edição do Festival de Música do Gama (Foto: Diego Bresani/Divulgação)

O Gama, no Distrito Federal, recebe a 28ª edição do Festival de Música Popular no sábado (11) e domingo (12) no estacionamento do estádio Bezerrão. O evento tem como destaque o paraibano Chico César e a banda brasiliense Móveis Coloniais de Acajú, além de outras 20 bandas de todo o Brasil. A entrada é um quilo de alimento. A última edição do festival aconteceu em dezembro de 2012.

Em 2015, o festival amplia sua programação e abrangência com uma mostra competitiva e premiações em dinheiro a bandas independentes. Os prêmios variam de R$ 3 mil a R$ 8 mil e os artistas selecionados participam da gravação de um CD com 20 músicas selecionadas. De acordo com a organização, o evento conta com dois palcos para agilizar as apresentações.

Essa edição também contou com o concurso web nacional e DF, etapa em que os internautas mandaram um vídeo musical. A votação era aberta ao público. “O objetivo precípuo da votação web foi o de promover o trabalho dos artistas através de nosso site e favorecer o intercâmbio entre os mesmos através das novas tecnologias. Segue em anexo release referente ao resultado das duas votações web (nacional e local)”, explica Luciana da Luz Silva da comissão organizadora.

As categorias premiadas são melhor música, melhor arranjo, melhor interpretação, voto popular web e voto popular web DF. 

Os palcos do festival já receberam artistas como Capital Inicial, Plebe Rude, Geraldo Azevedo, Belchior, Raimundos, Cássia Eller e Renato Russo.


O cantor Chico César durante show em festival em Campinas (Foto: Marcos Hermes/Divulgação)

Nesta edição, Chico César apresenta seu novo trabalho, “Estado de poesia”. Sem lançar um CD de músicas inéditas há oito anos, o escritor e ganhador do Grammy Latino traz um álbum com 14 canções novas.

O festival, que é o mais antigo do DF, resgata a função dos festivais de música popular das décadas de 1960 e 1970.

A programação ainda traz um Projeto de Acessibilidade Plena, Ações de Sustentabilidade Ambiental e o Projeto Social de Oficinas de Musicalização em escolas da Rede Pública de Ensino.

Seleção
A Comissão Organizadora do festival selecionou as 21 músicas que compõem o CD que integra esta 28ª edição. No total, foram 193 músicas inscritas e habilitadas que passaram por processo de audição por meio de um júri especializado e independente, que avaliou o material em quase dois meses de trabalho.
 
Serviço
Data: Sábado (11)
Hora: 20h
Apresentações dos semifinalistas
Negro Blues (Gama)
Móveis Coloniais de Acajú (DF)

Data: Domingo (12)
Hora: 19h
Apresentação dos finalistas da mostra competiviva
Vencedora da votação web DF: Sofia Benitez Formiga
Vencedor da votação web nacional: Mateus Massoli
Carlinhos Soares (Gama)
Chico César (Paraíba)

Fonte: G1 DF – 08/07/2015 12h13 – Atualizado em 08/07/2015 13h00