Meio Ambiente e a Sustentabilidade

Ação socioambiental movimenta sociedade gamense em prol da “barragem do trampolim”

AÇÃO SOCIO AMBIENTAL MOVIMENTA SOCIEDADE GAMENSE EM PROL DA “BARRAGEM DO TRAMPOLIM”.

No primeiro domingo de dezembro (1) cidadãos gamenses “colocaram a mão na massa”, como voluntários de uma ação socioambiental no Parque Ecológico e Vivencial Ponte Alta. Eles fizeram mutirão para recolher lixo na Barragem do Trampolim. O objetivo desta ação foi a conscientização em relação ao descarte correto do lixo e cuidado com o meio ambiente.

ACAO-SOCIO-AMBIENTAL

O Parque Ecológico e Vivencial Ponte Alta do Gama corresponde a uma área com 298,195 hectares de cerrado preservado, localizado na região da Ponte Alta Norte na cidade do Gama-DF. A reserva ecológica foi criada em 1996 pela Lei nº 1.202/96, embora ainda não tenha sua poligonal definida. Há chácaras e outras atividades na área do parque, o que dificulta sua implantação prática. Segundo delimitação feita pelo Google Earth a área corresponde da área do Sul e Oeste do Gama, abrangendo as quadras 3, 8, 10, 14, 18, 24, e 30 do setor Oeste e quadras 6 e 12 do setor Sul seguindo até área próxima a DF-290 e do outro lado estando próximo ao cemitério.

img

O parque abriga as nascentes dos córregos da Mina e da Serra, que alimentam o rio Ponte Alta. Situado em uma região de vale, possui cachoeira de 12 m de altura, conhecida como Loca.

cachoeira da loca no gama                                   Foto do FACEBOOK do Geovane Batista

Por esta não ser uma cachoeira muito frequentada encontramos apenas esta imagem em uma postagem de um blog que faz referências a ela.

O local que foi realizada o mutirão de limpeza, conhecido pelos populares como “Barragem do Trampolim” corresponde a uma área do parque que já serviu de centro de treinamento de brigadistas, que funcionou como pesque-pague e um clube particular, segundo dizem frequentadores do local. Ao que se sabe ao certo é que o Parque Vivencial da Ponte Alta norte já está definido por lei, mas até hoje não saiu totalmente do papel. Como está é uma área de mata fechada e que ainda não dispões de uma boa estrutura, como mapeamento de trilhas e espaços para realização de passeios, recomenda-se cautela ao visitar o local. Evite passeios sozinho e sem nenhuma pessoa que conheça um pouco dessa área. A cachoeira da Loca não parece ser um local de fácil acesso recomendamos que não tentem localizá-la sem ter experiência em fazer trilhas.

Clique aqui para ver a galeria de fotos.

Da Redação do Gama Cidadão com colaboração de Lucas Lieggio.

Faça parte da mudança, seja catador por um dia! Clique aqui para fazer sua inscrição

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar