Empresa brasiliense é selecionada para trabalhar com Inteligência Artificial

A empresa brasiliense Cotidiano Aceleradora de Startups foi selecionada, em um projeto do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) em parceria com a Softex (Organização Social Civil de Interesse Público – OSCIP), para participar do programa IA² MCTIC, que tem como principal objetivo apoiar projetos de pesquisa e desenvolvimento com soluções voltadas para a área de Inteligência Artificial.

De abrangência nacional, o projeto busca criar oportunidades para iniciativas de Pesquisa e Desenvolvimento, startups e empresas de TI que sejam orientados ao desenvolvimento de soluções em inteligência artificial, com orçamentos de até R$ 500 mil.

De abrangência nacional, o projeto busca criar oportunidades para iniciativas de Pesquisa e Desenvolvimento, startups e empresas de TI que sejam orientados ao desenvolvimento de soluções em inteligência artificial, com orçamentos de até R$ 500 mil.

Para a CFO e agente de aceleração da Cotidiano Aceleradora, Isabela Almeida, o resultado do projeto pode auxiliar principalmente na economia do país. “Estamos muito empolgados com o projeto, as Aceleradoras e ICTs selecionadas compõem uma comunidade de alto nível, tenho certeza que será um sucesso, tanto na promoção dessas tecnologias em nosso ecossistema de inovação, quanto para economia do nosso país”, afirma.

Em todo o processo de pré-aceleração, aceleração e abertura de mercado, o programa contará com a ajuda de aceleradoras e ICTs (Institutos de Ciência e Tecnologia) selecionadas no primeiro edital. Dentre as selecionadas, a Cotidiano participará juntamente com as ICTs da UnB (Universidade de Brasília) e UCB (Universidade Católica de Brasília). A próxima etapa, que já está em andamento, consiste na seleção desses 100 projetos pelos grupos formados pelas aceleradoras e pelos ICTs. Para saber mais sobre o projeto e como participar, acesse o site e saiba mais informações!

* Com informações do Jornal de Brasília – 12/06/2020